Expectativas da Yamaha Monster Energy Geração para a 1ª etapa do BRMX 2019 – Alfenas

Yamaha
Carlos Campano começa a busca pelo hexa! – Foto: Divulgação

 

O Brasileiro de Motocross 2019 começa cheio de expectativas neste fim de semana, 13 e 14, em Alfenas, Minas Gerais.

A Yamaha Racing Brasil está representada nesta competição pela equipe Yamaha Monster Energy Geração, que é detentora dos títulos das principais categorias – MX1, MX2 e MX2-Junior.

Os pilotos competirão em uma pista de 1.370 metros, provavelmente sob chuva, como prevê a metereologia.

No sábado, acontecem os treinos e as corridas classificatórias. Domingo é dia de corridas valendo pontos pelo campeonato.

Haverá transmissão ao vivo no YouTube da Yamaha Racing Brasil

 

O pentacampeão Carlos Campano, vencedor da categoria principal (MX1) em cinco das sete vezes que disputou (2012, 2014, 2015, 2017, 2018), está focado no hexa.

Se alcançar o objetivo, o embaixador da Nova Lander se iguala a Pedro Bernardo Raymundo, o Moronguinho, que nas décadas de 1970 e 1980 se tornou o maior vencedor da categoria principal do motocross brasileiro com seis conquistas (1976, 1979, 1980, 1981, 1982, 1985).

– Me preparei bem na pré-temporada. Fiz três etapas do campeonato espanhol, ganhei a terceira e estou liderando o campeonato. Me sinto bem, com boa velocidade e empolgado para começar o Brasileiro de Motocross. Ansioso para mostrar o trabalho realizado. A pista é nova, a previsão é de chuva, mas estamos preparados. O objetivo é ganhar a prova e o campeonato – comentou Campano.

Paulo Alberto fará sua estreia pela equipe no Brasileiro de Motocross. O português já correu pelo time no Arena Cross, na semana passada.

Paulo se recupera de uma fratura do metacarpo na mão esquerda. Ainda sente muitas dores e falta de força, mas vai para a corrida com a intenção de somar pontos importantes para a busca pelo título.

– Passei os últimos dias tentando recuperar um pouco mais minha mão para chegar na etapa com menos dor. Não vou estar 100%, mas como o campeonato é longo, terei mais tempo depois desta rodada, vou tentar fazer pontos importantes para começar o melhor possível na disputa pelo título. O objetivo é fazer o máximo de pontos possíveis – afirmou Alberto.

Fabio Santos é o atual campeão da categoria MX2 com sua YZ250F. E tudo que ele quer é vencer o campeonato pela terceira vez.

O paulista de 22 anos sabe que é o favorito na classe, mas também está consciente que precisa confirmar as expectativas para comemorar no fim da temporada.

– Não vejo a hora do campeonato brasileiro começar. Estou me sentindo muito bem e disposto a sair de Alfenas no lugar mais alto do pódio. Acredito que tenho tudo o que é preciso para vencer. Espero fazer boas largadas e manter o bom ritmo até o a bandeirada final – disse Santos.

Tallys Nathan, a “Fúria do Nordeste”, está fora de combate no início do campeonato por causa de uma fratura no braço (rádio) esquerdo.

Ele sofreu uma queda enquanto se preparava para a temporada. A previsão é que no fim de abril Tallys volte a treinar com moto para estar pronto na segunda rodada do Brasileiro de Motocross.

– Infelizmente não vou poder competir nesta etapa por causa da minha lesão, mas já estou me preparando fisicamente para voltar com força total. Estou muito triste por perder a abertura do campeonato, mas vou dar meu melhor nas outras etapas, lamentou Nathan.

 

Programação

Sábado, 13

Treinos Livres
7h50 – MX2 / MX2 JR
8h15 – MX4 / MX5
8h35 – MX1
9h00 – MX JR
9h25 – Nacional-Pró
9h45 – 50cc
10h05 – MX3
10h30 – MXF
10h50 – 65cc

Treinos Classificatórios
11h50 – MX2 – MX2 JR / treino de largada
12h17 – MX4 – MX5 / treino de largada
12h39 – MX1 / treino de largada
13h06 – MXJR
13h30 – Nacional-Pró / treino de largada
13h52 – 50cc
14h11 – MX3

Provas Classificatórias
15h10 – MX2 – MX2 JR / 12min + 2 voltas
15h40 – MX1 / 12min + 2 voltas

Provas Oficiais
16h10 – MX4 / MX5 – 15min + 2 voltas
16h40 – Nacional-Pró – 15min + 2 voltas
17h05 – Pódio classes: MX4 / MX5 e Nacional-Pró

Treinos Cronometrados
17h05 – MXF
17h25 – 65cc

Domingo, 14

Warm-Up
7h50 – MX3 treino de largada
8h09 – MX2 / MX2 JR
8h28 – MX1
8h47 – 50cc treino de largada
9h06 – MX JR treino de largada
9h25 – MXF treino de largada
9h44 – 65cc treino de largada

Provas Oficiais
10h20 – MX3 / 20min + 2 voltas
10h50 – 50cc / 15min + 2 voltas
11h10 – Pódio das classes: 50cc / MX4 e MX5
12h – MX2 – MX2-JR / 30 min. + 2 voltas
13h – MX1 / 30min + 2 voltas
13h50 – MXJR / 20min + 2 voltas
14h30 – MXF / 15min + 2 voltas
15h – 65cc / 15min + 2 voltas
15h25 – Pódio das classes: MX2 JR / MX JR / MXF e 65cc
15h45 – Elite MX, MX1 e MX2 / 30 min. + 2 voltas
16h30 – Pódio das classes: Elite MX, MX1 e MX2

Yamaha