Chumbinho, Rafinha, Stefany e Andrigo vencem na segunda etapa do Brasileiro de Motocross Amador 2015

chumbinho
Chumbinho está perto de sua 22ª taça nacional – Foto: Mau Haas / BRMX

 

A segunda etapa do Brasileiro de Motocross para as categorias amadoras – MXF, MX4, 65cc e 50cc – foi realizada no fim de semana passado, 25 e 26, em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, Paraná, no Centro de Treinamento Leandro Silva (CTLS).

Na MX4, 28 motos alinharam no gate e Milton “Chumbinho” Becker fez prova de recuperação após largada ruim e cruzou o arco de chegada em primeiro. Richard Berois ficou em segundo e Willian Guimarães em terceiro. Com o resultado, Chumbinho mantém a liderança do campeonato e bota uma mão na sua 22ª taça de campeonatos nacionais, aumentando seu recorde.

– Demorei umas três, quatro voltas, pra chegar no primeiro lugar e depois trabalhei para manter. Fico feliz com a vitória, estava precisando dela, e espero melhorar ainda mais para andar as etapas de MX3 do Brasileiro. É uma pena que este campeonato, destas categorias 50, 50, MX4 e Feminina, não seja junto com o Brasileiro – diz Chumbinho.

Na MXF, Stefany Serrão venceu mais uma. A piloto somou 50 pontos e está na liderança da competição. Stefany tenta o bicampeonato na categoria, já que ano passado venceu a etapa única realizada em Toledo, Paraná, na final do BRMX Pró. Bárbara Fernandes ficou com a segunda colocação e Ana Lucia Carneiro com a terceira posição no fim de semana passado.

– As previsões foram confirmadas e o final de semana teve muita chuva e frio. Fiz uma boa largada na bateria e liderei o tempo todo. Eu me senti muito confortável na moto e consegui ampliar liderança na classificação do campeonato, estou bastante feliz – comemora Stefany.

Rafael Becker venceu na 55cc, seguido por Gustavo Henrique e Vitor Hugo. Com estes resultados, Rafinha repete as performances de Chumbinho e Stefany e mantém os 100%  de aproveitamento na sua categoria.

A 65cc foi a única categoria que teve vencedor diferente da primeira rodada. Gabriel Andrigo subiu no lugar mais alto do pódio. Pedrinho Filho chegou em segundo e Carlos Eduardo Baltazar recebeu a bandeira quadriculada na terceira colocação.

A terceira e última etapa do Brasileiro de Motocross Amador será realizada no dia 6 de setembro, em Morrinhos, Goiás.

 

Resultados da segunda etapa

50cc
1. Rafael Becker
2. Gustavo Hatleben
3. Vitor Borba
4. Ivo “Japa” Konell
5. Guilherme Bresolin

65cc
1. Gabriel Andrigo
2. José Antônio Filho
3. Carlos Eduardo Baltazar
4. Marcelo Leodorico
5. Pedro Chagas

MXF
1. Stefany Serrão
2. Bárbara Fernandes
3. Ana Lucia Vizioni
4. Tatiane Lobchenko
5. Brunna Marcondes

MX4
1. Milton “Chumbinho” Becker
2. Richard Berois
3. Willian Guimarães
4. Erivelto Nicoladelli
5. Vagner Lachi

 

Classificação após duas etapas

50cc
1. Rafael Becker – 50 pontos
2. Gustavo Hatleben – 38 pontos
3. Ivo “Japa” Konell – 38 pontos
4. Bruno Cruz – 31 pontos
5. Gregory Mota – 28 pontos

65cc
1. Gabriel Andrigo – 45 pontos
2. Carlos Eduardo Baltazar – 45 pontos
3. José Antônio Filho – 40 pontos
4. Pedro Chagas – 38 pontos
5. Henrique Henika – 29 pontos

MXF
1. Stefany Serrão – 50 pontos
2. Brunna Marcondes – 36 pontos
3. Bárbara Fernandes – 22 pontos
4. Maiara Basso – 22 pontos
5. Ana Vizioni – 20 pontos

MX4
1. Milton “Chumbinho” Becker – 50 pontos
2. Richard Berois – 44 pontos
3. Willian Guimarães – 36 pontos
4. Erivelto Nicoladelli – 36 pontos
5. Walter Tardin – 35 pontos

 

Etapa do Paranaense MX contou com grandes nomes

jetro_mauhaas-1
Jetro Salazar venceu as duas principais categorias – Foto: Mau Haas / BRMX

 

Paralelo ao Brasileiro de Motocross Amador, aconteceu a terceira etapa do Paranaense de Motocross 2015. Jetro Salazar conquistou o primeiro lugar nas duas categoria principais, MX1 e MX2. Rafael Faria e Pepê Bueno também acrescentaram brilho ao evento, fazendo grandes disputas com Jetro.