Janeiro registra queda na produção e estabilidade nas vendas das motocicletas

Motocicletas
Vendas no atacado cresceram 0,4% no primeiro mês do ano em comparação ao mesmo período de 2014 – Foto: Salão Duas Rodas

 

*Texto: assessoria de imprensa ABRACICLO

Segundo dados divulgados pela ABRACICLO (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares) devido aos ajustes de estoque, foram produzidas 122.037 motocicletas em janeiro, ante 146.557 unidades do mesmo mês de 2014, o que corresponde a uma queda de 16,7%. Em relação a dezembro (84.820), que teve menos dias úteis por conta de férias coletivas, o crescimento da produção foi de 43,9%.

As vendas no atacado – para as concessionárias – atingiram 104.185 motocicletas em janeiro, uma leve alta de 0,4% em relação ao mesmo mês de 2014. Na comparação com dezembro passado (114.104 unidades), houve queda de 8,7%.

– O mês de janeiro é sempre atípico, por conta do período de férias. Além disso, os fabricantes aproveitaram o início do ano para ajustarem os estoques nas fábricas e na rede. Na nossa avaliação, as medidas anunciadas no final de 2014, em especial a alteração na lei de retomada do bem em financiamentos, devem impactar positivamente no futuro no setor de Duas Rodas. Desta forma, esperamos atingir os números de estabilidade projetados para 2015 – diz Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo.

As vendas externas, por conta do efeito Argentina, principal destino às exportações, recuaram 73,8% em relação a janeiro de 2014, chegando a 2.174 unidades. No comparativo com dezembro do ano passado, a queda foi de 64,1%, quando as comercializações atingiram 6.053 motocicletas. A retração, no entanto, está dentro das previsões da entidade.

 

Motocicletas

Bicicletas

Frota nacional: mais de 20 milhões

Frota nacional: mais de 70 milhões

Produção anual: cerca de 1,5 milhão
de unidades

Produção anual: acima de 4 milhões
de unidades

6º maior produtor mundial

3º maior produtor mundial

Emplacamento
Os licenciamentos de janeiro registraram queda de 18,7%, com 108.647 motocicletas emplacadas, ante 133.632 unidades do mesmo mês de 2014. Com relação a dezembro (127.711), a queda foi de 14,9%.

Sobre a ABRACICLO e o Setor de Duas Rodas
Com 38 anos de história e 12 associadas, a ABRACICLO representa, no país, os interesses dos fabricantes de transporte em Duas Rodas, além de investir fortemente em ações que tenham por objetivo a busca pela paz no trânsito e pilotagem defensiva.

Representativa, a fabricação nacional de motocicletas – majoritariamente concentrada no Polo Industrial de Manaus (PIM) – está entre as cinco maiores do mundo. Já no segmento de bicicletas, o Brasil se encontra na terceira posição entre os principais produtores mundiais. No total, o Setor de Duas Rodas gera em suas indústrias cerca de 20 mil empregos diretos.