Felipe Zanol confirma favoritismo nas motos e fatura Rally dos Sertões 2012


Felipe Zanol comemorou o título depois de dois vice-campeonatos em 2010 e 2011 – Foto: Marcelo Maragni / Red Bull Content Pool

O mineiro Felipe Zanol conquistou nesta terça-feira, 28, o Rally dos Sertões 2012 após liderar os dez dias de competição. Durante os 4.840 quilômetros de percurso –  2.346 km cronometrados – a edição de 20 anos do maior rali realizado dentro de um único país ficou sob domínio do vencedor inédito, que nos dois anos anteriores havia sido vice-campeão.

Zanol ganhou o Prólogo, o Super Prime e seis das dez etapas realizadas. A competição começou no dia 18, em São Luís, Maranhão e terminou em Fortaleza, Ceará.

– O Sertões é uma corrida que eu acompanho desde criança e hoje realizo o sonho de conquistar esse título, que eu tanto desejei. Aprendi muito nas últimas temporadas e também com a participação no Dakar. Vencer o Sertões é escrever o meu nome na história do rali – resume Zanol.
Detentor de 12 títulos nacionais de enduro e de cross country, Zanol irá focar nas provas de rali daqui em diante.

– Estou ainda mais motivado para brigar pelo título do Brasileiro de Enduro FIM, mas o meu foco certamente passa a ser os ralis. No começo de setembro irei para o Japão, colaborar com o projeto da Honda para o Rally Dakar 2013, e em outubro irei competir no Marrocos. Mas agora os próximos dias serão de muito descanso e comemoração – continua.

– Quero agradecer a todos os meus patrocinadores, como a Honda, que me acolheu com muito profissionalismo, assim como a Red Bull, ASW, Rinaldi, ATS Informática, Mobil, Vedamotors, o Dimas e o pessoal da Brasil Moto Tour e Mr Pró. Outro agradecimento especial vai para o Robson e o Guilherme, da Água Mineral Ingá, que me ajudaram muito para que eu conseguisse estrear no Sertões. Esta conquista é de todos eles e dos meus familiares e amigos. Abri mão de muita coisa para estar aqui e fico muito feliz por ter tanta gente que acredita no meu trabalho – conclui o campeão.

Dario Julio Souza e Nielsen Bueno, companheiros de equipe de Zanol, chegaram em segundo e terceiro lugares respectivamente.

Na classe dos quadriciclos, o maranhense Marcelo Medeiros se consagrou campeão com o tempo de 40h54min22. Nos UTVs, ganhou a dupla de Bruno Sperancini e Thiago Vargas, que finalizaram o Rally após 40h53min21.

O francês Stephane Peterhansel e seu navegador Jean-Paul Cotret ganharam na categoria Carros, com o tempo 26h06min53. Nos caminhões, venceu o trio Carlos Policarpo, Romulo Seccomandi e Davi Fonseca, com o tempo de 32h12min33.

Resultado final após 10 etapas – Motos
1) Felipe Zanol – 32h12min33
2) Dario Julio Souza – 32h38min02
3) Nielsen Bueno – 33h32min40
4) Guto Klaumann – 35h07min59    
5) Dimas Mattos – 35h24min09

Quem venceu cada etapa
1ª – Felipe Zanol
2ª – Dario Julio Souza
3ª – Felipe Zanol
4ª – Felipe Zanol
5ª – Jean Azevedo
6ª – Felipe Zanol
7ª – Dario Julio Souza
8ª – Felipe Zanol
9ª – Felipe Zanol
10ª – Ike Klaumann

Veja também
>>> Os bastidores do Rally dos Sertões revelados pelo BRMX
>>> Galeria de imagens do Rally dos Sertões