Holanda anuncia sua equipe para o Motocross das Nações 2019

Glenn Coldenhoff

 

O Motocross das Nações 2019 será disputado nos dias 28 e 29 de setembro no arenoso circuito de Assen, na Holanda. E nesta terça-feira, 20, os donos da casa anunciaram sua equipe para o evento, mas com quatro pilotos ao invés de três (explica-se a seguir): Jeffrey Herlings será o piloto da equipe na categoria MXGP e Glenn Coldenhoff na Open. Na categoria MX2, Calvin Vlaanderen e Roan Van De Moosdijk brigam pela vaga.

Independente da escolha, a Holanda vai para o Nações em casa com força máxima, da mesma forma que ocorreu no ano passado em RedBud, quando perdeu o título por míseros cinco pontos para a França.

Naquela ocasião, Herlings e Coldenhoff dividiram as vitórias nas três baterias finais do domingo, mas Vlaanderen abandonou a primeira bateria em 34º, por causa de uma pedrada no olho, o que comprometeu o resultado dos holandeses, que ainda terminaram em 3º, dois pontos atrás da vice-campeã Itália.

E vale lembrar que os holandeses são verdadeiros especialistas em circuitos de areia, principalmente Jeffrey Herlings. Correndo em casa então, com o apoio da torcida, nem se fala.

Segundo o jornalista britânico Adam Wheeler, a dúvida quanto à escolha do piloto para a MX2 deve-se ao fato de que o jovem Van De Moosdijk está impressionando na temporada 2019 do Europeu de Motocross na categoria 250 (competição paralela ao Mundial de Motocross, com rodadas disputadas simultaneamente em alguns GPs da temporada. Uma espécie de “vestibular” que serve de preparação para os jovens pilotos antes da estreia profissional na MX2 do Mundial de Motocross).

Ele venceu as duas baterias no arenoso circuito de Lommel, durante o GP da Bélgica, e atualmente lidera a classificação da categoria 250.

Já Vlaanderen nasceu e cresceu na África do Sul, mas possui descendência holandesa e disputa o Mundial de Motocross filiado na Federação Holandesa de Motociclismo. Com passaporte holandês e todas as outras credenciais citadas acima, tornou-se elegível para disputar o Nações do ano passado pela equipe da Holanda.

Quem vai ficar com a vaga na MX2? Saberemos nos próximos dias.