Marc Coma é campeão do Rally dos Sertões 2014

coma_campeao
Marc Coma comemorando a vitória – Foto: KTM images

 

30/08 – 7ª etapa – Diamantina (MG) / Belo Horizonte (MG)
Deslocamento inicial: 54,38 km
Trecho especial: 125,88 km
Deslocamento final: 151,96 km
Total: 336,96 km

Depois de sete dias emocionantes, passando por belas regiões e cruzando os estados de Goiás e Minas Gerais, numa disputa com mais de 2,6 mil km, a 22ª edição do Rally dos Sertões chegou ao seu final neste sábado, 30, em Belo Horizonte, Minas Gerais. A festa na capital mineira aconteceu na bela Lagoa da Pampulha e contou com ótimo público, que também participou da Virada Cultural e viu de perto os campeões do Sertões 2014.

Nas motos, o português Paulo Gonçalves (Team Honda HRC) venceu a última especial, disputada entre Diamantina e Belo Horizonte, com 125,88 km cronometrados e diferentes tipos de piso (cascalho, piçarra com lombas e mata-burros), com trechos de trial, subindo e descendo serra. O campeão do Sertões 2013 venceu quatro das sete etapas, mas não conseguiu superar o espanhol Marc Coma (KTM Red Bull Factory Team) que é o novo campeão do Rally dos Sertões. Coma venceu uma especial a menos que o rival, e conquistou seu segundo título na maior prova de off-road do Brasil (o primeiro foi em 2010).

Líder do Mundial de Rally Cross Country da FIM, Coma vinha travando um duelo particular com o português e venceu com a vantagem de 3min23s (total de 18h21min51s).

Fora da briga internacional, destaque para o brasileiro Jean Azevedo (Honda Mobil de Rally), que terminou em terceiro lugar, a 14min05s de Coma. O português Helder Rodrigues (Team Honda HRC) ficou em quarto, seguido pelo espanhol Jordi Viladoms (KTM Red Bull Factory Team).

– Ganhar aqui no Brasil é muito difícil, ainda mais quando tem pilotos tão fortes na disputa, como o Paulo e o Jean. Foi um roteiro duro, estou muito contente. O ritmo imposto foi altíssimo, tive que me aplicar ao máximo para ganhar este ano. Em toda a minha carreira só consegui ganhar o Sertões uma vez. Se são dez dias ou sete, para mim tem o mesmo valor. Foi tão difícil ganhar hoje quanto foi em 2010 – destacou Coma.

Em seu 19º Sertões, Azevedo ficou satisfeito com o terceiro lugar e agradeceu o trabalho de toda a equipe Honda.

– Foi um ano muito bom. Eu já sabia que os melhores do mundo estariam aqui, com as motos de fábrica. A gente já sabia que a disputa seria difícil, mas conseguimos fazer um bom rali, com o apoio da equipe Honda. Eu sozinho não faço nada, eu dependo de toda estrutura por trás de mim. Consegui ficar em terceiro, atrás dos melhores do mundo. Eu estou muito feliz, com certeza foi um resultado que superou as expectativas – comemorou.

O pentacampeão do Sertões gostou do novo formato, com sete dias de disputas.

– Achei um formato muito interessante, as provas ficaram mais disputadas. As provas são menores e o ritmo do rali fica mais intenso e não pode errar, qualquer errinho e você sai da disputa – observou.

Das 37 motos, que largaram em Goiânia, Goiás, 32 disputaram a última especial.

Resultado extraoficial
1. Paulo Gonçalves (Honda / Team Honda Hrc) 01h34min57s
2. Marc Coma (KTM / KTM Red Bull Factory Team) 01h36min11s
3. Jean Azevedo (Honda / Honda Mobil De Rally) 01h36min47s
4. Ruben Faria (KTM / KTM Red Bull Factory Team) 01h38min29s
5. Helder Rodrigues (Honda / Team Honda Hrc) 01h38min40s

Acumulado
1. Marc Coma (KTM / KTM Red Bull Factory Team) 18h21min51s
2. #1 Paulo Gonçalves (Honda / Team Honda Hrc) 18h25min14s
3. #5 Jean Azevedo (Honda / Honda Mobil De Rally) 18h35min56s
4. #4 Helder Rodrigues (Honda / Team Honda Hrc) 18h43min37s
5. #3 Jordi Viladoms (KTM / KTM Red Bull Factory Team) 18h48min28s