Dakar 2019: 3ª etapa marcada por abandonos. Chileno assume a ponta

Pablo Quintanilla – Foto: Husqvarna

 

A terceira etapa do Rally Dakar 2019 fez suas vítimas, a principal delas Joan Barreda, que até então liderava a competição.

O piloto da Honda HRC abandonou o Dakar por problemas entre San Juan de Marcona e Arequipa, nesta quarta-feira 9, antes de completar o trecho de aproximadamente 800km.

Largando com os primeiros, enfrentou uma zona pedregosa e por causa da neblina acabou descendo um barranco de onde foi impossível sair e voltar para a rota correta.

Tudo aconteceu na altura do quilômetro 143 e menos de duas horas após o espanhol largar como líder do Dakar. O balanço da participação de Barreda no Dakar 2019 foi a vitória na primeira etapa e duas jornadas como líder da competição.

Barreda é o piloto em atividade que mais etapas venceu – 23 – mas o sonho de ganhar o Dakar foi mais uma vez arquivado.

O brasileiro Marcos Colvero também abandonou a disputa nesta quarta-feira após cair e acionar o resgate. Ele está bem, mas como pediu resgate, por regra está fora do Rally Dakar.

Franco Caimi, Juan Pedrero, Rodney Faggotter, Walter Nosiglia Jager, Stephane Bouvier, Gianna Velarde, Ismael Nietto, Elio Aglioni foram as demais baixas do dia.

O vencedor da etapa foi o francês Xavier de Soultrait, da Yamaha, com tempo de 4h07min42seg.

E o novo líder da competição passa a ser o chileno Pablo Quintanilla, da Rockstar Energy Husqvarna, que terminou a etapa na segunda colocação, apenas 15seg atrás do francês.

Na etapa desta quinta-feira 10, os competidores enfrentarão a primeira parte de uma etapa Maratona.

Serão 352 km de trecho cronometrado e um total de 511 km até a chegada ao acampamento de Moquegua, onde não será possível receber nenhuma assistência mecânica além da oferecida pelos próprios competidores.

 

Resultados da 3ª etapa

 

Acumulado após 3 etapas

 

Resumo em vídeo

 

Rally Dakar 2019 – etapas que restam

4ª etapa – Quinta-feira (10/1)
Arequipa/Tacna (1º TRECHO DA ETAPA MARATONA)
Quilometragem total – 664 km
Trecho Especial (cronometrado) – 405 km

5ª etapa – Sexta-feira (11/1)
Tacna/Arequipa (2º TRECHO DA ETAPA MARATONA)
Quilometragem total – 714 km
Trecho especial (Cronometrado) – 517 km

Descanso – Sábado (12/1)
Arequipa

6ª etapa – Domingo (13/1)
Arequipa/San Juan de Marcona
Quilometragem total – 810 km
Trecho Especial (Cronometrado) – 309 km

7ª etapa – Segunda-feira (14/1)
San Juan de Marcona/San Juan de Marcona
Quilometragem total – 387 km
Trecho especial (cronometrado) – 323 km

8ª etapa – Terça-feira (15/1)
San Juan de Marcona/Pisco
Quilometragem total – 575 km
Trecho especial (cronometrado) – 360 km

9ª etapa – Quarta-feira (16/1)
Pisco/Pisco
Quilometragem total – 409 km
Trecho especial (cronometrado) – 313 km

10ª etapa – Quinta-feira (17/1)
Pisco/Lima
Quilometragem total – 359 km
Trecho especial (cronometrado) -112 km

TOTAL DA PROVA: 5.600 km
TOTAL DE ESPECIAIS: 3.096 km