Enduro, um esporte completo e em plena (r)evolução no Brasil

Yamaha

A 4ª rodada do Brasileiro de Enduro, acontecerá em Aracruz, Espírito Santo, neste fim de semana, 8 e 9. A competição mostra bem o que é a modalidade enduro nos dias atuais e como o esporte vem crescendo e se desenvolvendo no Brasil. O surgimento de grandes equipes e a profissionalização dos pilotos têm marcado as últimas temporadas.

Dentro das pistas a modalidade saiu das provas em linhas, que saem de um ponto a outro, que eram realizadas há 20 anos atrás, para provas em círculo como é hoje na maioria das etapas.

– Isso se deu para acompanhar a evolução da tecnologia e instantaneidade dos resultados, afirma Janjão Santiago, repórter fotográfico que acompanha o Campeonato há 20 anos.

Ele lembra ainda o surgimento das grandes equipes.

– Antigamente o piloto ia para corrida e tinha alguns apoios. Hoje são times profissionais, envolvimento das fábricas, pilotos com contrato, incluindo gringos, completa Janjão.

 

Cristian Arriegada – Foto: Janjão Santiago

 

É o caso do argentino Cristian Arriegada, o Crispy, que é piloto da Orange BH KTM Racing, equipe oficial da marca austríaca no Brasil, que está na 3ª colocação da categoria E3, com uma KTM 500 EXC-F. Ele não vê a hora de subir no degrau mais alto do pódio no Brasileiro, em um Campeonato cada vez mais importante.

– A expectativa é estar no pódio, mas se for o primeiro, melhor. Eu gostei muito desse circuito, de todos que participei até, sem dúvidas esse parece o mais mais bacana, quero andar bem e trazer o melhor resultado possível, disse Crispy.

A etapa capixaba do Brasileiro marca a metade do campeonato. Serão três especiais cronometradas, todas em círculo, largando e chegando no mesmo local. Uma de Cross, outra de Enduro e a terceira será um Extreme Teste.

 

Thales Vilardi abordo da KTM 250 EXC-F – Foto: Janjão Santiago

 

O companheiro do hermano argentino na KTM, Thales Vilardi, após a caminhada a pé pela pista, obviamente preferiu o Cross Teste, afinal ele está em temporada de estreia no Enduro e possui uma grande e vitoriosa carreira no Motocross e Supercross. Mais uma característica do Enduro nos dias de hoje, que é uma modalidade cada vez mais completa.

– Eu estou feliz com a minha evolução a cada etapa. Tanto na minha categoria, quanto no Geral. Tenho diminuído a distância para os primeiros. O teste de Extreme pra mim será uma novidade, mas no Cross sentirei bem mais à vontade, disse Thales que anda a bordo de uma KTM 250 EXC-F, na categoria E1 e está na 7ª colocação.

Para o diretor de Enduro da Confederação Brasileira de Motociclismo, Maurício Brandão, o grande divisor de águas no Brasil foi em 2003, quando o Brasil sediou pela primeira e única vez o ISDE (International Six Days Enduro), de lá pra cá começou uma verdadeira revolução no esporte.

– Antes as provas eram feitas por apaixonados, muito românticas e amadoras. Cada organizador fazia a prova de forma independente, ao seu gosto. Hoje a paixão continua a mesma, mas nos últimos anos reunimos pessoas excelentes e que amam esse esporte. Buscamos as tendências internacionais, acompanhamos o que há de melhor no mundo, otimizamos e padronizamos as marcações, cronometragens e apuração dos resultados. Estamos sempre atendendo as exigências das equipes que visam facilitar a logística e melhorar o funcionamento das provas, comenta o diretor.

O certo é que a cada dia as provas do Brasileiro de Enduro estão cada vez melhores, mais disputadas e perto do público. Os visitantes tem acesso liberado e gratuito aos boxes e quem visita a estrutura da Orange BH KTM Racing pode retirar seu pôster autografado pelo Thales Vilardi e o Crispy Arriegada. A concentração do evento será na Praça da Paz, no Centro de Aracruz. Confira a programação completa ao final dessa reportagem.

A Equipe Orange BH KTM Racing utiliza pneus Kenda, equipamentos ASW e capacetes Airoh, que são os patrocinadores principais e a W-Tech, Durag, Circuit, Motul, TCX, MrPró, Exceed e Alex Design são fornecedores oficiais.

 

Programação

Local do evento: Praça da Paz – Centro – Aracruz/ES

 

Sexta feira dia 07 de junho

19h30 – Briefing para pilotos e equipes na praça de alimentação do
Shopping Oriund.

Sábado dia 08 de junho

07h00 – Abertura da praça para recepção das equipes e inscrições.
08h00 – Início das vistorias técnicas e abertura do “Parque Fechado”.
08h00 – Prova das categorias infantil, cadete e juvenil.
09h30 – Término das vistorias e fechamento do “Parque Fechado”.
10h00 – Largada dos primeiros pilotos (Largam dois pilotos por minuto).
16h30 – Previsão de chegada para o último piloto.
19h30 – Divulgação do resultado, no Cerimonial Santa Joana, ao lado da
Especial XT1.

Domingo dia 09 de junho

07h00 – Abertura da Praça
07h00 – Prova das categorias infantil, cadete e juvenil.
09h00 – Largada dos primeiros pilotos (Largam dois pilotos por minuto).
14h30 – Previsão de chegada para o último piloto.
16h30 – Início da cerimônia de premiação.
18h30 – Encerramento do evento.

 

Yamaha