Marc Coma vence terceira etapa e mantém liderança no Rally dos Sertões 2014

Coma vence terceira
Marc Coma – Foto: KTM images

 

Terceira etapa (26/8)
Catalão, Goiás / Paracatu, Minas Gerais
Deslocamento inicial: 22,20 km
Trecho especial: 209,86 km
Deslocamento final: 128,39 km
Total do dia: 360,45 km

Uma terceira especial dura e técnica levou os competidores da 22ª edição do Rally dos Sertões a cruzarem a divisa entre Goiás e Minas Gerais, nesta terça-feira, 26. Partindo de Catalão, eles encerraram o dia na cidade mineira de Paracatu, que recebe o Sertões pela primeira vez na história. Foram 360,45 km no total, com a maior especial disputada até agora na edição de 2014 (209,86 km).

Nas motos, o espanhol Marc Coma (KTM Red Bull Factory Team) voltou a vencer. O líder do Mundial de Rally Cross Country e campeão do Sertões em 2010 fechou a especial com o tempo de 2h36min10s. Em segundo lugar, ficou o brasileiro Jean Azevedo (Honda Mobil de Rally), seguido pelo português Paulo Gonçalves (Team Honda HRC).

No geral, Coma – que também venceu a 1ª etapa – lidera com 5h18min37s, 3min19s de vantagem para Gonçalves e 3min34s para Azevedo. Uma briga de gigantes. Trinta e seis motos continuam na disputa do rali.

– Foi um dia um pouco maior, difícil, onde fui tentando tirar o máximo para recuperar tempo. Foi uma boa etapa, mas sempre difícil encontrar um ritmo adequado – destacou Coma.

Para o experiente Jean Azevedo, que disputa seu 19º Sertões, foi um dia com a cara do rali.

– Foi um dia mais longo, com características parecidas com as de ontem, com menos lombas, mais curvas e trechos travados. Foi um dia de Sertões, bem gostoso de andar. Com o segundo lugar de hoje dá para manter a disputa no rali – acredita o pentacampeão da prova.

– Hoje foi uma especial bem legal. Eu saí na frente e sabia que dificilmente iria ganhar tempo. Amanhã vai ser um dia ainda maior e eu espero recuperar o tempo que eu perdi hoje abrindo a especial – declarou Gonçalves, atual campeão do Sertões.

Quarta Etapa (27/8)
Paracatu, Minas Gerais / São Francisco, Minas Gerais
Nesta quarta-feira, 27, os competidores seguem para São Francisco, também no estado de Minas Gerais. Serão 585,30 km no total do quarto dia do rali (135,24 km de deslocamento inicial, 363,85 km de especial e 86,21 km no deslocamento final). A cidade recebe o rali pela primeira vez.

– Mais um dia completo. Após um deslocamento inicial com 80 km de terra, a especial começa com estradas menores com muitas deps, erosões e pedras com muitas fazendas. Começam então as areias que lembram muito a região do Jalapão. Passaremos pela ‘Vereda da égua’ que inspirou Guimarães Rosa no ‘Grande Sertão: Veredas’. A prova segue por estradas mais rápidas alternando piso duro, cascalho, areia. Teremos umas três travessias de rios e dois pontos de abastecimento. Nesta etapa, a especial para os caminhões será reduzida. No último trecho, a prova fica mais rápida e sinuosa, seguindo assim até o final da especial. O deslocamento final é tranquilo seguindo até a travessia da balsa em São Francisco – contou Eduardo Sachs, diretor técnico da prova.

Entre Goiânia e Belo Horizonte, o Sertões vai passar por mais cinco cidades. Três são sede do rali pela primeira vez: a goiana Catalão e as mineiras Paracatu e São Francisco. Completam o percurso, Caldas Novas, Goiás, e Diamantina, Minas Gerais, que já receberam o Sertões em outras edições.

Além de motos, UTVs e quads, o Sertões também tem as disputas das categorias carros e caminhões. São sete etapas até a chegada no dia 30 em Belo Horizonte e mais de 2,6 mil km percorridos. A prova conta com 197 competidores no total e pilotos de seis países, além do Brasil: Chile, Espanha, França, Polônia, Portugal e Reino Unido. Nas categorias motos e quads, o Sertões também é válido pelo Mundial de Rally Cross Country da FIM (Federação Internacional de Motociclismo).

Resutado da terceira etapa (resultado extraoficial)
1. Marc Coma (KTM / KTM Red Bull Factory Team) 02h36min10s
2. Jean Azevedo (Honda / Honda Mobil De Rally) 02h37min28s
3. Paulo Gonçalves (Honda / Team Honda HRC) 02h38min50s
4. Helder Rodrigues (Honda / Team Honda HRC) 02h39min17s
5. Ruben Faria (KTM / KTM Red Bull Factory Team) 02h39min38s

Resultado Acumulado
1. Marc Coma (KTM / KTM Red Bull Factory Team) 05h18min37s
2. Paulo Gonçalves (Honda / Team Honda HRC) 05h21min56s
3. Jean Azevedo (Honda / Honda Mobil De Rally) 05h22min12s
4. Helder Rodrigues (Honda / Team Honda HRC) 05h24min37s
5. Jordi Villadons (KTM / Casteu ELF) 05h26min40s

 

Programação
27/8 – 4ª etapa – Paracatu (MG)/São Francisco (MG)
Deslocamento inicial: 135,24 km
Trecho especial: 363,85 km
Deslocamento final: 86,21 km
Total do dia: 585,30 km

28/8 – 5ª etapa – São Francisco (MG)/Diamantina (MG) – MARATONA
Deslocamento inicial: 223,57 km
Trecho especial: 335,98 km
Deslocamento final: 85,89 km
Total do dia: 645,44 km

29/8 – 6ª etapa – Diamantina (MG)/Diamantina (MG)
Deslocamento inicial: 0 km
Trecho especial: 178,87 km
Deslocamento final: 25,42 km
Total do dia: 204,29 km

30/8 – 7ª etapa – Diamantina (MG)/Belo Horizonte (MG)
Deslocamento inicial: 54,38 km
Trecho especial: 125,88 km
Deslocamento final: 151,96 km
Total do dia: 336,96 km
12h00 às 18h00: Chegada dos competidores
21h00: Cerimônia e Festa de Premiação

*Programação sujeita a alteração