Expectativas para a abertura do Brasileiro de Motocross 2016

Expectativas para a abertura do Brasileiro de Motocross 2016
Imagem aérea da pista em 2014– Fotógrafo: Miguel Campano

 

Limeira, São Paulo, que sedia pela terceira vez uma etapa campeonato, receberá nos dias 14 e 15 de maio, a abertura do Brasileiro de Motocross 2016. A cidade costuma trazer um bom número de pilotos e público.

As provas serão realizadas no motódromo Carlos Alberto Nunes (Cacko), localizado no Horto Florestal, na Via Jurandyr da Paixão de Campos Freire, Km 4 – Bairro Tatu.

 

:: Mapa

 

As disputas das provas prometem ser acirradas, principalmente na categoria MX1, que teve o campeão de 2015 definido na última bateria da temporada. Quem levou a melhor no ano passado foi o espanhol Carlos Campano, da Yamaha Grupo Geração.

>>> Volta na pista de Limeira com Carlos Campano
>>> Matérias sobre Motocross em Limeira
>>> Participe do Bolão BRMX para a primeira etapa

– A preparação foi boa, estou me sentindo forte e rápido. O objetivo é ganhar. Temos que defender o número um e dar 100% desde a primeira etapa – declara Campano, que já conquistou o título três vezes (2012, 2013 e 2015).

O brasileiro Jean Ramos, que ficou em segundo lugar na MX1 em 2015, está pegando pesado no treino para manter uma boa colocação.

– A preparação está intensa, está chegando a hora de saber se fizemos um ótimo trabalho. Estou animado para o início do campeonato. Trabalhei duro e quero dar o meu melhor e estar entre os primeiros – afirma Jean.

Paulo Alberto, da Honda Mobil, também subiu no pódio em Limeira no ano passado ao conquistar a terceira colocação.

– Estou bastante motivado para esta primeira etapa. A expectativa é tentar dar o melhor e, se possível, sair de Limeira com uma vitória – completa Paulo.

 

:: Estrutura do evento

pista03_miguelcampano
Área de box durante a etapa de 2014 – Fotógrafo: Milguel Campano

 

Para quem for prestigiar o evento, haverá uma estrutura preparada com praça de alimentação, lojas de materiais esportivos off-road, entre outras atrações. Tudo para atender os amantes do motociclismo.

– Limeira está se tornando a “capital do motociclismo”, seja pelo apoio institucional quanto pela infraestrutura – declarou Marco Aurélio Magalhães Faria Júnior, chefe de gabinete da Prefeitura de Limeira.

A entrada é gratuita. Mas quem quiser pode contribuir com 1kg de alimento não perecível, pode ser levado no dia da competição. As doações serão destinadas a uma entidade beneficente da cidade.

– É um evento familiar que desperta o interesse de pessoas de todas as idades, além disso arrecada alimentos para entidades assistenciais por meio das vendas da praça de alimentação e também com a arrecadação de alimentos não perecíveis na entrada – completa Faria Júnior.

 

:: Inscrições

As inscrições para os pilotos que participarão da abertura do campeonato seguem abertas no site da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM) e podem ser acessadas clicando aqui.

Há desconto para inscrições que forem efetuadas antecipadamente até às 18h desta quarta-feira, 11. O valor para as categorias MX1, MX2 é de R$ 200 e para a Júnior é de R$ 70. Após o prazo a taxa sofrerá acréscimo e as inscrições somente poderão ser feitas no local da secretaria de prova, sem desconto, ou seja, R$ 300 e R$ 105, respectivamente.

A etapa Limeira do Brasileiro de Motocross tem apoio da Prefeitura de Limeira em parceria com Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo, além de patrocínio da Honda, Rinaldi, Borilli, IMS e Peterlongo.

 

Programação motocross em Limeira

SEXTA-FEIRA, 13
14h às 17h30  – Secretaria / Vistoria: Todas as classes

SÁBADO, 14
8h às 10h45 – Secretaria / Vistoria técnica: Todas as classes
10h – Briefing técnico obrigatório

Treinos livres
11h às 11h20 – MX3
11h30 às 11h50 – MXJR
12h às 12h30 – MX1
12h40 às 13h10 – MX2

Manutenção de pista

Treinos cronometrados
13h45 às 14h10 – MX3
14h20 às 14h40 – MXJR
14h50 às 15h20 – MX1
15h30 às 16h – MX2

Manutenção de pista

Prova
16h30 – MX3 (20min + 2 voltas)
17h – Pódio Classe – MX3

DOMINGO, 15

Aquecimento (warmup)
9h25 às 9h50 – MX2
10h às 10h25 – MX1
10h35 às 11h – MXJR

Manutenção de pista

Provas
12h –  MX2 – 1ª Bateria: 30min + 2 voltas
13h –  MX1 – 1ª Bateria: 30min + 2 voltas
14h –  MXJR – 20min + 2 voltas
14h30 – Pódio da classe MXJR

14h40 – cerimonial

15h – MX2 – 2ª Bateria: 30min + 2 voltas
15h40 – Pódio da classe MX2

16h – MX1 – 1ª Bateria: 30min + 2 voltas
16h45 – Pódio da classe MX1