Enzo Lopes encara feras do motocross em competição insana nos Estados Unidos

Em seus perfis nas mídias digitais, o brasileiro Enzo Lopes se mostrou empolgado por guiar uma moto de dois tempos – Foto: Garth Milan

Grandes pilotos, irreverência, nostalgia e um brasileiro entre os participantes. Com esses ingredientes especiais, uma das principais competições de motocross aquece os motores para dar a largada. Neste sábado, 5, o Red Bull Straight Rhythm chega a Fairplex, em Pomona, EUA, para desafiar os atletas em um percurso repleto de desafios do supercrosss e extremamente técnico. Grande nome do País, o gaúcho Enzo Lopes está confirmado, e o público brasileiro poderá acompanhar todas as emoções ao vivo, em transmissão pela internet, a partir das 21h30 (horário de Brasília).

Classificado às finais da competição em 2017, Enzo retorna ao Red Bull Straight Rhythm para andar de dois tempos na categoria 250cc, uma das mais disputadas, pois terá a presença das feras americanas Cooper Webb, Jason Anderson e Cole Seely e do alemão Ken Roczen.

– É um dos momentos mais legais do ano, pra mim. Esse evento é atípico, pois não tem como se preparar, já que em nenhum lugar você vai achar uma pista só com saltos em linha reta. Estou muito feliz e quero correr de 250cc dois tempos, pois a minha última vez foi em 2014. Além disso, farei uma homenagem a Larry Ward que correu, em 1999, de Suzuki. Quero me divertir e dar o meu melhor, afirma Enzo.

Além da classe 250cc, o público poderá acompanhar a categoria 125cc e a grande novidade desta temporada: exibição especial de duas lendas do motocross: Tyler Bowers e Travis Pastrana (este, que retorna ao evento pela primeira vez desde 2014). A dupla mostrará todo o talento em motos 500cc de dois tempos. Outro aspecto inovador e único do campeonato é o fato de que vários participantes farão homenagens à década de 90 e à história do esporte, como é o caso de Cooper Webb, que guiará uma réplica de Jeremy McGrath.

O público brasileiro poderá acompanhar todas as emoções do Red Bull Straight Rhythm neste sábado, 5, às 21h30 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo, pela Red Bull TV, por meio do link https://www.redbull.com/us-en/events/straight-rhythm/live/AP-1ZPSC8D9H1W11.

 

Confira, abaixo, a lista de participantes:

 

Categoria 250cc:

– Ryan Villopoto (Yamaha 250 – inspirado em Jeremy McGrath)
– Cooper Webb (2003 KTM (réplica de Jeremy McGrath)
– Enzo Lopes (Suzuki RM250)
– Cole Seely (2003 Honda CR250)
– Pierce Brown (2020 KTM 250 SX)
– Jason Anderson (2019 Husqvarna TC 250)
– Parker Mashburn (2019 KTM 250 SX – inspirado em Nate Ramsey)
– Brandon Hartranft (2020 KTM 250 SX)
– Tyler Bowers (1992 Kawasaki KX500)
– Alex Ray (2003 Suzuki RN250)
– Ronnie Mac (1998 Screaming Eagle 250)
– Ken Roczen (2006 Honda CR250, de Jeremy McGrath)
– Austin Politelli (2019 KTM 250), Josh Hansen (Honda CR250)
– Ryan Morais (2020 KTM 250)
– Tevin Tapia (Yamaha YZ325)
– Ryan Sipes (2020 KTM 250 SX)
– Adam Enticknap (2000 Suzuki 250)
– Gared Steinke (KTM 250);

Categoria 125cc:

– Alex Nagy (2006 Yamaha YZ125)
– Carlen Gardner (KTM 150 SX)
– Jeff Walker (KTM 150 SX)
– Mitchell Harrison (2004 Kawasaki – inspirada em Carmichael)
– Chase Marquier (Husqvarna TC 150)
– Joey Crown (KTM 150 SX)
– Jerry Robin (2020 KTM 150 SX)
– Robbie Wageman (2019 YZ 125)
– Michael Leib (2002 Honda CR125)
– AJ Catanzaro (KTM 150 SX – inspirado na Suzuki de Pastrana)
– Kai Aiello (KTM 150 SX)
– Simon Lägenfelder (KTM 150 SX)
– Max Vohland (KTM 150 SX)

RED BULL TV

Para assistir ao Red Bull Straight Rhythm ao vivo, é simples: pode acessar pelo link, pelo aplicativo “Red Bull TV” disponível nas plataformas Android, IOS e Windows Phone; pelo canal na Apple TV e Samsung, além do app gratuito que está à disposição no Amazon Fire TV, Kindle Fire, Nexus Player, Roku Players, Roku TV e Xbox 360.