Brasileiro de Enduro FIM – Patrocínio/MG recebe a decisão da temporada 2019

Yamaha
Brasileiro de Enduro FIM 2019 promete fortes emoções na última etapa da temporada – Foto: Rogério Leite

 

O Triângulo Mineiro recebe a grande decisão do Brasileiro de Enduro FIM 2019. A sétima e última prova do ano será em Patrocínio, neste final de semana, 14 e 15, com a presença dos principais pilotos e equipes da modalidade, além de feras internacionais, de olho nos troféus da temporada 2019 – incluindo as taças das categorias Kids e EFeminina.  O Desafio Troca Rápida Parts 57 e o Super Prime abrem as disputas nesta sexta-feira (13/9), a partir das 19h, no Espaço Cultural. O acesso é livre ao público.

– O Brasileiro de Enduro FIM 2019, desde o início, promoveu etapas incríveis e com desafios variados, levando em conta a topografia e as características de cada região. Outro ponto em comum em cada prova foi o comprometimento dos organizadores locais. O nosso objetivo com a final em Patrocínio é encerrar o campeonato com chave de ouro. Está tudo pronto e serão dias de disputas emocionantes para definir os campeões da temporada, diz Maurício Brandão, diretor de Enduro FIM na Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM) e responsável pelo evento no Triângulo Mineiro.

Para divulgar a modalidade ao público, além do Super Prime (um duelo entre os pilotos mais rápidos em um circuito fechado), a etapa de Patrocínio terá uma novidade: o Desafio Troca Rápida Parts 57.

– Para ser piloto de Enduro FIM, é fundamental saber fazer a manutenção na sua motocicleta. Por isso, surgiu a ideia do Desafio Troca Rápida Parts 57, no qual os pilotos terão que enfrentar o cronômetro e trocar o pneu da motocicleta no menor tempo possível. Aquele que efetuar a troca mais rápido será o vencedor, explicou Brandão.

Em seguida, às 20h de sexta-feira, será a hora dos pilotos enfrentarem o Super Prime. De dois em dois, os competidores da categoria Enduro GP, direcionada aos mais rápidos do campeonato, entram na pista do Espaço Cultural para batalhas eletrizantes. Os mais bem classificados receberão bônus de tempo na primeira especial da prova.

No fim de semana, o percurso terá 53 quilômetros. Os pilotos irão cumprir três voltas no circuito a cada dia, o qual inclui três especiais cronometradas. O Cross Teste Yamaha será na pista do Espaço Cultural, com 3,5 km e passagem por uma tradicional pista de motocross. O Enduro Teste Husqvarna será na Serra do Gavião, incluindo 100% de trilhas típicas da região, em um single track com cascalho, pedras e 7,5 km. Por fim, o Cross Teste Honda, na Chácara Recanto da Serra, será em um percurso utilizado para provas de cross country e em um trecho de uma pista de motocross. A especial, com 5,7 km de extensão, também servirá de palco para as disputas das categorias Kids.

Além de ser válida pela final do Brasileiro de Enduro, a prova contará pontos para a sexta e a sétima etapas do Mineiro e pela sétima etapa da Copa Cerrado.

As inscrições podem ser feitas pelo site www.brasileirodeenduro.esp.br até a sexta-feira ou diretamente no Motoclube do Cerrado.

O Brasileiro de Enduro 2019 chega a Patrocínio sem nenhum título confirmado. Considerando os descartes previstos no regulamento, todas as categorias ainda estão em aberto. Vale lembrar que o regulamento inclui uma cláusula que não permite o descarte da última etapa sem que o piloto esteja presente.

Alguns estão em situação bem confortável e praticamente com a mão na taça, como é o caso dos pilotos Romain Dumontier (categoria E2 / equipe Yamaha O2BH Racing), Patrik Capila (EJ / equipe Yamaha O2BH Racing), Nielsen Bueno (E35 / Power Husky), Juliano Wilgen (EA), Bárbara Neves (EFeminina / Honda Racing) e Léo Kauffmann (Kids Youth). Nas demais categorias, tudo indica que a briga será até a última especial do domingo, para que os pilotos possam soltar o grito de campeão.

A Enduro GP é uma das que prometem disputas de tirar o fôlego. O francês Romain Dumontier é o líder, seguido pelo capixaba Bruno Crivilin (Honda Racing).

– Estou muito feliz em ter a oportunidade de correr no Brasil, gostei bastante da temporada e da experiência de conhecer o país e novas culturas. Foram corridas muito boas, mas também de adaptação, e a medida que eu fui me acostumando com o terreno e com os pilotos daqui os resultados foram melhorando. O meu objetivo é fazer uma corrida consistente e fechar o campeonato com vitórias, vou lutar pelo título, afirma Dumontier.

Atual campeão da Enduro GP, Crivilin também promete empenho máximo.

– A expectativa para a final é ótima, venho me dedicando muito desde o início da temporada. A equipe Honda Racing ofereceu tudo que eu precisei nesse primeiro ano trabalhando juntos. A vinda do Romain Dumontier foi boa para todos, ele é um piloto campeão mundial, com muita bagagem, e nós temos feito belas disputas no campeonato. Estou feliz em estar andando em um nível forte e vou fazer de tudo para deixar esse título no Brasil. O capixaba ainda está de olho no segundo título consecutivo da categoria E1, na qual precisará desbancar o atual líder Júlio Ferreira (Edgers Racing).

Campeonato Kids e Feminino – A prova de Patrocínio também será decisiva para os pilotos das categorias Kids e EFeminina. Implementadas em 2019, as categorias Kids contam com quatro divisões: Infantil (até oito anos), Cadete (de 9 a 12 anos), Juvenil (de 13 a 15 anos) e Youth (de 16 a 18 anos).

O Brasileiro de Enduro FIM 2019 é patrocinado por Yamaha, Honda e IMS e tem apoio de MXF, Parts 57, Fotop, Motul, Jeri Adventure Ride, Husqvarna, Power Husky, BMP, Airoh, Tech Ride, Edgers, MR Pro Braces, BMS Racing, KTM Sacramento, Race Tech, Motorex, Sig Visual e Borilli.

 

 

Campeonato Brasileiro de Enduro FIM 2019 – 7ª etapa final

 

Local: Patrocínio Minas Gerais

Sexta-feira – 13/9

16 às 18h – Secretaria de Prova – Cafeteria Dulcerrado

17h – Briefing da Prova – Cafeteria Dulcerrado

19h – Desafio Troca Rápida PARTS 57 – Espaço Cultural

20h – Super Prime – Espaço Cultural

 

Sábado – 14/9

7h às 9h50 – Vistoria técnica e condução das motos ao Parque Fechado – Espaço Cultural

10h – Largada dos dois primeiros pilotos – Espaço Cultural

16h30 – Pré-Finish no Paddock – Espaço Cultural

16h50 – Parque Fechado – Espaço Cultural

20h – Divulgação dos resultados oficiais do dia – Restaurante Espeto de Ouro

 

Domingo – 15/9

7h às 8h30 – Vistoria técnica e condução das motos ao Parque Fechado – Espaço Cultural (Copa Cerrado)

7h30 – Café da manhã – Estande da Use Motos/Yamaha – Espaço Cultural

8h – Largada dos primeiros pilotos – Espaço Cultural

8h30 – Previsão de largada dos primeiros pilotos da Copa Cerrado – Espaço Cultural

14h – Parque Fechado – Espaço Cultural

20h – Divulgação dos resultados e Premiação do Campeonato Brasileiro de Enduro 2019 – Restaurante Espeto de Ouro

* Os horários estão sujeitos a alterações.  

 

Classificação do  Brasileiro após seis provas (12 etapas)

 

Categoria Enduro GP 

1º – Romain Dumontier – 266 pontos
2º – Bruno Crivilin – 242 pontos
3º – Júlio Ferreira – 189 pontos

Categoria E1

1º – Júlio Ferreira – 255 pontos
2º – Bruno Crivilin – 250 pontos
3º – Rômulo Bottrel – 243 pontos

Categoria E2

1º – Romain Dumontier – 297 pontos
2º – Gabriel Soares – 231 pontos
3º – Felipe Legarrea – 214 pontos

Categoria E3

1º – Gustavo Pellin – 269 pontos
2º – Vinicius Calafati – 265 pontos
3º – Crispy Arriegada – 258 pontos

Categoria EJ

1º – Patrik Capila – 297 pontos
2º – Willian Lauers – 243 pontos
3º – Washington Murillo – 200 pontos

Categoria E4 Pro

1º – Anderson da Luz – 232 pontos
2º – Vítor Borges Garcia – 225 pontos
3º – Judi Brescansin – 84 pontos

Categoria E35

1 – Nielsen Bueno – 250 pontos
2 – André Urso – 171 pontos
3 – Tiago Bellaver – 153 pontos

Categoria E40
1 – Cassiano Tebaldi – 269 pontos
2 – Erasmo Klering – 243 pontos
3 – Fernando Mauri Splinder – 204 pontos

Categoria E45
1 – Fábio Bizarria – 239 pontos
2 – Frederico Garcia – 232 pontos
3 – Maurício Fernandes – 230 pontos

Categoria E50
1 – Daniel dos Reis – 256 pontos
2 – José Antônio Cadima – 237 pontos
3 – Washington da Silva – 219 pontos

Categoria E4 230
1 – Flávio Volpi – 271 pontos
2 – Fernando Pereira – 251 pontos
3 – Agenor Varela – 218 pontos

Categoria EA
1 – Juliano Wilgen – 232 pontos
2 – Roberto Theodoro – 169 pontos
3 – Jonas Sawan – 98 pontos

EFeminina
1 – Bárbara Neves – 100 pontos
2 – Karla Kyomura – 42 pontos
3 – Valeika Carminati – 42 pontos

Categoria Youth
1 – Leonardo Kauffmann – 100 pontos
2 – Vinicius Aguilar – 82 pontos
3 – Bruno Massa – 65 pontos

Categoria Juvenil
1 – Frederico Mediote Rangel – 97 pontos
2 – Danilo Sfalsin – 78 pontos
3 – Bruno Tenutti Daniel – 66 pontos

Categoria Cadete
1 – Estevão Mediote Rangel – 84 pontos
2 – Miguel Margon – 83 pontos
3 – Fernando Almeida – 64 pontos

Categoria Infantil
1 – Theo Ramos – 94 pontos
2 – Pedro Henrique Splinter – 78 pontos
3 – Rian Vassoler – 50 pontos

Yamaha