Conheça a Bike Fit que pode ajudar a prevenir lesões e melhorar desempenho

 

Coluna da fisioterapeuta, Roberta Bueno, especialista em Fisioterapia Esportiva (Recovery, registrada no Crefito 45972) e também mãe do piloto Pepê Bueno. Com vasta experiência no trabalho de recuperação seja de pilotos profissionais ou amadores e entende que as lesões fazem parte da vida de quem pratica esportes. Abaixo, Roberta traz uma novidade muito legal de outra profissão, confira!

* texto: Roberta Bueno
Instagram: @robbuenoo
WhatsApp: 41 9907-0302

 

Bike fit é uma técnica que começou a ser difundida no Brasil no início desta década e consiste em ajustar a motocicleta para o piloto, considerando suas medidas, capacidades e demandas, em poucas palavras seria deixar a moto só para você. O personal de Bike fit nada mais é do que um profissional que vai te ajudar a montar uma motocicleta adaptada pra você. É um trabalho minucioso, repleto de detalhes, porém, de grande valia.

Assim como no Brasil, este trabalho também é novato na Europa e nos Estados Unidos, porém, os pilotos têm investido nestes profissionais, o que tem somado consideravelmente na evolução do esporte e na pilotagem dos mesmos. Considerando ainda que eles conhecem o que há de melhor no mercado em relação as pistas, motos, preparações, equipamentos e segurança.

Esta profissão iniciou com as bikes, se estendeu para a motovelocidade e diante do resultado satisfatório também entrou no mundo do motocross, enduro, supermoto e outras modalidades visando preservar a integridade física e melhor desempenho do atleta.

A título de curiosidade, atualmente na Europa é investido em torno de 400 euros (+- 2.500 reais) para ter um profissional deste por algumas horas ou até alguns dias à sua disposição, já nos EUA o investimento sairia em torno de 500 dólares (+- 2.600 reais).

Particularmente no Brasil, só conheço um profissional que desenvolve este tipo trabalho, eu diria o pioneiro por aqui – Nilzo Maguila. Ele está sempre atualizado, com uma vasta experiência nacional e internacional no motocross, investindo constantemente na sua carreira internacional e também por já ter presenciado a execução do seu trabalho, posso afirmar que vale a pena o investimento. Não tenho como mensurar valores, pois, depende de uma avaliação, pois cada caso é um caso. Mas interessados podem entrar em contato diretamente com ele – Acesse o instagram @maguilamx

Só fica a dica que pilotos profissionais de alto rendimento também investem nestes profissionais, eles não são exclusivos de profissionais amadores. Se você tem dúvidas sobre o que realmente faz diferença na sua segurança, na sua pilotagem e na prevenção de lesões, vale a pena você pesquisar mais sobre o assunto.

Acho necessário relatar sobre estes profissionais porque muitos atletas nem imaginam que existe um profissional capacitado para isso, mas que fazem total diferença em relação à prevenção de lesões, melhor desempenho e segurança, principalmente se tratando de crianças.

Não são poucos os casos e a cada dia se torna mais comum lesões por falta de instrução.
Costumo dizer aos meus atletas que o custo do cuidado é sempre menor que o custo do reparo. A maior e melhor ferramenta de trabalho do atleta é o corpo, ele também merece investimentos e cuidados apropriados para possíveis evoluções. Investir em performance e recuperação é primordial para o sucesso com segurança.