Kawasaki divulga pilotos da MX2 para a próxima temporada do Mundial MX

Yamaha
kawasaki
Adam Sterry após assinar o contrato com a equipe – Crédito: Kawasaki

 

Com lesões nos três pilotos da categoria MX2 em 2016, a Kawasaki teve uma temporada complicada depois de um início ótimo no Mundial de Motocross. Como Dylan Ferrandis está de mudança para os Estados Unidos, a equipe convocou novos pilotos para estarem ao lado de Petar Petrov – que entra em sua terceira temporada na equipe, e última na MX2, já que estará com 23 anos no próximo ano. Ao lado do experiente búlgaro, que corre Grande Prêmios há seis anos, a equipe anunciou o britânico Adam Sterry e o francês Stephen Rubini, de 20 e 17 anos de idade, respectivamente.

Conquistando pódios da EMX250 em 2015, Adam Sterry tentou disputar o Mundial de Motocross no início do ano, mas se lesionou na abertura do campeonato, no Catar. Depois de se recuperar, ele finalizou a temporada com o título da MX2 no Campeonato Britânico e em breve vai começar a testar as motos da Kawasaki.

– É muito especial estar em uma equipe de fábrica como a Kawasaki. Será a minha primeira vez com as verdinhas. Todos os finais de semana acompanho os resultados da equipe, e quando recebi a proposta não tive dúvidas de que queria estar com eles. É meu sonho desde que eu era criança! É realmente uma ótima oportunidade, finalmente meu trabalho está começando a valer a pena e mal posso esperar para andar com as motos – disse Adam Sterry.

Stephen Rubini foi o grande destaque da categoria EMX125 e, antes de testar as motos, vai precisar se recuperar de uma lesão no pulso.

– Estou muito feliz por correr na MX2 no próximo ano e assinar o contrato com a Monster Energy Kawasaki. Tive uma boa temporada com a 125, mas não poderia perder essa oportunidade para correr no Mundial de Motocross, mesmo que o nível seja muito maior. Tenho trabalhado com Michael Maschio por vários meses e agora ele vai estar ao nosso lado na próxima temporada e vou ter tudo para um grande resultado – comentou Stephen Rubini.


A equipe não só terá novos pilotos para a próxima temporada, mas também novos funcionários, como Michael Maschio e Fred Lavergne junto à Jean Jacques Luisetti na preparação das motos. Fred já vem trabalhando no desenvolvimento da nova KX 250F, enquanto Michael vai cuidar do cronograma de treinamento dos pilotos durante a semana.

Estou muito grato em receber dois jovens pilotos que demonstraram muito potencial nesta temporada. Stephen foi impressionante e Adam conquistou grandes resultados na abertura do Mundial e também no Reino Unido, quando conquistou o título. Tenho certeza que com a experiência de Petar, temos um grande time para 2017. A equipe acabou de se mudar para o sul da França, em uma nova oficina, e estou muito contente por ter Fred e Michael conosco. Nos conhecemos há muitos anos e tenho certeza que será uma temporada de muito sucesso, graças à Kawasaki, Monster Energy e todos os nossos patrocinadores.

Fique atento a estes novos nomes 😉

Yamaha