Colaboradores recepcionam Carlos Campano na Yamaha Motor do Brasil

Diretores fizeram a entrega do capacete autografado por Valentino Rossi ao pentacampeão brasileiro

 

Carlos Campano, pentacampeão brasileiro de motocross, foi recebido pelos colaboradores da Yamaha Motor do Brasil na quarta-feira, 7, em Guarulhos, São Paulo, na sede da montadora.

O Diretor Presidente da Yamaha Motor do Brasil, Itaru Otani, também recepcionou o atleta e fez a entrega de um capacete autografado por Valentino Rossi para Campano.

– Foi uma surpresa para mim. O plano era almoçar com o Pedro (Pierotti) na Yamaha. Cheguei lá, estavam todos me recepcionando, em cada departamento, comemorando, festejando, foi muito legal. E ainda recebi um presente do nosso diretor, um capacete assinado pelo Valentino Rossi e conheci a fábrica toda, conheci os funcionários, e todos estão muito ligados na competição. Foi muito bonito ver tanta gente envolvida. Fiquei emocionado com tanto apoio e ver que para todos, não apenas para a área de competição, ganhar o pentacampeonato foi tão importante – afirmou Carlos Campano.

A conquista de pentacampeão brasileiro colocou Carlos Campano em um patamar de ícone do motocross brasileiro.

Apenas um piloto, a lenda Pedro Bernardo Raymundo, o Moronguinho, tem mais títulos que o espanhol na principal categoria.

Campano, porém, é o único que ganhou cinco títulos com a mesma marca de motocicleta.

A equipe Yamaha Monster Energy Geração também comemorou em 2018 os títulos nas categorias MX2, com Fabio Santos, e MX2-Junior, com Tallys Nathan, além da conquista da categoria Super Production no Rally dos Sertões.

 

Campano recebe Capacete de Ouro

O espanhol recebeu na noite de quarta-feira, 7, o Capacete de Ouro, prêmio entregue pela Revista Racing, na categoria Motocross.

O evento aconteceu na Arena Racing, no Salão do Automóvel de São Paulo, capital.

– Mais um reconhecimento de um ano vitorioso competindo no Brasil. Fico muito honrado em receber todas estas homenagens e muito feliz por ter feito a escolha de vir ao Brasil em 2011. Gosto muito daqui, gosto das pessoas daqui, e estou realizado na minha carreira como piloto de motocross. Espero que ano que vem possamos conquistar ainda mais – finalizou Campano.