Em casa, Itália vence o Motocross das Nações Europeias 2015

mxeon_youthstream (4)
Itália comemora o título de 2015 – Crédito: Youthstream

 

A edição 2015 do Motocross das Nações Europeias aconteceu no último fim de semana, 10 e 11 de outubro, em Trentino, na Itália. A pista, conhecida por muitos pilotos por receber o Mundial de Motocross, contou com a presença de 12 países na disputa.

O MXoEN é praticamente uma versão mirim do Motocross das Nações. São três categorias – 250cc, 125cc e 85c – e cada país envia quatro pilotos, sendo um para a categoria EMX250, outro para a EMX125 e dois para a EMX85. Há também a categoria feminina – WMXoEN – com duas mulheres de cada país.

Na primeira bateria da EMX85, destaque para Petr Polak, piloto da República Checa, que fez uma corrida de recuperação e conseguiu assumir a liderança na penúltima volta. Na segunda bateria, o francês Tom Guyon assumiu a ponta logo no começo e manteve até o fim. Polak, que venceu a primeira, ficou com a segundo posição.

A Itália, que não conseguiu bons resultados na EMX85, dominou a EMX125 + EMX250, categorias que correm juntas. Nas duas baterias, o destaque foi do italiano Ivo Monticelli, que permaneceu na liderança mesmo com os ataques o sueco Alvin Ostlund.

Na soma geral, a Itália conquistou o título com 2 pontos a mais que a Suécia, que foi consiste durante as provas com segundos e terceiros lugares. A França completou os três primeiros.

Na categoria feminina, que não soma pontos para o resultado final e tem sua própria classificação, a italiana Kiara Fontanesi dominou as duas baterias e não teve trabalho com suas adversárias. A disputa ficou entre a holandesa Nancy Van de Ven e a italiana Francesca Nocera. Nocera venceu a batalha na primeira bateria, mas Van De Ven garantiu seu lugar na segunda. Na geral da WMXoEN, o time italiano ficou em primeiro, com a Holanda em segundo e a Suécia em terceiro.

 

Classificação – MX das Nações Europeias 2015

Itália – 37 pontos
Suécia – 39 pontos
França – 64 pontos
República Checa – 68 pontos
Itália B – 78 pontos
Eslovénia – 84 pontos
Dinamarca – 89 pontos
Polónia – 92 pontos
Letónia – 97 pontos
Finlândia – 98 pontos
Áustria – 102 pontos
Suíça – 125 pontos
Ucrânia – 143 pontos

 

Melhores momentos

 

WMX

 

GoPro

 

 

Fotos do evento

mxeon_youthstream (6)
Largada em Trentino, Itália – Crédito: Youthstream

 

mxeon_youthstream (3)
Ivo Monticelli, vencedor da EMX125 + EMX250 – Crédito: Youthstream

 

mxeon_youthstream (5)
Visual da pista – Crédito: Youthstream

 

mxeon_youthstream (2)
Kiara Fontanesi, vencedora da WMXoEN – Crédito: Youthstream

 

mxeon_youthstream (8)
Equipe sueca – Crédito: Youthstream