ENDURO: EFX da Mulher 2019 bate recorde de participação em Ribeirão Pires

Um grande encontro repleto de desafios e competição marcou a quinta edição da EFX da Mulher.

A prova de Enduro FIM exclusiva para elas e comemorativa ao Dia Internacional da Mulher reuniu neste ano 87 pilotos do Brasil, Portugal e Alemanha, em Ribeirão Pires.

É a segunda vez consecutiva que a cidade na Grande São Paulo recebe o evento.

A movimentação no Complexo Aytron Senna, ginásio municipal, começou cedo.

Antes de largar, as meninas fizeram uma volta promocional, agitando as ruas de Ribeirão Pires.

Depois, todas partiram para as trilhas.

A competição contou com três voltas compostas por três especiais (trechos cronometrados) cada, em um total de 66 quilômetros.

A chuva que caiu apimentou a disputa, repleta de barro.

Evento contou com 87 inscritas na quinta edição da prova de enduro que já virou tradição no calendário nacional de competições – Foto: Alexandre Moreira

 

Mas isso não foi problema para a mulherada que encarou os obstáculos até o final.

Na geral e na categoria Pró Importada, a vitória ficou com a paulista Janaina Souza (#1), que venceu também a edição passada.

Na Pró Nacional, Bárbara Neves (#13), de Aparecida de Goiânia, Goiás, terminou na primeira colocação.

Tatiane Szczerepa (#23), de Ponta Grossa, Paraná; Luciana Timm (#33), de Santana do Parnaíba, São Paulo, e Suzane Carvalho (#47), do Rio de Janeiro, capital, levaram a melhor, respectivamente nas categorias Over 30, Over 40 e Over 50.

Entre as novatas, Cecília Barros (#50), de Bragança Paulista, São Paulo, foi o destaque com moto importada.

Daniela Rocha (#53), de Botucatu, São Paulo, faturou a Nacional acima de 150cc e Alexia Vardanega (#69), de Campo Magro, Paraná; a categoria até 150cc.

A campeã da Júnior, que reuniu meninas até 17 anos, foi Ana Karoline Ribeiro (#76), de Campos do Jordão, São Paulo.

O evento também premiou a melhor equipe que foi a Kapangas.

– É muito gratificante ver a animação de todas essas mulheres e o incentivo que a EFX da Mulher traz para todas que querem andar de moto, participar das trilhas e superar desafios. Tenho certeza que elas são exemplos para muitas outras mulheres. Sou fã de cada uma delas. E isso me motiva a cada ano realizar essa prova – destacou o organizador Fábio Simões.

 

Ajuda aos desabrigados pela chuva

Depois de um dia muito animado com a EFX da Mulher em Ribeirão Pires, a cidade amanheceu nesta segunda-feira, 11, alagada, com vítimas fatais e desabrigados devido às fortes chuvas na região.

Para participar do evento, a inscrição foi a doação de uma cesta básica.

Assim, todos alimentos arrecadados, cerca de uma tonelada, já foram encaminhados para ajudar aos desabrigados com a enchente.

– Ao mesmo tempo que o domingo foi de muita animação e alegria com a EFX da Mulher, o dia terminou com essa tragédia em Ribeirão Pires. A cidade abraçou o evento com muito carinho e, por isso, prestamos a nossa solidariedade a todos que estão sofrendo com a consequência das enchentes – finalizou Simões.

O Enduro FIM Xperience da Mulher é realizado pelo Adrenatrilha Trail Club e conta com patrocínio da Honda Motofield e apoio da IMS, Sig Visual, Tech Ride, Edgers, CrossFit Saúde, Magic City, Estampa Arte, América Sportes, Technic, Hotel Pilar, GAT Logistica e Prefeitura da Estância Turistica de Ribeirão Pires.