Joaquim Rodrigues é campeão do Arena Cross 2013 na categoria Pró

Joaquim Rodrigues - Foto: Luiz Pires / Vipcomm
Português fatura o primeiro título no Brasil – Foto: Luiz Pires / Vipcomm

 

Joaquim Rodrigues conquistou o título da principal categoria do Arena Cross 2013 após cinco rodadas. O português confirmou a taça neste sábado, 23, em Botucatu, São Paulo, ao fazer 1-3 nas baterias. Este é o primeiro título do piloto Honda no Brasil.

O espanhol Carlos Campano finalizou o campeonato na segunda colocação com 161 pontos, dez a menos que Rodrigues. O inglês Adam Chatfield ganhou a última bateria do ano e foi o terceiro melhor do campeonato, com 159 pontos.

JRod, como é conhecido o português, foi o atleta mais regular da 15ª temporada do Arena Cross. O “gajo” acumulou cinco segundo lugares, três vitórias e um terceiro e um quinto lugares em baterias.

– Estou muito feliz com o resultado. Estava bastante focado nesta etapa. Controlar a adrenalina e errar o menos possível é o segredo em provas de alta pressão como essa. Depois que venci a primeira corrida, fiquei mais tranquilo para administrar a bateria final. É muito bom ganhar esse título no Brasil, em um campeonato muito disputado e de alto nível. Espero poder dar sequência a este trabalho – disse Joaquim.

 

:: Resumo da rodada final

A disputa da primeira corrida da MX Pró prometia ser acirrada do início ao fim, já que os principais candidatos ao título largaram na frente.

Carlos Campano largou em primeiro, seguido do português Joaquim Rodrigues. O espanhol ficou na liderança até a segunda volta, quando sofreu uma queda nas costeletas e abriu espaço para Joaquim assumir a primeira colocação e seguir assim até o fim da corrida. Campano alcançou apenas a quinta colocação.

Com isso, o português se aproximou da conquista do campeonato. O venezuelano Humberto “Machito” Martin fez uma grande corrida, saindo de traz para terminar em segundo e, Wellington Garcia completou o TOP3 da primeira corrida da noite.

O inglês Adam Chatfield, que também brigava pelo título, acabou na quarta colocação após uma corrida discreta.

 

:: Resultado – 1ª bateria

1. Joaquim Rodrigues
2. Humberto “Machito” Martin
3. Wellington Garcia
4. Adam Chatfield
5. Carlos Campano

 

Adam Chatfield saiu na frente na segunda bateria, seguido de Joaquim Rodrigues e Wellington Garcia. Carlos Campano largou apenas na sétima colocação, sendo que ele precisava vencer e torcer para JRod chegar no máximo em oitavo se quisesse ser campeão.

Wellington, Humberto “Machito” Martin, Jean Ramos e Carlos Campano formaram um pelotão de disputa pela terceira posição. Jean errou e foi o primeiro a ficar para trás na briga. Machito e Wellington se enroscaram e Campano ficou com a terceira colocação.

O espanhol então partiu pra cima de Joaquim Rodrigues, mas caiu quando buscava o português. Enquanto isso, Adam administrava muito bem a liderança e Rodrigues pilotava com segurança na vice-liderança para ser campeão.

Na última volta, Campano encostou novamente em Joaquim Rodrigues, que abriu para o espanhol passar. O pódio final da rodada ficou com Rodrigues em primeiro, Chatfield em segundo e Campano em terceiro.

– Estava bem, larguei na frente, estava abrindo vantagem, mas caí nas costelas e perdi muito tempo. Só consegui chegar em quinto e perdi muitos pontos importantes. Este ano nada deu muito certo. Até andei bem rápido, mas cometi erros que me tiraram os títulos. Não tem desculpa, só tenho que seguir trabalhando para tentar de novo em 2014. Agradeço a todos os patrocinadores que me apoiaram neste ano – comenta Campano.

 

:: Resultado – 2ª bateria

1. Adam Chatfield
2. Carlos Campano
3. Joaquim Rodrigues
4. Wellington Garcia
5. Jean Ramos

 

:: Classificação final do campeonato

1. Joaquim Rodrigues – 171 pontos
2. Carlos Campano – 161 pontos
3. Adam Chatfield – 159 pontos
4. Wellington Garcia – 128 pontos
5. Humberto Martin – 122 pontos

 

:: Fotos da festa da Honda

* Texto atualizado à 0h11 deste domingo, 24