Conheça os campeões brasileiros de motocross 2015 nas categorias MXF, MX4, 65cc e 50cc

Yamaha
stefanyserrao_
Stefany Serrão comemora com a equipe seu bicampeonato – Crédito: Arquivo Pessoal

 

O Brasileiro de Motocross 2015 das categorias MXF, MX4, 65cc e 50cc terminou neste domingo, 6, em Morrinhos, Goiás. O campeonato aconteceu em três rodadas, sendo todas realizadas em paralelo a etapas dos campeonatos estaduais: uma no Rio Grande do Sul, outra no Paraná e a terceira e última em Goiás.

Os campeões brasileiros de motocross de 2015 são: Stefany Serrão na MXF, Milton “Chumbinho” Becker na MX4, Carlos Eduardo Baltazar na 65cc e Rafael Becker na 50cc. Stefany é bicampeã, pois ganhou a categoria em 2014 também. Chumbinho chegou a seu quinto título consecutivo de MX4. Já Carlos Eduardo e Rafinha conquistaram seus primeiros títulos nacionais na carreira.

“Larguei na ponta e venci e com isso o bi campeonato! Três corridas, três largadas em primeiro, três vitórias! Estou muito muito feliz pq o caminho até aqui é trilhado com muito suor, sacrifício, vontade e humildade, a rotina é desgastante, mas, olhar pra trás e ver q valeu a pena é sensacional e só me reabastece com mais vontade, eu não teria chegado até aqui sem Deus, sem meu pai, minha mãe, minha irmã, minha equipe, treinador, amigas, meus companheiros de equipe e a todos vcs q torcem por mim, MUITO OBRIGADA”, escreveu Stefany em seu perfil de Instagram após a conquista.

Rafael Becker, 8 anos, foi recebido com festa na pequena cidade catarinense de Itapiranga, onde ele e seu primo também campeão, Chumbinho, nasceram. O garotinho ganhou até desfile no caminhão do Corpo de Bombeiros para comemorar a conquista.

– Ele (Rafinha) estava muito bem, fez uma corrida cautelosa, pensando no campeonato. Não podia cair nem quebrar a moto. Podia ficar até em sétimo. Largou com cuidado, depois ficou cuidando as bandeiras para não ser penalizado, e terminou a bateria em segundo e com o título na mão – contou o pai de Rafinha, Carlito Becker.

 

rafaelbecker_bombeiro_jefersonmuller_forcadooeste
Rafael Becker desfilou no caminhão de bombeiros – Crédito: Jeferson Müller / Portal Força do Oeste

 

 

Chumbinho chega a 23 títulos nacionais

chumbinho_mauhaas-1
Chumbo neles! – Crédito: Mau Haas / BRMX

 

O catarinense Milton “Chumbinho” Becker é mesmo uma lenda viva do motocross brasileiro. Aos 48 anos, ele segue se dedicando integralmente ao motocross e conquistando troféus. Neste domingo, Chumbo chegou a marca de 23 títulos em campeonatos nacionais (veja abaixo a listagem completa) ao ganhar a terceira corrida do campeonato em que teve 100% de aproveitamento.

– Consegui vencer todas as provas da temporada, não poderia estar mais feliz. Trabalhei bastante ao longo do ano para garantir o caneco para a Pro Tork Racing Team, espero continuar dando muitas alegrias para ela – disse o piloto, que sempre comemora cada título como se fosse o primeiro.

– Lembro que a única vez que eu tinha vencido um Brasileiro invicto tinha sido em 1995, na categoria 125cc dois-tempos. Naquele ano, ganhei todas as baterias do campeonato – recorda Chumbinho.

 

:: Os 23 títulos nacionais de Chumbinho

Brasileiro de Motocross​
125cc 2T – 1995 e 2003
250cc 2T – 1992, 2000 e 2001
MX3 – 2004, 2005, 2006, 2007, 2008, 2012, 2013
MX4 – 2011, 2012, 2013, 2014, 2015

Brasileiro de Supercross
250cc 2T – 1996, 1997 e 1998

​Brasileiro de Ultracross
250cc 2T – 1997

​Superliga Brasil de Motocross
MX3 – 2011
MX4 – 2015

 

Resultados da última etapa

MX4
1. Milton “Chumbinho” Becker – campeão brasileiro
2. Erivelto Nicoladelli
3. João Batista Filho
4. Marcelo Barella
5. Jônatas Caixeta

MXF
1. Stefany Serrão – campeã brasileira
2. Bárbara Fernandes
3. Beatriz Gomes
4. Raíssa Carvalho
5. Ana Lucia Vizioni

65cc
1. Marcelo Leodorico
2. José Antonio Filho
3. Carlos Eduardo Baltazar – campeão brasileiro
4. Gabriel Andrigo
5. Henrique Henicka

50cc
1. Garmichael Giehl
2. Rafael Becker – campeão brasileiro
3. Gregory Mota
4. Gustavo Hatleben
5. Felipe Marques

Yamaha