Balbi Júnior tenta bicampeonato no Brasileiro de Motocross 2012

Antonio Balbi Junior inicia neste domingo, 8 de abril, sua busca pelo bicampeonato brasileiro de motocross na classe MX1. O mineiro da equipe Pro Tork 2B Kawasaki Racing quer quebrar o jejum que já dura seis anos, desde que João “Marronzinho” Paulino venceu em 2005 e 2006 para a Suzuki.

– Acredito que é possível essa conquista, mas sei que não depende somente de vontade – avalia Balbi, que em 2003 e 2004 foi bicampeão pilotando Honda 250 2T. 

Entre os fatores que devem contribuir para a campanha do bicampeonato, Balbi Júnior cita a manutenção do grupo de pessoas que trabalham com ele, como seu pai Jorge Balbi e o mecânico Max Balbi, seu primo.

– Ando com Kawasaki desde 2010 e a modelo 2012 está muito melhor do que 2011. Além disso, meu mecânico é o mesmo desde 2005 – conta.

Por outro lado, Balbi Júnior comenta que o nível da competição neste ano está mais alto do que nos anos anteriores, com candidatos fortes ao título.

– Acredito que a consistência vai determinar o campeão na temporada. O bicampeonato é algo que busco no momento e que será mais um título que quero acrescentar na minha carreira – conta. 

Na MX2, o jejum por um bicampeão já dura quase 20anos. Gilberto “Nuno” Narezzi, correndo de Honda, venceu os campeonatos de 1992 e 1993. Jean Ramos poderia tentar buscar a marca neste ano na MX2, mas o piloto da Escuderia X Motos optou por correr na MX1 na temporada 2012.