Equipe BC11 Forte Racing domina abertura do Brasileiro de Enduro Kids 2019

Yamaha

O Brasileiro de Enduro Kids 2019 não poderia ter começado melhor para a Equipe BC 11 Forte Racing.

Após dois dias de provas na cidade de Itapema, Santa Catarina, a primeira das três etapas do campeonato mostrou a força dos jovens pilotos capixabas. Frederico Mediote Rangel foi o vencedor da categoria Juvenil, Theo Cravo venceu a Infantil e Estevão Mediote Rangel foi o vice-campeão na Cadete.

As disputas ocorreram no sábado e domingo, 16 e 17 de março, utilizando parte da mesma especial dos pilotos das categorias adultas do campeonato.

O Cross Teste começava utilizando parte da pista de motocross do Itapema Off Road e finalizava em um pasto de grama, com um circuito bem diversificado.

Como as categorias infantis entraram no circuito antes dos adultos, tiveram que enfrentar uma pista pesada e com muita lama.

Fred Rangel, de 14 anos, teve muito trabalho para vencer os dois dias na categoria Juvenil, de 13 a 15 anos.

Chegou a cometer alguns erros e sofrer algumas quedas, mas deixou a primeira etapa na liderança do campeonato e comemorou o resultado.

– Gostei muito da prova, a organização está de parabéns! Tenho treinado muito no Espírito Santo, com a ajuda do nosso treinador André Caliari. Não estava acostumado com o terreno escorregadio, e com toda a lama, mas dei o meu melhor e consegui a vitória nos dois dias – analisou o piloto, que após o enduro teve que enfrentar uma semana de estudos e provas na escola.

Neste domingo, 24, porém, volta para a moto e encara a etapa de abertura do estadual.
– Neste domingo tem a abertura do Capixaba de Enduro em Alfredo Chaves. Estou animado, a expectativa é boa, vou tentar dar o meu melhor na pista e buscar outro bom resultado para a equipe.

 

Frederico Mediote Rangel lidera o Brasileiro de Enduro Kids 2019, após vencer os dois dias de prova na categoria Juvenil – Foto: Janjão Santiago

 

Com apenas 8 anos, o caçula da equipe, Theo Cravo, dominou o final de semana na Categoria Infantil (para pilotos até 8 anos).

O vice-campeão capixaba de 2018 deixa Santa Catarina invicto e na liderança do Brasileiro.

– Foi uma prova muito diferente das que estou acostumado a correr, com percurso longo e diferente, com lama, areia, pedras e muito liso. Mas consegui vencer os dois dias e ser o campeão da categoria Infantil. Muito obrigado a minha equipe e todos nossos patrocinadores – comemorou o jovem piloto.

 

Theo Cravo, de oito anos, venceu a categoria Infantil – Foto: Janjão Santiago

 

Na categoria Cadete (9 a 12 anos), Estevão Rangel, com 10 anos, teve que enfrentar muitos problemas no final de semana e chegou a finalizar a prova com um pneu furado.
Ainda assim conseguiu um excelente segundo lugar na sua categoria.

– Tive que encarar alguns problemas no final de semana que me atrapalharam um pouco. Além de não estar acostumado com tanta lama, ainda tive que correr com um pneu furado. Mas no fim deu tudo certo e consegui o segundo lugar – contou.

 

Estevão Rangel foi o vice-campeão da categoria Cadete – Foto: Janjão Santiago

 

Bruno Crivilin, um dos idealizadores da equipe, acompanhou de perto seus pilotos durante o final de semana, já que não disputou a etapa de abertura do Brasileiro, se recuperando de uma lesão.

O tetracampeão nacional comemorou a criação das categorias de base no campeonato.

– É muito legal a criação das categorias infantis no Brasileiro. Isso já existe no campeonato capixaba, está em seu quarto ano, graças ao Aloísio Telão, que criou o campeonato no Espírito Santo e conseguiu trazer também essa fórmula para o Brasileiro. Ele é o responsável pelo campeonato das categorias infantis. Quando soube que iria ter as categorias no Brasileiro, veio a ideia de criar uma equipe, retribuir o que já fizeram por mim e tentar realizar o sonho de jovens pilotos, assim como o meu sonho está sendo realizado – explicou Crivilin.

Ele falou do seu trabalho de chefiar uma equipe no fim de semana.

– Tenho três pilotos na equipe e antes de largarem eu procurava ter uma conversa com cada um, passar tranquilidade e confiança. Acho que com a experiência a gente fica mais tranquilo, ainda mais em uma prova de nível nacional, então tentei ajudar com o psicológico, com a técnica, até porque a especial estava com bastante lama e terreno muito liso, que eles praticamente quase nunca andam. Acho que funcionou muito bem – comemorou Crivilin, que estará junto dos pilotos no próximo final de semana.

– Temos que trabalhar para as próximas provas, neste final de semana já temos a abertura do Capixaba, estarei lá com eles para orientar e tentar buscar outros bons resultados para a equipe – finalizou.

A abertura do Capixaba será na cidade de Alfredo Chaves, neste domingo, 24.

Já o próximo compromisso da Equipe BC 11 Forte Racing pelo Brasileiro será nos dias 8 e 9 de junho, na cidade de Aracruz, também no Espírito Santo.

Os pilotos da Equipe BC11 Forte Racing de Enduro têm patrocínio de Forte Veículos, utilizam as roupas e equipamentos da ASW Racing, Pneus Kenda, manoplas, coroa e pinhão da Edgers Racing, joelheiras e protetor cervical MrPró Braces e adesivos da Imagem Graphics.

Yamaha