Com motor “gringo”, Jetro Salazar será uma das principais novidades na abertura do Brasileiro MX 2014

Yamaha
jetrosalazarescuderiax
Salazar fará seu ano de estreia no Brasil – Foto: Divulgação Escuderia X

 

Em poucos dias, todo o trabalho realizado por pilotos e mecânicos da Escuderia X na pré-temporada será conhecido pelo público durante a abertura do Brasileiro de Motocross 2014. A etapa de estreia será realizada em Três Lagoas, Mato Grosso do Sul, no fim de semana, 12 e 13 de abril.

Jetro Salazar, piloto na classe MX1, realiza nesta quarta-feira, 9, o último treino com sua Honda CRF 450R antes de viajar para o Centro-Oeste brasileiro. Acompanhado por seu mecânico, Juan Luis Torres, Salazar aproveita o último teste para fazer acertos finos em seu equipamento, principalmente em motor e suspensão.

Salazar utilizará nesta temporada um motor preparado por Naveen Dassanayake, especialista em Honda, que já prestou seus serviços a pilotos como Josh Grant, Tommy Hahn e Jake Weimer.

– Naveen fez um trabalho artesanal no motor Honda da moto de Jetro – classifica o mecânico da Escuderia X. – Expliquei a ele como é o terreno das pistas do Brasil e também o tipo de gasolina que utilizamos por aqui – comenta Torres.

Natural do Sri Lanka, Naveen trabalha há anos nos Estados Unidos e preparou todo o conjunto do motor que será utilizado por Salazar, como explica Torres: desde válvulas e cabeçote até a indicação do modelo de escapamento FMF.

– Fizemos todo um trabalho na construção da personalidade da moto – especifica o mecânico. – Demos potência ao conjunto, mas com o foco em auxiliar o piloto a controlar a moto – declara.

Cale Neto, chefe da equipe Escuderia X, ressalta que todo o trabalho leva em consideração a qualidade do conjunto piloto-moto.

– Nesta linha de pensamento, estes dois componentes precisam estar em sintonia. Jetro sabe que terá no gate uma das melhores motos da temporada – justifica Cale Neto. – Estou muito feliz com o trabalho que desenvolvemos na pré-temporada. Tive tempo suficiente para me acostumar com a mudança para a Honda, com a qual me adaptei bem, principalmente pela facilidade em realizar as curvas – comenta Salazar.

Além de Jetro Salazar na MX1, a equipe da X Motos do Brasil conta com Tauan Brenner e Mauriti Junior na MX2, Davis Guimarães competirá na MX3, Léo Almeida na classe Junior e Thaina Fontes na categoria 65cc.

motorjetro
Motor leva a marca da preparação “gringa” – Foto: Divulgação Escuderia X

 

Yamaha