Contagem regressiva para as etapas do Mundial de Motocross nos EUA

usa_mxgp
Estados Unidos vai receber duas etapas seguidas do Mundial MX – Crédito: Youthstream

 

O Mundial de Motocross 2016 entra na reta final. Dentro de oito semanas, os melhores pilotos do mundo embarcam para os Estados Unidos para disputarem as duas etapas americanas que finalizam o campeonato. E a junção de pilotos do AMA com do Mundial, arrepiam os pelos do braço com toda esta antecedência.

A primeira parada será no Charlotte Motor Speedway, famosa pista de corrida para carros localizada na cidade de Concord, na Carolina do Norte, nos dias 2 e 3 de setembro. O circuito foi projetado recentemente no campo interno de estádio.

Na semana seguinte, 10 e 11 de setembro, os pilotos seguem para Glen Helen, no estado da Califórnia, considerada uma das pistas de motocross mais famosas do mundo.

Vários pilotos americanos já confirmaram presença. Eli Tomac, Cooper Webb, Justin Barcia, Joey Savatgy, Austin Forkner, Adam Cianciarulo, entre outros. Sem dúvida, os fãs estarão animados em ver alguns caras do AMA disputando com os melhores do Mundial.


Tomac, que atualmente é considerado um dos pilotos americanos mais rápidos, estará no gate em Charlotte e Glen Helen. O piloto provavelmente fará parte do time americano no Motocross das Nações, ou seja, qualquer vantagem que ele consiga sobre os pilotos da França, Bélgica, Itália e outros, será importante para sua preparação.

– Estou animado para acrescentar mais essas duas corridas que estão chegando nos EUA no meu calendário 2016 – comentou Tomac.

O que torna tudo ainda mais interessante é o fato que de o circuito em Charlotte está sendo feito especialmente para a etapa. Sendo assim, nenhum piloto terá vantagem. Não é difícil ficar animado pensando em uma disputa na MXGP com Tim Gajser e Eli Tomac, certo?