Bruno Crivilin vence mais uma e coloca mão no título do Red Bull Romaniacs 2017

Bruno Crivilin – Foto: Marcelo Maragni Red Bull

 

Bruno Crivilin manteve bom ritmo e conquistou mais uma vitória nesta sexta-feira, 28, terceiro e penúltimo dia de Red Bull Romaniacs. Assim, manteve a vantagem na liderança da categoria Silver, a segunda mais disputa (atrás da Gold), com 25min sobre o espanhol Alex Hidalgo Garcia.

– Neste terceiro dia larguei com a intenção de fazer uma estratégia mais conservadora e andar junto com o piloto romeno que largou junto comigo e que ocupa a segunda colocação na classificação. Como tinha uma certa vantagem, resolvi andar junto dele. O problema é que o piloto espanhol que largou atrás da gente chegou em nós e andamos por um bom tempo os três juntos – relatou Crivilin.

À medida que as trilhas foram ficando com maior grau de dificuldade, o capixaba começou a abrir vantagem. Na segunda parte do dia, andou sozinho na frente, deixando seus concorrentes pra trás e abrindo a prova.

– Logo depois do meio da prova pegamos uma subida bem longa, onde tivemos que subir fazendo zigue-zague. Neste trecho já consegui abrir um pouco. Nesse momento mudei minha estratégia e aproveitei para atacar mais, abri bem deles e estava andando sozinho na frente, abrindo a prova, passando pelas trilhas inclusive na frente dos pilotos da Gold, andando sozinho pelas montanhas – continuou.

O terceiro dia, que havia sido anunciado pelos organizadores como o mais difícil desta edição, ganhou desafios ainda maiores por causa da chuva que caiu na noite anterior. O alto grau de dificuldade enfrentado pelos pilotos levou os organizadores e cortar o trecho final da prova, depois dos pilotos terem acelerado por mais de cinco horas e meia pelas montanhas romenas.

– Em certa parte da prova cheguei até a cair em um buraco, mas consegui sair sem maiores problemas. Mesmo andando mais forte, procurei andar bem tranquilo e focado. No fim da prova senti muito cansaço e muita fome, já que o dia havia sido muito duro. Acho que os organizadores tomaram a decisão certa em cortar o final da prova – completou o piloto.

Neste sábado, 29, acontece o último dia de competição. Serão mais de 130 quilômetros de trilhas ao redor de Sibiu, culminando com a tradicional subida de montanha em Gusterita, no final da prova. Os pilotos vão enfrentar ganhos e perdas de elevação de mais de 10.000 metros.

 

E a Gold?

Jarvis durante o prólogo – Fotógrafo: Future7Media

 

O britânico Graham Jarvin é o líder da principal categoria, a Gold. Atrás dele aparece o espanhol Mario Roman e o alemão Manuel Lettenbichler.

Jarvis tem 26min de vantagem e é o grande favorito para ficar com o título, principalmente depois que Alfredo Gomez e Jonny Walker, ambos da KTM, se machucaram durante o segundo dia de provas.

 

E os demais brasileiros?

Outros quatro brasileiros disputam a prova: Carlos Augusto Constantino, Maurício Fernandes, Rafael Milan e Thadeu Silva. Veja os resultados deles:

Maurício Fernandes / 17º na Iron
Thadeu Silva / 59º na Bronze
Carlos Augusto Constantino / 189º na Bronze
Rafael Milan / 214º na Bronze