Resultados e vídeos da quarta etapa do AMA Motocross 2015, no Tennessee

110866_Dungey-TennesseeMX2015-Cudby-022_1024
O mais regular segue na frente – Foto: Simon Cudby / KTM

 

O AMA Motocross 2015 teve sua quarta etapa realizada neste sábado, 6, na pista de Muddy Creek, em Blountville, no estado do Tennessee. Depois de passar por Hangtown, Glen Helen e Thunder Valley com vitórias de Eli Tomac na 450, o campeonato teve um “reinício” neste sábado, já que o piloto Geico Honda está fora da temporada por causa da lesão que sofreu na segunda bateria da terceira etapa.

Com isso, Ryan Dungey assumiu a liderança da categoria (ainda na terceira etapa), se tornando o favorito para vencer o campeonato (semelhante a 2012, quando James “Bubba” Stewart ganhou as primeiras quatro baterias e depois se machucou, “deixando” o campeonato para Dungey). E segue assim depois da quarta rodada, já que “The Diesel” foi mais uma vez o melhor da rodada e faturou a vitória “overall”.

Na 250, o equilíbrio entre Marvin Musquin e Jeremy Martin segue. Os pilotos estão agora separados por seis pontos na classificação, tendo cada um vencido quatro das oito baterias disputadas, mas Martin leva vantagem na classicação.

Abaixo o BRMX apresenta tudo o que aconteceu na quarta rodada! A quinta etapa será em High Point, na cidade de Mount Morris, no estado da Pensilvânia, dia 13 de junho.

:: Melhores momentos

 

Resumo das corridas

Dungey vence a primeira bateria

 

O holeshot da primeira bateria em Muddy Creek foi para Justin Barcia, que trouxe seu companheiro de time Phil Nicoletti na cola. Mas Barcia caiu ainda na primeira volta, e Nicoletti liderou as primeiras voltas, até a chegada de Dungey e Jason Anderson. Mais adiante, Nicoletti ainda foi ultrapassado por Roczen, mas conseguiu segurar Baggett.

 

:: Dungey passa Nicoletti

 

:: Resultado da 1ª bateria
1bateria_450_tennessee

 

Roczen vence a segunda bateria da 450

 

O alemão Ken Roczen largou na frente na segunda bateria da 450 e “sumiu” para nunca mais ser alcançado. Ryan Dungey, vencedor da primeira bateria e líder do campeonato, largou mal e precisou trabalhar bastante para se recuperar. Blake Baggett e Cole Seely – em terceiro e segundo, respectivamente – foram os pilotos que mais resistiram a Dungey, mas não aguentaram. Outra grande performance foi de Jason Anderson, que saiu de 22º para terminar em quarto nesta bateria, e terceiro na soma geral da etapa.

 

:: Resultado 2ª bateria 450
2bateria_450_tennessee

 

 

Na soma, Dungey leva a melhor

Com 1-2 nas baterias, o piloto da KTM faturou a etapa pela segunda vez consecutiva nesta temporada e manteve a liderança do campeonato. Ken Roczen reagiu e conseguiu sua primeira vitória em bateria no ano. Jason Anderson repetiu o bom desempenho da primeira etapa e foi ao pódio novamente.

1. Ryan Dungey (1-2)
2. Ken Roczen (3-1)
3. Jason Anderson (2-4)
4. Blake Baggett (5-3)
5. Phil Nicoletti (4-9)
6. Cole Seely (8-5)
7. Broc Tickle (7-7)
8. Justin Barcia (9-6)
9. Weston Peick (6-11)
10. Justin Brayton (11-8)
11. Ryan Sipes (12-10)
12. Fredrik Noren (10-12)
13. Kyle Chisholm (15-13)
14. Wil Hahn (13-16)
15. Matt Lemoine (14-17)
16. Christophe Pourcel (22-14)
17. Kyle Cunningham (14-40)
18. Killy Rusk (29-15)
19. Tony Archer (16-25)
20. Gannon Audette (17-21)

 

:: Classificação do campeonato 450 após quatro etapas
classificao_4etapas_amamx

 

 

250

Musquin ganha a primeira na 250

 

Musquin dominou a primeira bateria. Fez o holeshot e ganhou de ponta a ponta para assumir a liderança da competição, ultrapassando Martin em um ponto. Jeremy Martin largou mal e precisou fazer corrida de recuperação. Teve certa dificuldade para passar Jessy Nelson e Adam Cianciarulo, que acabou caindo e cedendo a posição.

 

:: Martin X Nelson

 

:: Tombo do Cianciarulo

 

:: Resultado da 1ª bateria 250
1bateria_250_tennessee

 

 

Jeremy Martin vence a segunda bateria

 

O jovem Aaron Plessinger largou na frente e liderou sete voltas da segunda bateria. Mas não aguentou a pressão e acabou sucumbindo e terminou a prova em sétimo. Seu companheiro de time, Jeremy Martin, largou no pelotão de frente e depois que assumiu a dianteira, jamais largou. Musquin teve um enrosco com Matt Bisceglia ainda no início da bateria, e teve que fazer uma grande prova para chegar em quarto.

 

:: Resultado 2ª bateria 250
2bateria_250_tennessee

 

Na soma, Martin leva a melhor

Jeremy Martin ganhou a segunda bateria e abriu seis pontos de vantagem de Marvin Musquin no campeonato. Os dois pilotos têm quatro vitórias em oito baterias disputadas. É provável que aquele que errar menos, vençará este campeonato.

1. Jeremy Martin (2-1)
2. Marvin Musquin (1-4)
3. Jessy Nelson (3-2)
4. Adam Cianciarulo (5-3)
5. Joey Savatgy (4-11)
6. Aaron Plessinger (8-7)
7. Chris Alldredge (7-8)
8. RJ Hampshire (11-5)
9. Zach Osborne (9-9)
10. Matt Bisceglia (6-13)
11. Jordon Smith (14-6)
12. Shane McElrath (10-10)
13. Hayden Mellross (15-15)
14. Kyle Peters (12-18)
15. Alex Martin (19-12)
16. Luke Renzland (17-14)
17. Mitchell Oldenburg (13-40)
18. Dakota Alix (18-17)
19. Jace Owen (20-16)
20. Jackson Richardson (16-20)

 

:: Classificação do campeonato 250 após quatro etapas
250_classificao_4etapas_amamx

 

 

Prévias

:: A pista

 

 

Treinos

Dungey é o mais rápido dos treinos da 450

110586_Dungey-ThunderValleyMX2015-Cudby-018_1024
Dungey – Foto: Simon Cudby / KTM

 

O líder do campeonato, Ryan Dungey, foi o mais rápido dos treinos nesta manhã completando a volta em Muddy Creek em 1min51seg108, quase o mesmo tempo de Ken Roczen e Christophe Pourcel, que fizeram o segundo e terceiro melhores tempos, respectivamente.

Vale lembrar que no campeonato americano se classificam direto os 36 pilotos mais rápidos. Os outros quatro saem de uma corrida de repescagem.

 

Confira!
treinos450_tennessee

 

 

Martin domina treinos da 250

jeremy_martin_250_moto_2_thunder_valley_RICE_9965_800x533
Jeremy Martin é o líder da 250 – Foto: Matt Rice

 

Muito equilíbrio também nos treinos da 250. Jeremy Martin fez a melhor volta em 1min52seg068, mas Joey Savagty, Marvin Musquin e Jordon Smith também giraram na casa de 1min52seg.

Vale lembrar que no campeonato americano se classificam direto os 36 pilotos mais rápidos. Os outros quatro saem de uma corrida de repescagem.

 

Confira os tempos!
treinos250_tennessee

 

 

Josh Grant engrossa lista de lesionados

grant_atlanta

O piloto da equipe TwoTwo Motorsports, Josh Grant, também está fora da rodada. Ele sofreu uma lesão no joelho após tombo em Thunder Valley, há uma semana, e vai precisar fazer uma pequena cirurgia. Assim, o time tem apenas Chad Reed na pista neste sábado.

Grant se junta a uma lista que já conta com Eli Tomac (ombros), Trey Canard (braço), Jimmy Albertson (joelho), Josh Hill (clavícula e costelas), Andy Enticknap (pulso), Andrew Short (joelho), Robert Lind (pancada no peito), Jake Weimer (múltiplas lesões) e Dean Wilson (joelho), fora por causa de lesões.

Na 250, a lista de lesionados tem Zach Bell (costas), Justin Bogle (ombro), Tyler Bowers (costas), Martin Davalos (vírus de Epstein-Barr), Darryn Durham (pulso), Justin Hill (concussão em Thunder Valley), Michael Leib (perna), Anthony Rodriguez (várias lesões), Arnaud Tonus (doente), Cooper Webb (tornozelo).

 

:: AO VIVO

Para acompanhar os tempos das corridas e dos treinos, acesse a nossa PÁGINA DE AO VIVO, localizada no menu do site. Os treinos começaram às 10h45 pelo horário de Brasília. As corridas iniciam às 13h e se estendem até as 17h.

A ESPN+ transmite a partir das 15h, ao vivo.