Capixabas fazem a festa na etapa de Aracruz, Espírito Santo na 4ª etapa do Brasileiro de Enduro FIM

Yamaha

O capixaba Bruno Crivilin da equipe Honda Racing, venceu mais uma prova do Brasileiro de Enduro FIM, desta vez em sua cidade natal, Aracruz no Espírito Santo, palco da 4ª etapa do calendário neste fim de semana, 8 e 9. O evento foi marcado por grande público, que acompanhou de perto e vibrou com a vitória de Crivilin, atual campeão brasileiro das categorias E1 e Enduro GP, para os mais rápidos do campeonato.

Os pilotos capixabas, aliás, fizeram a festa no 7º Enduro de Aracruz. Na Enduro GP, o atleta de Colatina no Espírito Santo, Patrik Capila, também teve o apoio da torcida e confirmou o 3° lugar, atrás do francês Romain Dumontier, que segue líder da categoria. Os dois pilotos defendem a equipe Yamaha O2BH Racing. Com a vitória na 4ª etapa, Crivilin assume a vice-liderança da Enduro GP, mesmo sem ter participado da prova de abertura por estar lesionado.

 

Bruno Crivilin na 4ª etapa do Brasileiro de Enduro FIM 2019 – Foto: Rogério Leite

 

– Estou mais do que feliz por voltar a correr em casa, para mim é a etapa mais esperada do ano. Correr perto da minha família, dos amigos e da namorada é sempre muito bom, mas ver toda aquela torcida que comparece nas especiais é empolgante, uma energia muito forte, que me ajudou demais a vencer neste final de semana, contou Crivilin, que conquistou a vitória na categoria E1, para motocicletas de até 250 cilindradas.

O francês Romain Dumontier ficou em 2° lugar nos dois dias de prova, além de vencer a categoria E2, na qual também segue na ponta da tabela.

 

Romain Dumontier na 4ª etapa do Brasileiro de Enduro FIM 2019 – Foto: Rogério Leite

 

– Foi um final de semana muito bom para mim. Eu sabia que o Crivilin seria muito rápido correndo em casa, então tentei ficar o mais próximo que pude. Eu melhorei minha pilotagem no domingo e venci cinco dos nove testes cronometrados, mas não foi o suficiente para vencer a Enduro GP. Finalizei em segundo, mas, pensando no campeonato, foi um bom resultado. Venci a minha classe, a E2, e agora é manter o foco para a próxima rodada, comentou.

Quem também tem muitos motivos para comemorar é o capixaba Patrik Capila. Além do terceiro lugar na Enduro GP, o piloto de Colatina, a cerca de 80 quilômetros de Aracruz, ampliou a liderança na classe EJ.

 

Patrik Capila na 4ª etapa do Brasileiro de Enduro FIM 2019 – Foto: Rogério Leite

 

– Mais uma etapa completada, dessa vez correndo em casa, e foi uma prova bem dura. O clima ajudou, não estava muito quente. Consegui imprimir um bom ritmo nos dois dias, andando forte e constante e procurando não cometer erros. Abri mais um pouco a vantagem na liderança do campeonato e agora vamos pensar na próxima etapa, em busca de outros bons resultados na categoria e na Enduro GP, explicou Capila.

A 4ª prova da temporada ainda contou com as vitórias dos seguintes pilotos: Vinicius Calafati (classe E3 – equipe Sacramento Racing), Vitor Borges (categoria E4 Pró – MXF Team), Nielsen Bueno (E35 – Equipe Power Husky), Jomar Grecco (cat. E40 – Equipe Yamaha O2BH Racing), Rodrigo Cavalini (E45 –DNA/Motolitoral), Antônio Celso de Abreu (E50), Hedriel Campo (E4 230) e Juliano Wilgen (EAmador).
A 5ª etapa do Brasileiro de Enduro FIM será realizada nos dias 29 e 30 de junho.

 

Campeonato Kids – A prova de Aracruz somou pontos para o Campeonato Kids, destinado a pilotos até 18 anos. Foi a 2ª etapa do campeonato, que teve sua etapa inicial em Itapema, Santa Catarina. Na categoria Infantil, até 8 anos, o vencedor foi Rian Vassoler. Na categoria Cadete, de 9 a 12 anos, Miguel Margon levou a melhor.

Já na categoria Juvenil, para pilotos de 13 a 15 anos, o destaque foi Jean Zandonadi. Os pilotos da categoria Youth (16 a 18 anos) percorreram todo o trajeto da prova, com três voltas de 43 km por dia. O paulista Leonardo Kauffmann ditou o ritmo e permanece invicto no campeonato.

O Brasileiro de Enduro FIM 2019 é patrocinado por Yamaha, Honda e IMS e tem apoio de MXF, Parts 57, Fotop, Motul, Jeri Adventure Ride, Husqvarna, Power Husky, BMP, Airoh, Tech Ride, Edgers, MR Pro Braces, BMS Racing, KTM Sacramento, Race Tech, Motorex, Sig Visual e Borilli.

Campeonato Brasileiro de Enduro FIM

 

Resultados – 4ª etapa – Aracruz, Espírito Santo

 

Categoria Enduro GP
1º – Bruno Crivilin – 50 pontos
2º – Romain Dumontier – 44 pontos
3º – Patrik Capila – 40 pontos

Categoria E1
1º – Bruno Crivilin – 50 pontos
2º – Júlio César Eliziário – 44 pontos
3º – Loandro Anton – 38 pontos

Categoria E2
1º – Romain Dumontier – 50 pontos
2º – Felipe Legarrea – 40 pontos
3º – Gabriel Soares – 36 pontos

Categoria E3
1º – Vinicius Calafati – 50 pontos
2º – Crispy Arriegada – 42 pontos
3º – Gustavo Pellin – 40 pontos

Categoria EJ
1º – Patrik Capila – 50 pontos
2º – Willian Lauers – 44 pontos
3º – Luiz Felipe Zavarize – 40 pontos

Categoria E4 Pro
1º – Vítor Borges Garcia – 50 pontos
2º – Anderson da Luz – 44 pontos
3º – Patrik Velz – 40 pontos

Categoria E35
1 – Nielsen Bueno – 50 pontos
2 – Oriel Casagrande Neto – 44 pontos
3 – Fabiano Pereira – 36 pontos

Categoria E40
1 – Jomar Grecco – 50 pontos
2 – Macksandre Boldrini – 42 pontos
3 – Cassiano Tebaldi – 42 pontos

Categoria E45
1 – Rodrigo Cavalini – 50 pontos
2 – Frederico Garcia – 44 pontos
3 – Anderson Genelu – 38 pontos

Categoria E50
1 – Antônio Celso de Abreu – 47 pontos
2 – Daniel Reis – 45 pontos
3 – Levi Tesch – 40 pontos

Categoria E4 230 
1 – Hedriel Campo – 50 pontos
2 – Leôncio Krugger – 44 pontos
3 – Flávio Volpi – 38 pontos

Categoria EA
1 – Juliano Wilger – 50 pontos
2 – Zico José Gratieri – 38 pontos
3 – Roberto Theodoro – 37 pontos

Categoria Youth
1 – Leonardo Kauffmann – 50 pontos
2 – Hericke Zamprogno – 40 pontos
3 – Vinicius Aguilar – 40 pontos

 

Classificação do campeonato – Após quatro etapas

 

Categoria Enduro GP
1º – Romain Dumontier – 175 pontos
2º – Bruno Crivilin – 145 pontos
3º – Gustavo Pellin – 126 pontos

Categoria E1
1º – Júlio César Eliziário – 167 pontos
2º – Rômulo Bottrel – 165 pontos
3º – Loandro Anton – 152 pontos

Categoria E2
1º – Romain Dumontier – 197 pontos
2º – Gabriel Soares – 171 pontos
3º – Diego Baesso Colett – 136 pontos

Categoria E3
1º – Gustavo Pellin – 184 pontos
2º – Vinicius Calafati – 178 pontos
3º – Crispy Arriegada – 164 pontos

Categoria EJ
1º – Patrik Capila – 197 pontos
2º – Washington Murillo – 160 pontos
3º – Willian Lauers – 155 pontos

Categoria E4 Pro
1º – Anderson da Luz – 141 pontos
2º – Vítor Borges – 134 pontos
3º – Judi Brescansin – 47 pontos

Categoria E35
1 – Nielsen Bueno – 200 pontos
2 – André Urso – 131 pontos
3 – Tiago Bellaver – 81 pontos

Categoria E40
1 – Cassiano Tebaldi – 174 pontos
2 – Erasmo Klering – 161 pontos
3 – Fernando Mauri Splinder – 140 pontos

Categoria E45
1 – Frederico Garcia – 182 pontos
2 – Maurício Fernandes – 160 pontos
3 – Fábio Bizarria – 157 pontos

Categoria E50
1 – José Antônio Cadima – 163 pontos
2 – Daniel dos Reis – 162 pontos
3 – Washington da Silva – 143 pontos

Categoria E4 230
1 – Flávio Volpi – 177 pontos
2 – Fernando Pereira – 157 pontos
3 – Agenor Varela – 140 pontos

Categoria EA
1 – Juliano Wilgen – 147 pontos
2 – Roberto Theodoro – 99 pontos
3 – Felipe Schwantz – 82 pontos

EFeminina
1 – Bárbara Neves – 50 pontos
2 – Tainá Aguiar – 42 pontos
3 – Beatriz Miozzo – 22 pontos

Categoria Youth
1 – Leonardo Kauffmann – 100 pontos
2 – Vinicius Aguilar – 82 pontos
3 – Bruno Massa – 65 pontos

Categoria Juvenil
1 – Frederico Mediote Rangel – 97 pontos
2 – Danilo Sfalsin – 78 pontos
3 – Bruno Tenutti Daniel – 66 pontos

Categoria Cadete
1 – Estevão Mediote Rangel – 84 pontos
2 – Miguel Margon – 83 pontos
3 – Fernando Almeida – 64 pontos

Categoria Infantil
1 – Theo Ramos – 94 pontos
2 – Pedro Henrique Splinter – 78 pontos
3 – Rian Vassoler – 50 pontos

Yamaha