Ken Roczen pode ficar fora do Motocross das Nações 2014

ken_roczen_450_moto_1_hangtown_crosland-1-2
Ken Roczen – Foto: Alli Sports

 

Vencedor do Motocross das Nações na categoria MX2 nos últimos quatro anos, Ken Roczen, da equipe Red Bull KTM, poderá excepcionalmente ficar de fora da edição de 2014, que acontecerá em Kegums, na Letônia, dias 27 e 28 de setembro. O atleta alemão de 20 anos de idade, que atualmente disputa o título AMA MX na 450, poderá decidir por não representar o seu país pela primeira vez desde de 2009, segundo informações coletadas por Adam Wheeler, da OTOR.

As razões para a hesitação de Roczen não são muito claras. Há rumores de que possíveis problemas com o visto possam ser motivo de ausência do piloto no evento, ou ainda suspeitas de que o piloto esteja comprometido com treinamentos e testes para uma suposta mudança de equipe em 2015, o que não seria estranho tendo em vista que KRoc treina com Aldon Baker, o mesmo que já deixou claro em entrevista ao BRMX que o Nações atrapalha os treinos dos americanos.

– Eu não sei muito a respeito, só sei que existe a possibilidade de ele não vir. Alguns dizem que ele não quer vir, outros dizem que ele tem problemas com o Green Card, não tenho certeza sobre como está isso. Temos apenas que esperar. Marcus Schiffer é bem amigo dele, eles vivem trocando mensagens, mas ele (Roczen) não responde a essa pergunta diretamente, se virá ou não, então nós realmente não sabemos – comentou Max Nagl durante o GP da República Tcheca, em Loket. Nagl, piloto da Honda, é esperado para fazer parte do trio alemão junto com Dennis Ulrich e Marcus Schiffer.

O chefe da equipe, Hubert Nagl, pai de Max, que chefiou a memorável vitória alemã em Lommel, em 2012, comentou que acredita ser a questão do visto o empecilho mais provável. Isso pode trazer problemas para Roczen tanto ao sair dos EUA quanto para voltar, e ele precisa estar presente em outubro para começar os testes e a preparação para a temporada 2015 do AMA Supercross, além de estar pronto a tempo também para a quarta Monster Energy Cup, em Las Vegas, 18 de outubro. Há também a questão da Red Bull Straight Rhythm 2014, corrida que ocorre em Pomona, próximo a Los Angeles, uma semana depois da Letônia e poderá exigir a presença de Roczen. Nagl “pai” comentou que espera um veredicto definitivo sobre o cenário dentro de duas semanas.

A última vez Roczen competiu em Kegums, em 2011, ele venceu as duas corridas na MX2, pela Red Bull KTM, e foi campeão mundial naquele ano.

 

Time norte-americano será anunciado em Unadilla

90485_Dungey-RedBud2014-Cudby-028_1024
Dungey está garantido – Foto: KTM Images

 

Roger De Coster, chefe da equipe estadunidense no MXoN, deixou claro em entrevista à Transworld nesta terça-feira, 29, que Ryan Dungey e Eli Tomac estão praticamente dentro da seleção. A terceira vaga seria disputada entre Blake Baggett, Jeremy Martin e Trey Canard.

Chegou-se a considerar a não-participação de Ryan Dungey, que estaria a fim de férias e com casamento agendado para este fim de ano. Mas, parece que o piloto voltou atrás e decidiu ajudar os “yankees” na retomada do título, que não vem desde 2011, na França. O anúncio oficial do time para 2014 será dia 9, em Unadilla.