Filme do Sertões 2019 disponível no Net Now e Vivo Play

Documentário Sertões retrata os desafios dos personagens que fizeram a história na prova em 2019

 

O Sertões virou filme. A pré-estreia aconteceu em um evento virtual no dia 25 de março, pelo APP do Sertões (http://sertoes.com/app/) e no Youtube https://www.youtube.com/watch?v=cuqQDLYh1HE).

Pilotos, navegadores e convidados assistiram, de casa, uma sessão especial. Desde a quinta-feira,26, está disponível para o público nas plataformas Net Now e Vivo Play. O filme é uma co-produção do Sertões com as produtoras Ponto 25 e Pródigo Filmes. Tem a direção de João Lopes e Maurício Lippi, com a produção executiva de Beto Gauss.

Kit Pipó: pipoca gourmet enviada aos convidados

 

Em 109 minutos, são retratados os desafios dos personagens que fizeram a história da prova de 2019, vencidos e vencedores. Mais do que um duelo motor x poeira, velocidade x distância, o filme é sobre paixões. Sobre desafios e de certa forma sobre missões quase impossíveis, que as pessoas são obrigadas a enfrentar quando se dispõem a atravessar o Brasil, numa jornada de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, a Aquiraz, no Ceará.

Resumir uma competição que dura oito dias, envolve uma viagem de 5.000 km com uma caravana de quase duas mil pessoas reflete bem estes desafios e a paixão destes sertanejos do século 21.

Tunico Maciel levou o bicampeonato nas motos

 

Em grande parte a história do filme foi conduzida mais pelos pilotos e navegadores do que pela equipe de roteiristas. Os produtores e câmeras gravaram todo material sem saber como o filme terminaria. Protagonistas conquistaram o seu espaço no braço, como diz a gíria do automobilismo.

Além dos melhores pilotos off-road do Brasil, o público ainda vai se surpreender com participações especiais de Luciano Huck e Whindersson Nunes e dos voluntários do projeto social do Sertões – SAS Saúde e Alegria no Sertões -, que prestam atendimento médico à população carente das cidades por onde a prova passou.

A dupla campeã nos carros, Lucas Moraes e Kaique Bentivoglio