Cine BRMX #2 – O clássico On Any Sunday (legendado)

O filme do diretor Bruce Brown foi lançado em 1971 e concorreu ao Oscar de Melhor Documentário no ano seguinte

 

Cartaz divulgação de On Any Sunday (1971)

 

Se você é fã de moto, seja a modalidade que for, antes mesmo de ter uma, você deveria assistir ao documentário Um domingo sobre moto, traduzindo o título do filme para português. Ainda mais agora, que graças ao espaço que o Mau me deu no site, o documentário está disponível com legendas em português. Só dar play lá no fim da página e assistir!

Mas antes, leia o que tenho a dizer sobre o filme:

Primeiramente, é de suma importância a existência dessa obra para o esporte. Não foi um filme apenas aclamado pelos fãs das motos, ele foi além de agradar um determinado público de um nicho seleto. A obra é admirada por fãs do cinema, assim como eu, que pude analisar e ficar muito feliz ao perceber ao longo de mais de 85 minutos de película, que o documentário foge da narrativa comum dos vídeos de esporte que estamos acostumados a ver no cotidiano de quem acompanha o motocross ou outras modalidades.

A narrativa do filme, com uma voz contando a história que segue a vida de três pilotos, Mert Lawwill, Steve McQueen e Malcom Smith, é interessantíssima neste caso, pois como não ouvimos relatos dos próprios pilotos (acho que por escolha de linguagem mesmo), criamos em nossa mente uma espécie de imaginário sobre eles, colando-os em posição de  heróis de toda a história, e para mim, muitos dos pilotos que encaram esses desafios são verdadeiros heróis mesmo. Isso se confirma quando o narrador, na segunda metade do filme, faz uma pergunta: Que homens sãos esses que tanto se arriscam? – e segue questionando: Por que eles fazem isso? 

O filme segue os três pilotos citados em diversas competições: motocross, motovelocidade, uma espécie de enduro que parece de fato o Six Days que temos até hoje, corridas no deserto e outras atípicas, mas que chamam muita a atenção de quem curte desafios sobre duas rodas. O documentário encanta muito, creio eu, ao público que nasceu nas décadas em que a história se passa, fim dos anos 1960 e anos 1970 – também gerações como a minha, que nasci no início dos anos 1990.  Os trajes e as motos da época dão um ar poético ao filme, fazendo com que hoje, o doc. seja um verdadeiro clássico.

 

Fonte: https://www.brucebrownfilms.com/on-any-sunday

 

Somos levados o tempo todo ao passado, um filme nostálgico, uma obra de arte que conta a história de um esporte que a princípio, não parece ser tão artístico assim. Bruce Brown (o diretor), talvez fez isso sem querer, deixou um registro além das pistas e dos roncos das motos e outras peculiaridades das cenas comuns no esporte. Me encantam dois planos em específico. Uma tartaruga atravessa a pista no deserto, atrapalhando os pilotos, quando um deles sai da moto e coloca o animalzinho para fora do traçado. A outra, um piloto faz uma fogueira no deserto para chamar a atenção do resgate, e o fim é cômico e trágico, com a ajuda da trilha sonora, que é de ótima escolha durante todo o filme. Bom, não são spoilers, mas apenas desejo te deixar mega curioso pra assistir esse documentário, faça isso!

 

Dá play logo!