Lesão tira Tony Cairoli de duas etapas do Mundial de Motocross 2015

112834_Cairoli_MXGP_2015_R12_RX_7747_1024
Cairoli dá adeus às chances de título? – Foto: Ray Archer

 

A Red Bull KTM anunciou nesta terça-feira, 21, que Tony Cairoli está fora das duas próximas etapas do Mundial de Motocross 2015, na República Tcheca, dia 26 de julho, e na Bélgica, dia 2 de agosto. O italiano pára para se recuperar plenamente da fratura no cotovelo esquerdo, sofrida no GP da Itália, em Maggiora, no dia 14 de junho.

Mesmo machucado, o octacampeão mundial correu as três etapas seguintes a Maggiora com muita dor. Mas, após novos exames, a equipe e o atleta acharam melhor se afastar das pistas antes que a lesão se agravasse e se tornasse prejudicial para o futuro do atleta. A insistência em competir estava impedindo a calcificação do osso.

– Antonio tem uma impressionante coragem e determinação de correr e vencer, mas algumas situações poderiam ter um impacto negativo no futuro. A saúde e o bem-estar dos pilotos é o mais importante para mim. É difícil prever quando ele poderá voltar a competir, mas eu acho que posso dizer que ele ficará fora dos dois próximos GPs – disse Claudio de Carli, chefe da equipe.

Cairoli é o atual segundo colocado na classificação da MXGP. O italiano defende o título do campeonato, mas com a ausência em duas rodadas ficará distante da taça em 2015. Somando isso às lesões de Max Nagl e Clement Desalle, o caminho parece livre para Romain Febvre erguer este troféu.

– Não tem sido nem um pouco divertido competir machucado, mas sempre dei meu melhor. Infelizmente recebemos a notícia que não esperávamos do médico, e ela me tira do campeonato. A fratura no osso ficou pior a cada corrida. Eu não tinha outra alternativa a não ser parar – comentou Cairoli.