Com etapas válidas pelo Campeonato Brasileiro, Rally dos Sertões tem início neste final de semana

Yamaha

Ponto de partida do maior rally das Américas, a cidade de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul, já está pronta para a 27ª edição do Rally dos Sertões. Com um roteiro dos mais desafiadores da história do rally, serão quase 5 mil quilômetros de percurso, sendo 2.832 de especiais cronometradas, em oito dias de competição, de 25 de agosto a 1º de setembro, quando a prova se encerra em Aquiraz/CE.

Apesar da prova ter início no domingo, as disputas começam já neste sábado, 24/08, com a realização do Prólogo e do Super Prime, que definem a ordem de largada. Nas provas off road é muito importante a posição de largada: quem sai na frente enfrenta menos poeira. A prova começa pra valer no domingo, dia 25, quando os pilotos encaram quase 500 km de percurso, sendo 415 km de especial cronometrada. O 27º Rally dos Sertões tem em 2019 recorde de inscritos – são mais de 300 participantes divididos entre 187 veículos (carros, motos, utvs e quadriciclos).

 

Ricardo Martins – Foto: Claudiney Sandro/DFotos

 

Atual campeão da categoria Super Production no Sertões, Ricardo Martins, da Yamaha Geração Rally Team, já está em Campo Grande e pronto pros desafios desta edição. O capixaba faz a sua 9ª participação na prova, que também terá cinco etapas válidas pelo Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country. O piloto da WR 450F ocupa a 2ª colocação na categoria Super Production e 4ª colocação na classificação Geral.

Ao todo serão 15 motocicletas Yamaha na disputa, de um total de 62 motos. Entre os quadriciclos, todos os seis inscritos na categoria são da marca Yamaha. Dentre os participantes, nomes de peso, como Túlio Malta (WR 450F), Ramon Sacilotti (YZ 450FX) e Jorge Negretti (YZ 450FX). Túlio é o atual campeão do Sertões na Categoria Marathon e este ano disputa a Production Aberta, onde ocupa a segunda colocação no Campeonato Brasileiro, mesma posição que ocupa na classificação Geral. Ramon Sacilotti dispensa apresentações: o sete vezes campeão brasileiro de Rally é um dos mais experientes pilotos do país e essa é a sua 11ª participação no Sertões. E quem também vai encarar os 5000 km desta edição é o multicampeão Jorge Negretti. Depois de colocar seu nome na história do motocross brasileiro e no freestyle Motocross, o piloto já se aventurou no enduro de regularidade e no enduro fim. Agora resolveu encarar a maior prova de Rally das Américas.

 

Expectativas

 

Ricardo Martins #2


Categoria Super Production
Moto WR450F

– A expectativa é muito boa, estou treinando o ano inteiro e fazendo as provas do brasileiro de rally, então estou 100% envolvido e focado no rally. Nos últimos dois meses tivemos uma folga nas competições, então pude focar meus treinos pensando na preparação pro Rally dos Sertões. Graças a Deus os treinos deram tudo certo, não tive nenhuma lesão no meio do caminho e consegui cumprir todo o planejamento, estou me sentindo muito bem treinado e muito bem preparado pra essa edição do Sertões. É o meu 9º Rally dos Sertões, mas eu considero que esta seja uma das provas mais duras, serão cerca de 5 mil kms em oito dias, sendo que nos anos anteriores eram cerca de 3 mil kms em sete dias. Já cheguei também a fazer 5 mil kms de Rally, mas em dez dias de prova. Então acredito que será mais duro que nos últimos anos. Acredito também que o equipamento será fundamental e vai fazer a diferença, principalmente por serem etapas muito longas. Estou muito bem preparado, há vários anos já com a Yamaha, a moto tem se comportado muito bem, tenho muita confiança na motocicleta. Agora é contar com a sorte e com Deus para nos proteger e que dê tudo certo.

 

 

Programação/Roteiro do 27º Rally dos Sertões

 

Campo Grande, Mato Grosso do Sul  a Aquiraz, Ceará 
De 24/08 a 1º/09 

Sábado – 24/08 – Sertões Arena
Prólogo
Super Prime

Domingo – 25/08 – 1ª etapa
Campo Grande – MS/ Costa Rica – MS
DI – 20km / ESP – 415km / DF – 52km / Total: 487km

Segunda-feira – 26/08 – 2ª etapa
Costa Rica – MS/ Barra do Garças – MT
DI – 95km / ESP – 530km / DF – 14km / Total: 639km

Terça-feira – 27/08 – 3ª etapa
Barra do Garças – MT/ São Miguel do Araguaia – GO
DI – 107km / ESP – 420km / DF – 200km / Total: 727km

Quarta-feira – 28/08 – 4ª etapa
São Miguel do Araguaia – GO/ Porto Nacional – TO
DI – 70km / ESP – 277km / DF – 224km / Total: 571km

Quinta-feira – 29/08 – 5ª etapa
Porto Nacional – TO/ São Félix do Tocantins – TO
DI – 135km / ESP – 300km / DF – 0km / Total: 435km

Sexta-feira– 30/08 – 6ª etapa
São Félix do Tocantins – TO/ Bom Jesus – PI
DI – 0km / ESP – 540km / DF – 2km / Total: 542km

Sábado – 31/08 – 7ª etapa
Bom Jesus – PI/ Crateús – CE
DI – 4km / ESP – 320km / DF – 617km / Total: 941km

Domingo – 01/09 – 8ª etapa
Crateús – CE/ Aquiraz – CE
DI – 372km / ESP – 30km / DF – 3km / Total: 405km

Yamaha