Julien Bill e Honda quebram contrato e suíço nem volta para o Brasil após recesso

julienbill
Julien Bill durante a segunda etapa do Brasileiro de Motocross – Foto: Mau Haas / BRMX

 

A Equipe Honda Mobil de Motocross e o piloto Julien Bill decidiram, em comum acordo, encerrar o contrato de participação do suíço no Brasileiro de Motocross e Arena Cross na temporada 2014. Durante o recesso das competições nacionais, no período da Copa do Mundo, Julien viajou para a Suíça, onde mora, e preferiu não retornar ao Brasil, de acordo com nota emitida pela equipe.

A Honda estuda a possibilidade de contratar outro piloto para substituí-lo no restante do ano. A equipe já teria procurado o costarriquenho Roberto Castro e o norte-americano Sean Collier, mas ambos negaram um novo contrato no Brasil nesta temporada.

Julien participou de cinco eventos oficiais defendendo a Equipe Honda Mobil. No Arena Cross, ele ocupa a vice-liderança do campeonato na categoria Pró, mas no Brasileiro MX, por ser um campeão mundial de MX3, decepcionou. Está apenas na décima colocação do campeonato na MX1.

– Agradeço todo o empenho do Julien Bill no período em que ele esteve com a Equipe Honda Mobil no Brasil e desejo sucesso na nova fase da carreira – diz Wellington Valadares, chefe da equipe.