Coma vence quinta etapa do Rally dos Sertões 2014

Coma_Rally_quinta
Marc Coma na quinta etapa – Foto: KTM images

 

28/08 – quinta etapa – São Francisco (MG) / Diamantina (MG) – Maratona
Deslocamento inicial: 223,57 km
Trecho especial: 335,98 km
Deslocamento final: 85,89 km
Total do dia: 645,44 km

A etapa maratona, disputada nesta quinta-feira, 28, entre São Francisco e Diamantina, em Minas Gerais, marcou a quinta etapa da 22ª edição do Rally dos Sertões. Faltando dois dias para o final da disputa, os competidores enfrentaram a maior etapa do rali deste ano, com o total de 645,44 km, sendo 335,98 de especial (trecho cronometrado). O desafio foi ainda maior, já que ao final do dia os competidores não poderão receber auxílio mecânico externo e precisarão usar todo o conhecimento para resolver eventuais problemas sozinhos.

A especial teve diversos tipos de piso, com serra, trechos sinuosos, trechos mais rápidos, lombas e mata-burros. Nas motos, o espanhol Marc Coma (KTM Red Bull Factory Team) venceu sua terceira etapa em cinco disputadas e lidera, agora com sete minutos de vantagem para o português Paulo Gonçalves (Team Honda HRC), que foi o terceiro no dia.

Jean Azevedo chega em segundo e é o melhor brasileiro nas motos
Com Coma e Gonçalves se revezando na primeira colocação, quem também tem mostrado uma grande performance é o brasileiro Jean Azevedo (Honda Mobil de Rally). Um dos pilotos mais experientes e vitoriosos do rali nacional, o paulista está disputando seu 19º Sertões, onde tem cinco títulos. Na etapa maratona, Azevedo terminou em segundo, a 4min33s de Coma. No geral, está em terceiro lugar, 14min10s atrás do espanhol.

Após a etapa de quarta-feira, 27, que também foi muito dura para os competidores, apenas 29 motos largaram rumo a Diamantina e três não chegaram dentro do tempo limite da maratona (7 horas).

Coma gostou da prova e está otimista. O piloto é o atual líder do Mundial de Rally Cross Country da FIM e busca seu segundo título no Sertões.

– Foi a etapa mais completa do rali, com muito trial, muita navegação e tentei manter o bom ritmo. Estou bem contente pelo dia de hoje, foi um grande dia. Para a maratona, a moto chegou bem, vou apenas checar se tudo está bem e torcer para continuar assim – comentou o piloto que fechou a especial em 04h34min55s.

Gonçalves, que já venceu duas especiais este ano, não teve um dia fácil.

– Foi uma especial bem complicada, eu saí abrindo a trilha, fui bem até o reabastecimento. Depois do trial, as coisas complicaram muito, tive bastante dificuldade porque estava escorregando muito. A 30 km do final, eu errei uma referência e perdi mais de dois minutos. Foi uma pena esse finalzinho, pois teria chegado junto com o Marc. Hoje era importante chegar sem grandes estragos na moto, mas amanhã é um dia normal, vou acelerar e depois no fim do dia a gente vê como que fica – disse o atual campeão do Sertões.

Além da categoria FIM 450cc, nas motos também há outras disputas, como a Production Aberta, que tem a liderança acumulada do brasileiro Guilherme Cascaes (Yamaha Geração Rinaldi Rally Team), que ficou em 11º no geral hoje e venceu na sua categoria.

– A especial foi bem dura, com 350 km, com bastante trecho de trial, muita trilha travada o tempo todo. Procurei poupar o equipamento para amanhã, estou satisfeito com o resultado – contou.

Jean_Azevedo_quintaok
Jean Azevedo chegou em segundo na quinta etapa – Foto: Vipcomm

 

Resultados da quinta etapa (extraoficial)
1. Marc Coma (KTM / KTM Red Bull Factory Team) 04h34min55s
2. Jean Azevedo (Honda / Honda Mobil De Rally) 04h39min28s
3. Paulo Goncalves (Honda / Team Honda Hrc) 04h39min51s
4. Helder Rodrigues (Honda / Team Honda Hrc) 04h41min09s
5. Jordi Viladoms (KTM / KTM Red Bull Factory Team) 04h41min04s

Resultados no acumulado
1. Marc Coma (KTM / KTM Red Bull Factory Team) 14h18min50s
2. Paulo Goncalves (Honda / Team Honda Hrc) 14h25min51s
3. Jean Azevedo (Honda / Honda Mobil De Rally) 14h33min00s
4. Helder Rodrigues (Honda / Team Honda Hrc) 14h36min33s
5. Jordi Viladoms (KTM/ KTM Red Bull Factory Team) 14h40min26s

 

Sexta Etapa: Diamantina (MG) / Diamantina (MG)
Nesta sexta-feira (29), os competidores do Rally dos Sertões disputam o penúltimo dia da prova. Será um “laço”, com largada e chegada em Diamantina. Depois de dois dias seguidos muito puxados, a sexta etapa será menor e terá o total de 204,29 km (0 km de deslocamento inicial, 178,87 km de especial e 25,42 km no deslocamento final).

“Como ainda estaremos dentro da ‘Maratona’, a especial começa na saída do parque fechado. Os participantes terão uma zona de radar inicial de 19 km. É, sem dúvida, uma das mais belas e completas especiais. Seguimos por trechos estreitos de uma antiga ferrovia, com muitas pedras, erosões e muita navegação. A prova fica mais rápida com estradas de média velocidade. Teremos nesta etapa duas zonas de radar. A prova segue bem travada subindo uma serra com muitas curvas erosões, pedras, travessia de rios e um visual fantástico. O último quarto da prova é mais rápido em estradas de piçarra e cascalho, predominando estes pisos até o final da especial”, revela Eduardo Sachs, diretor técnico do Rally dos Sertões.

Entre Goiânia e Belo Horizonte, o Sertões vai passar por mais cinco cidades. Três são sede do rali pela primeira vez: a goiana Catalão e as mineiras Paracatu e São Francisco. Completam o percurso, Caldas Novas (GO) e Diamantina (MG), que já receberam o Sertões em outras edições.

Além de motos, UTVs e quads, o Sertões também tem as disputas das categorias carros e caminhões. São sete etapas até a chegada no dia 30 em Belo Horizonte e mais de 2,6 mil km percorridos. A prova conta com 197 competidores no total e pilotos de seis países, além do Brasil: Chile, Espanha, França, Polônia, Portugal e Reino Unido. Nas categorias motos e quads, o Sertões também é válido pelo Mundial de Rally Cross Country da FIM (Federação Internacional de Motociclismo).

 

:: Programação
29/08 – 6ª etapa – Diamantina (MG)/Diamantina (MG)
Deslocamento inicial: 0 km
Trecho especial: 178,87 km
Deslocamento final: 25,42 km
Total do dia: 204,29 km

30/08 – 7ª etapa – Diamantina (MG)/Belo Horizonte (MG)
Deslocamento inicial: 54,38 km
Trecho especial: 125,88 km
Deslocamento final: 151,96 km
Total do dia: 336,96 km
12h00 às 18h00: Chegada dos competidores
21h00: Cerimônia e Festa de Premiação

*Programação sujeita a alteração