Brasileiro de Rally Cross Country: Yamaha IMS Rally Team disputa Rally do Jalapão, abertura da temporada 2020

Túlio Malta, Adrien Metge e Ricardo Martins defendem as cores da Yamaha no Brasileiro de Rally – Foto: Gustavo Epifânio

 

A equipe Yamaha IMS Rally Team faz sua estreia oficial nesta semana, no Rally do Jalapão, abertura do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country 2020. O 6º Rally do Jalapão tem início nesta quinta-feira, 27, e vai até o sábado, 29, tendo como base a Fazenda Santana, em Luiz Eduardo Magalhães, no interior da Bahia.

Serão mais de 1.200 quilômetros em três dias de prova e os pilotos Ricardo Martins, Adrien Metge e Túlio Malta estão preparados para acelerar forte. Serão 474 km no primeiro dia, 424 km no segundo e 333 km no terceiro e último dia de competição, sendo 718 quilômetros de especiais cronometradas.

Das cinco edições da prova, Ricardo Martins venceu três. O catarinense foi o campeão em 2015, 2017 e 2018 e mesmo nas edições que não venceu, esteve entre os primeiros. O “Rei do Jalapão” tem boas lembranças e vive boas expectativas para esta 6ª edição da prova, que será válida pela 1ª, 2ª e 3ª etapas do Campeonato Brasileiro.

Ricardo Martins é tricampeão do Jalapão e larga nesta quinta-feira em busca do tetra – Foto: Gustavo Epifânio

 

Para Adrien Metge, será um novo recomeço nos rallys do Brasil. O francês, que faz sua estreia na Yamaha IMS Rally Team, disputou provas por aqui em 2015 e depois de algumas temporadas no exterior, com cinco participações no Rally Dakar, é um dos favoritos ao título brasileiro. O piloto, que já venceu o Rally dos Sertões na categoria Production, chegou há alguns dias no Brasil e já treinou junto dos companheiros de equipe com suas Yamaha WR450F.

Adrien Metge está de volta ao Brasil, defendendo as cores da Yamaha – Foto: Gustavo Epifânio

 

Fazendo jus à fama dos mineiros, que “trabalham em silêncio e comem pelas beiradas”, Túlio Malta quer mostrar que também é um dos favoritos à conquista de um bom resultado para a equipe. Em 2019, o mineiro foi o vice-campeão da prova, uma posição à frente de seu atual companheiro de equipe, Ricardo Martins, que foi o terceiro. Bem adaptado com a moto e conhecendo bem o terreno, busca a vitória na categoria Production Aberta e mais um pódio – e porque não a vitória – na classificação geral.

Vice-campeão na classificação geral em 2019, Túlio Malta é um dos favoritos no 6º Rally Jalapão – Foto: Gustavo Epifânio

 

As atividades do 6º Rally do Jalapão já começaram nesta quarta-feira, 26, com as vistorias técnicas e briefing de prova. Na quinta, sexta e sábado as disputas são pra valer, em meio ao oeste baiano. Ao todo, cerca de 120 veículos disputam a prova que, por causa das medidas de segurança, não terão presença de público no parque de apoio.

 

6º Rally do Jalapão

26 a 29 de agosto – Fazenda Santana – Luiz Eduardo Magalhães – Bahia

1ª, 2ª e 3ª etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country 2020

 

Programação*

27/08 – Quinta-feira – 474 km

Largada: 6h30

Deslocamento inicial – 86 km

Especial – 300 km

Deslocamento final – 88 km

 

28/08 – Sexta-feira – 424 km

Largada: 6h

Deslocamento inicial – 87 km

Especial – 255 km

Deslocamento final – 82 km

 

29/08 – Sábado – 333 km

Largada: 6h

Deslocamento inicial – 82 km

Especial – 163 km

Deslocamento final – 88 km

TOTAL: 1.231 km (718 de especiais)

*Programação sujeita a alterações

 

Ricardo Martins

Super Production

Moto Yamaha WR450F

 

– As expectativas são boas, estou muito feliz com o crescimento da equipe. A Yamaha vem forte para a temporada com o reforço do Túlio e do Adrien. Estou bem preparado, apesar de que infelizmente essa pandemia estendeu bastante a nossa pré-temporada, muito tempo de treinos sem competições. O Jalapão é uma prova que gosto muito de correr, me traz boas lembranças. Das cinco edições eu venci três e as outras duas fiquei entre os primeiros também. Então é um rally que eu gosto muito, me sinto à vontade. Estou bem feliz, bem preparado, e se Deus quiser vamos começar o campeonato brasileiro com muita velocidade e cabeça no lugar pra não cometer erros também.

 

Adrien Metge

Super Production

Moto Yamaha WR450F

 

– Conheço um pouco o rally no Brasil, mas faz tempo, a última prova foi em 2015, então tenho que me readaptar com a planilha, que é um pouco diferente das planilhas lá de fora, das provas que fiz todo esse tempo. Tenho que me acostumar um pouco com a moto também, já testei e gostei muito, é uma moto muito boa, mas andei pouco com ela. Tenho que acostumar com o terreno também, com as especiais, que são um pouco mais travadas que nos rallys lá de fora, como o Dakar, em desertos abertos. Mas estou me sentindo muito bem, o clima da equipe é muito bom, então está tudo certo pra conseguirmos o melhor resultado possível. Vou dar o meu melhor pra tentar buscar a vitória no Rally do Jalapão.

 

Túlio Malta

Production Aberta

Moto Yamaha WR450F

 

– As expectativas para o Rally do Jalapão são as melhores, apesar desse momento que a gente está vivendo. É a primeira prova do ano, depois do calendário ter sido alterado algumas vezes. Mudou um pouco da proposta do Jalapão, onde as especiais serão um pouco diferentes dos últimos anos, um terreno que particularmente gosto muito, com muita areia, que é uma das características da região. Bastante animado com a equipe nova, parceiros e clima extremamente favorável. Estou muito bem preparado e o equipamento está 100% confiável. Vamos à luta pra fazer um ótimo ano e o melhor resultado pra equipe Yamaha IMS Rally Team com minha WR 450F.