Dois meses após acidente em treino de motocross, Moronguinho ainda aguarda liberação médica para voltar a fazer exercícios regulares

Moronguinho sofreu acidente no início de maio – Foto: Mau Haas / BRMX

 

Mais de dois meses após de sofrer um acidente na pista do Motódromo Marronzinho, em São José, Santa Catarina, Pedro Bernardo Raymungo “Moronguinho” ainda se recupera da lesão nas costas e aguarda liberação médica para voltar a fazer exercícios.

O campeão brasileiro de motocross em 14 oportunidades nas décadas de 1970 e 1980 aguarda pela liberação para voltar a surfar – esporte predileto depois que parou de correr motocross. Andar de moto outra vez, na pista, é uma possibilidade muito mais remota, apesar de Moronguinho ainda ser apaixonado pelo esporte.

– Amanhã vou ao médico levar o raio-x mais recente e ver se ele me libera para começar a surfar outra vez. Pelo que eu vi no raio-x, parece que está melhor – disse na manhã desta segunda-feira, 22, ao atender cordialmente um telefonema do BRMX.

Moronguinho se machucou ao saltar demais (overjump) uma grande mesa da pista do bairro de Potecas, na Grande Florianópolis. Com o impacto, duas vértebras foram “esmagadas”.

– Ainda estou usando um colete que protege as costas, mas estou de boa, estou bem. Dá pra tirar pra dormir, consigo caminhar normal, tá tudo legal – contou o sempre “alto astral” Moronguinho.

O multicampeão havia voltado às pistas em abril deste ano após ser convidado para participar da Corrida dos Campeões, evento que homenageou pilotos veteranos durante o GP Brasil do Mundial de Motocross 2013, realizado em maio. A queda, uma semana antes do evento, fez com que ele ficasse fora da festa.

Quando Moronguinho voltou aos treinos, o BRMX encontrou com ele no Motódromo Marronzinho. Relembre aqui!