Hot 5: Barcia renovado, Cairoli nos EUA, Simpson na KTM, lesões no Mundial e a Itália no MXoN 2015

Yamaha

O Hot 5 desta semana aborda assuntos do Mundial MX, AMA Motocross e MX das Nações. Confira!

 

1 :: Shaun Simpson em equipe de fábrica

114934_Simpson_MXGP_2015_R15_RX_4307_1024
Shaun Simpson de KTM 2016 – Crédito: Ray Archer

 

O britânico Shaun Simpson, vencedor da 14ª etapa do Mundial MX, passou a competir com a moto da equipe de fábrica da KTM desde a 15ª etapa do Mundial, em Mantova, no fim de semana passado. Piloto da equipe satélite Hitachi Construction Machinery Revo KTM, pode ser anunciado como companheiro de time de Tony Cairoli na MXGP em 2016. Porém, se especula que o britânico – atual quinto colocado na classificação da MXGP – poderia parar na equipe de fábrica da Husqvarna (ao lado de Nagl) ou na Suzuki (ao lado de Strijbos).

 

 

2 :: Itália no MXoN e a volta de Cairoli

112489_Cairoli_MXGP_2015_R11_RX_2160_1024
Cairoli escapou da cirurgia no braço esquerdo – Crédito: Ray Archer

 

O time da Itália no Motocross das Nações 2015 deve estar desfalcado de sua principal estrela. O motivo poderia ser a lesão no braço de Tony Cairoli, que não participa de uma corrida desde 20 de julho, mas não é e também não foi revelado pela Federação Italiana de Motociclismo. Neste domingo, 23, a KTM anunciou que TC222 deve correr a final do Mundial de Motocross 2015, nos Estados Unidos, uma semana antes das provas do MXoN, que acontecem na França nos dias 26 e 27 de setembro. Mesmo assim, o time italiano que tem circulado como certo conta apenas com o jovem Michele Cervelin na MX2 e com Ivo Monticelli (MXGP) e Samuele Bernardini (Open). Outro que poderia integrar a esquadra azurra mas também está fora (por lesão) é David Philliparts.

Abaixo você confere a lista de equipes que já anunciaram seus pilotos. As cores indicam a marca da moto que eles utilizam – Yamaha, Suzuki, Honda, KTM, Kawasaki, Husqvarna.

 

Brasil

Jean Ramos (MXGP)
Thales Vilardi (Open)
Fabio “Moranguinho” Santos (MX2)

 

Venezuela

Carlos Badiali (MXGP)
Lorenzo Locurcio (Open)
Anthony Rodriguez (MX2)

 

Estados Unidos

Justin Barcia (MXGP)
Cooper Webb (Open)
Jeremy Martin (MX2)

 

França

Gautier Paulin (MXGP)
Romain Febvre (Open)
Marvin Musquin (MX2)

 

Austrália

Todd Waters (MXGP)
Dean Ferris (Open)
Jay Wilson (MX2)

 

Nova Zelândia

Ben Townley (MXGP)
Cody Cooper (Open)
Kayne Lamont (MX2)

 

Bélgica

Jeremy Van Horebeek (MXGP)
Kevin Strijbos (Open)
Julien Lieber (MX2)

 

Grã-Bretanha

Shaun Simpson (MXGP)
Dean Wilson (Open)
Max Anstie (MX2)

 

Irlanda

Graeme Irwin (MXGP)
Martin Barr (Open)
Stuart Edmonds (MX2)

 

Japão

Makoto Ogata (MXGP)
Toshiki Tomita (Open)
Yohei Kojima (MX2)

 

Itália

Ivo Monticelli (MXGP)
Michele Cervelin(Open)
Samuele Bernardini (MX2)

 

 

3 :: Lesões e mais lesões

mxgp15strijbos6
Strijbos fraturou a mão direita – Crédito: Suzuki

 

O belga Kevin Strijbos, da Rockstar Energy Suzuki, está fora do restante da temporada por causa de uma fratura na mão. O piloto de 29 anos sofreu a lesão durante os treinos do último GP, na Itália. No mesmo dia, o francês Jordi Tixier, da Monster Energy Kawasaki, machucou o pulso e também disse adeus à temporada. Eles engrossam a lista de lesionados no Mundial deste ano, se juntando a Villopoto, Desalle, Cairoli, Nagl e Horebeek, que ficaram fora da competição em algum período.

 

 

4 :: Barcia renova com JGR Yamaha

justin_barcia_press_day_indiana_ironman_ortiz_001104
Justin Barcia – Crédito: Chris Ortiz

 

Justin Barcia vai ficar na JGR Yamaha até 2018. Depois de passar toda sua vida na Geico Honda, o atleta assinou no fim da temporada 2014 um contrato de dois anos com a equipe azul. E, antes mesmo de vencer este acordo, o atleta já assinou a extensão de contrato por mais dois anos. O terceiro colocado no AMA Motocross 2015 parece estar de bem com a equipe azul.

 

 

5 :: A volta dos que não foram

107410_Dungey-HoustonSX2015-Cudby-003_1024
Dungey quer descanso – Crédito: Simon Cudby

 

Ryan Dungey e Justin Barcia, previamente confirmados para disputar a última etapa do Mundial de Motocross 2015, na pista de Glen Helen, nos Estados Unidos, comunicaram que estão fora da “brincadeira”. Dungey, tricampeão do AMA MX, deve tirar alguns dias de folga e voltar a competir no Red Bull Straight Rhythm e na Monster Energy Cup, em outubro. Barcia focará na preparação e na viagem para o MXoN, que acontece na semana seguinte.

 

Yamaha