Barreda mantém liderança e Jean Azevedo está fora

6878_dak14_stage4_barreda_165_d
Joan Barreda na liderança – Foto: Honda HRC Divulgação

 

Atenção e muita cautela entre os pilotos das motos no Dakar 2014, que finalizaram nesta quarta-feira, 8, a segunda parte da etapa maratona, na qual os competidores não podem ter assistência das equipes na manutenção dos equipamentos. O espanhol Joan Barreda manteve a liderança no acumulado da categoria ao completar o trecho cronometrado do dia, de San Juan a Chilecito, na Argentina, na sexta posição.

Agora, o piloto Honda possui pouco mais de três minutos de vantagem para o segundo colocado, Marc Coma (KTM), que acabou em terceiro. A vitória na especial de 352 quilômetros ficou com o também competidor da Espanha, Juan Pedrero Garcia, que chegou 29 segundos na frente do chileno Chaleco Lopez.

Já o brasileiro Dário Júlio precisou se superar para finalizar a quarta especial. Para ele, foi a mais complicada até agora do Dakar.

– Sem dúvida. Foi a etapa mais difícil. Nem sei como consegui terminar. Errei em uma parte e percorri 12 km a mais. Além disso, caí em um atoleiro, o que fez do meu dia ainda mais tumultuado. O espírito do Dakar é esse, um desafio que exige habilidade e muita cabeça para enfrentar qualquer adversidade – afirma o estreante na prova. O grande esforço do mineiro de Lavras valeu à pena. Ele finalizou o dia em 22º lugar e segue na 17ª colocação do acumulado.

Um dos destaques da quarta etapa do Dakar foi o desempenho da espanhola Laia Sanz. A piloto convidada Honda completou o trecho cronometrado na 20ª posição. Ela é a 18ª colocada no geral. Cyril Despres, da Yamaha, teve problemas elétricos na moto nove quilômetros antes do fim da especial, e por isso perdeu muitas posições.

Os participantes da categoria voltaram para estrada nesta quinta-feira, 9. Eles encaram 527 quilômetros de especial e 384 quilômetros de deslocamento. A quinta etapa partirá de Chilecito rumo a Tucumán, na Argentina.

 

Jean Azevedo está fora

jeandakar04_victoreleuterio_08012014040344
Jean Azevedo – Foto: Victor Eleuterio / VIPCOMM

 

O brasileiro Jean Azevedo está fora do Dakar 2014. O piloto da Honda Racing Rally Team não completou o quarto dia devido a um problema com a guia da corrente da moto.

– Infelizmente o regulamento prevê a exclusão da prova quando um piloto não passa por um determinado número Waypoints (pontos de passagens obrigatórios) e de CPs (pontos de controle de passagens onde a cartela de tempo é carimbada). E foi exatamente o que aconteceu. Cumpri menos da metade da especial e, por isso, não poderei continuar. Lamento demais estar fora – diz Jean.

 

:: Resultados da 4ª etapa – Motos
1. Juan Pedrero Garcia #23 (Sherco) 5h29min13s
2. Chaleco Lopez #5 (KTM) +29s
3. Marc Coma #2 (KTM) +3min10s
4. Jeremias Israel Esquerre #38 (Speedbrain) +6min30s
5. Olivier Pain #6 (Yamaha) +7min01s
22. Dário Júlio #37 (Honda) +57min30s

 

:: Acumulado após quatro etapas – Motos
1. Joan Barreda #3 (Honda) 15h39min53s
2. Marc Coma #2 (KTM) +3min10s
3. Chaleco Lopez #5 (KTM) +5min12s
4. Alain Duclos #22 (Sherco) +25min55s
5. Olivier Pain #6 (Yamaha) +29min38s
17. Dário Júlio #37 (Honda) +2h2min39s