Hot 5: esquentam as especulações sobre troca-troca nas equipes para 2016

Yamaha

O Hot 5 desta semana é mais um oferecimento do jornalista inglês Adam Wheeler, que colheu diversas informações durante o GP da Letônia no fim de semana passado, 11 e 12 de julho. Além disso, tem informação extra sobre o AMA Motocross no fim. Confira!

 

1 :: Everts na Suzuki?

everts
Belga pode assumir a Suzuki na próxima temporada – Foto: KTM Images

 

O rumor é forte. Stefan Everts, atual diretor das categorias de base da KTM, estaria disposto a assumir a chefia da Suzuki a partir de 2016. Sylvain Geboers, atual proprietário da equipe amarela, tenta vender o time e Everts seria um potencial comprador. Do alto de seus 70 anos, Geboers (piloto nas décadas de 1960 e 70), quer se aposentar, e Everts (dez vezes campeão mundial), estaria insatisfeito com seu cargo atual na KTM. O anúncio oficial, porém, deve sair apenas depois do Motocross das Nações, marcado para o fim de setembro.

 

 

2 :: Outras especulações

race_horebeek_mauhaas
Horebeek foi vice-campeão mundial em 2014 pela Yamaha – Foto: Mau Haas / BRMX

 

Se especula que Jeremy Van Horebeek poderia trocar a Yamaha pela Suzuki (Everts gosta muito do piloto) na próxima temporada, mas as informações mais concretas são que o belga deve continuar de azul em 2016 ao lado de Romain Febvre, que já tem contrato até o fim de 2017. É possível que Clement Desalle saia da Suzuki e vá para a Kawasaki, deixando esta vaga no time amarelo em aberto. Nomes como Valentin Guillod e Shaun Simpson entram nesta briga para 2016.

 

 

3 :: Condelhoff sem equipe

mxgp1glenn-coldenhoff11
Hoff procura emprego – Foto: Suzuki

 

Após vencer sua primeira corrida na carreira da MXGP e dar a primeira vitória da temporada para a Suzuki, o holandês Glenn Coldenhoff comunicou que o time amarelo NÃO vai renovar seu contrato para 2016. Aos 24 anos, Hoff está na pista e pode ser pinçado por outro time. Quem se interessa?

 

 

4 :: Mudanças?

TrackView_MXGP_9_I_2015_0
Será que muda?

 

Durante o GP da Letônia, no fim de semana passado, a Youthstream organizou uma reunião com pilotos e imprensa para levantar algumas questões. Qualidade e segurança das pistas e outros assuntos foram abordados, e uma delas chamou atenção. Existe a possibilidade da prova classificatória de sábado ser extinta, transferindo todas as atenções para domingo, e abrindo tempo para realização de provas do Mundial Feminino e Europeu aos sábados, aproveitando a mesma estrutura do Mundial.

 

 

5 :: Josh Grant na Kawasaki

grant
Grant já andava de Kawasaki, mas pela Two Two

 

Depois de correr o Supercross pela extinta equipe de Chad Reed (Two Two Motorsports), Josh Grant fechou com a Kawasaki para o restante da temporada 2015 do AMA Motocross. O time verde estava sem piloto depois da demissão precoce de Davi Millsaps e da lesão sofrida por Wil Hahn na semana passada. A próxima etapa do AMA será neste sábado, 18, em Spring Creek.

Yamaha