Enzo Lopes é vice-campeão do Oakhill 2017 no MX e no SX

Enzo Lopes em Oakhill 2017 – Foto: Divulgação

 

Depois de rodar mais de 6 mil km desde o começo de março competindo nos campeonatos de primavera nos Estados Unidos, Enzo Lopes voltou ao Texas na última semana, desta vez para disputar a 41ª edição do GNC Final Motocross Oakhill.

Em Oakhill, o piloto competiu nas principais categorias e garantiu a 2ª colocação geral em todas, tanto na modalidade Motocross, como no Supercross.

Como o seu foco principal é a categoria  250A, Enzo preferiu correr todas as baterias com sua moto KTM 250 SX-F, inclusive a Open Pro e a 450A. Foram disputas acirradas, com direito a melhores voltas, algumas quedas e uma vitória surpreendente na segunda bateria da 450A.

– Claro que eu queria o título, mas gostei dos meus resultados em Oakhill. Meu principal concorrente em todas as baterias (Sean Cantrell) é piloto de fábrica que disputará o motocross profissional ainda esse ano. Meus tempos foram iguais ou até melhores que os dele, e isso me motiva a continuar buscando uma vitória nas próximas disputas – disse Enzo.

 

Resultados em Oakhill

Motocross

 

Supercross

 

Vídeos de Oakhill

 

Daytona e James Stewart

Antes de ir para o Texas, Enzo passou pela Flórida para participar do campeonato Ricky Carmichael Daytona Amateur Supercross, competindo nas categorias 250A e Open Pro Sport. O formato desse campeonato segue o das corridas de Supercross do AMA, com ‘heats’ para escolha do gate e depois as finais. No placar geral Enzo terminou a competição em 7º lugar na categoria 250A e em 6º lugar da categoria 450A.

– Daytona é uma pista incrível para se competir, é puro supercross! Para andar na ponta, o piloto precisa fazer boas largadas porque as corridas duram cerca de 8 minutos apenas. Choveu muito em Daytona e ficou difícil largar bem nas ‘heats’. Acabei ficando com gates não tão bons nas finais, mas as corridas de recuperação que tive que fazer me renderam voltas rápidas – disse.

Nesta terça-feira, 21, o brasileiro parte para seu último e maior desafio nesta maratona de competições: encarar os melhores pilotos das categorias profissionais no disputadíssimo campeonato James Stewart Spring Championship, que acontece de 22 a 25 de março, também no Texas.

As corridas das categorias 250A Pro Sport e 450A Pro Sport serão televisionadas nos Estados Unidos, e por isso acontecerão sempre às 16h e às 19h (horário de Brasília).