Brasileiros terão premiação exclusiva no Mundial de Super Enduro

superenduroliverpool
Evento será transmitido para diversos países – Foto: Divulgação / Y.Sports

 

Os pilotos brasileiros que vão participar da etapa brasileira do Mundial de Super Enduro ganharam um incentivo a mais. Através de uma parceria com a empresa ASW, fabricante de produtos e equipamentos de segurança para motociclistas, a organização vai oferecer uma premiação em dinheiro nunca antes vista no enduro nacional.

Os pilotos brasileiros devem providenciar licença internacional FIM para participação no evento. Ela deve ser solicitada com antecedência junto à CBM. O vencedor da categoria nacional vai levar R$ 1.500,00, o segundo R$ 1000,00 e o terceiro ganha R$ 500,00.

O evento acontece em Belo Horizonte, no dia 18 de janeiro. Será a primeira vez que o mundial desta modalidade é realizado no Brasil. A etapa contará com duas baterias classificatórias nacionais e 16 atletas em cada. A Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM) já selecionou os 32 atletas que irão participar da competição.

Entre os gringos, os principais nomes são Taddy Blazusiak, David Knight, Jonny Walker, Ivan Cervantes, Alfredo Gomez, Benoit Fortunato e Andreas Lettenbichler.

 

:: Os brasileiros pré-selecionados

1.    Adriano Huguet
2.    Arnaldo Braz (Paulista)
3.    Breno Felner
4.    Felipe Rogério Carlete
5.    Gabriel Badaró
6.    Gianinio Coscarelli
7.    Guilherme Baeta
8.    Gustavo Pellin
9.    Júlio César Zavatti (Bissinho)
10.    Júlio César Ferrera Elizario
11.    Júnior Campeleto
12.    Leandro Anton (Lolo)
13.    Luiz Felipe Rosendo (Lipão)
14.    Marcel Maison
15.    Marco Antônio Pereira
16.    Michel Cechete
17.    Nielsen Bueno
18.    Pierre Thévenet
19.    Ramon Sacilotti
20.    Rigor Rico
21.    Ripi Galileu
22.    Rômulo Bottrel
23.    Ronald Santi
24.    Sandro Hoffmann
25.    Tiago Veloso
26.    Tiago Vermelho (Trial)
27.    Vinícius Calafate
28.    Willian Kauffmann

 

Atrações especiais

Paralelo ao evento os organizadores preparam um show de rock, praça de alimentação, área kids, estandes do segmento e até uma etapa do Campeonato Brasileiro de Trial. Também faz parte a festa oficial numa badalada de BH e que terá a presença garantida dos melhores pilotos do mundo.

Outro fato interessante é que após o evento, os principais pilotos do mundial, ficam no Brasil para ministrar cursos aos pilotos brasileiros. Os campeões Taddy Blazusiak da Polônia e o inglês David Knight, considerados os melhores do mundo na modalidade, estarão repassando conhecimento e técnicas

Além das três corridas alucinantes da categoria principal (Prestige), a programação contempla ainda mais três corridas para as categorias Junior e três para a Nacional.

blazu
Teddy Blazusiak – Foto: Divulgação / Y.Sports

 

Evento terá transmissão de 70 países

O evento no ginásio do Mineirinho será exibido em mais de 70 países. A expectativa é atingir cerca de 250 milhões de telespectadores.  O programa terá 52 minutos de duração, com os melhores momentos da competição, e será exibido uma semana após a realização das corridas. A produção fica a cargo da TV francesa ABC, que é a promotora do evento.

No Brasil, os organizadores da competição negociam a transmissão com as televisões fechadas. Existe também interesse de canais abertos, de acordo com a assessoria de imprensa do evento.

Os ingressos para o evento custam de R$ 80 para arquibancada anel superior, até R$ 450 no Camarote Premium e podem ser adquiridos exclusivamente através do site www.mundialdesuperenduro.com.br. Fãs de todo o Brasil e América Latina já garantiram presença.