MOTOCROSS MOM – texto dedicado a uma mãe de piloto 100% na estrada

Yamaha
mãe de piloto
Delaine e Enzo Lopes – foto: Sandra Souza

 

Desde que seu filho nasceu,  ela o vê cercado de motinhos, revistas, DVDs e video games de motos.   Acompanhou desde cedo o seu interesse pelo motocross e não teve outra alternativa do que sucumbir docilmente ao papel que lhe cabia de “mãe de piloto”.

Ela lava mais roupa de motocross do que roupas normais ou uniformes de escola do filho. O motorhome é sua casa, e sua linda casa é apenas um ponto de parada para reabastecimento e algumas diligências burocráticas na cidade onde teoricamente vive.

Passar um final de semana dormindo em sua cama, em sua casa, sem corrida, não existe há anos! Se o filho não está competindo no Brasileiro, Superliga ou em alguma etapa dos Campeonatos Estaduais, está no exterior, travando verdadeiras batalhas em pistas muito diferentes das nossas…

Seu dia a dia é em função do filho piloto, conciliar escola, treinos, futebol com os amigos para não perder as amizades, organizar noites do pijama, cuidar da alimentação balanceada, das roupas, capacetes, coletes e botas sem fim… sempre sujos de lama e barro.  Enfim, cuidar da carreira do filho piloto sem esquecer da sua formação como pessoa.

 

 

Fica aqui minha homenagem a todas as mães que se identificaram nesse relato, mas em especial à minha amiga DELAINE LOPES, mãe do nosso pequeno grande piloto Enzo Lopes, de apenas 11 anos, mas que já leva uma vida extremamente profissional, totalmente dedicada ao motocross.

Estive com o Enzo e família nos EUA por 10 dias e acompanhei toda a dedicação de uma mãe 100% motocross, torcendo, rezando e abençoando o filho a cada curva, a cada salto, vibrando com ele nas vitórias e reanimando-o nas quedas, levando-o pela pista para analisar cavas e buracos, como boa entendedora que se tornou com o passar dos anos, orientando-o a saltar os duplos e triplos para ganhar segundos preciosos em cima dos concorrentes.

Parabéns Enzo pela mãe que você tem!  Sua melhor preparadora física e emocional!  Ela é parte essencial na sua carreira que já é brilhante!  Seu pai é o HARDWARE, mas sua mãe é o SOFTWARE da sua carreira!

Abraços,

Sandra Souza

 

 

Nota: O BRMXnaEstrada recebeu a colaboração de Sandra Souza em sua homenagem às mães de pilotos de motocross e abre este espaço para os interessados em colaborar com textos e fotos que retratem o motocross pelo mundo.

Feliz dia das mães, mãe de piloto!

Yamaha