ÁUDIO: Enzo Lopes fala às vésperas da estreia no AMA Motocross 2019

Yamaha
Enzo Lopes nos primeiros dias de treino sem lesão

 

Enzo Lopes voltou a treinar na segunda quinzena de julho após cerca de 100 dias afastado da moto por causa de lesão no Escafoide, osso da mão fraturado no dia 30 de março durante o AMA Supercross 2019.

Neste período, o brasileiro esteve mais recluso, se recuperando e se concentrando na volta. Retornou à base da JGR, na Carolina do Norte, e se prepara para correr as três rodadas finais do AMA Motocross 2019.

Fãs do piloto sugeriram perguntas no Instagram do BRMX, e algumas delas foram selecionadas para o atleta responder. Confira!

 

Sua lesão aconteceu em 30 de março, em abril você ainda fez corridas, mas ficou maio, junho e metade de julho sem andar de moto. Como foi voltar aos treinos?

 

Qual é o nível de dor que você está sentindo em uma escala de 0 a 10? O quanto ainda atrapalha este resquício de lesão?

 

Você sequer cogitou outra alternativa, voltou direto para a JGR na Carolina do Norte. Parece que sua vaga na equipe está garantida, inclusive para 2020. Estou certo?

 

Vimos nos Stories que seu mecânico agora é outro. Explica para a galera porque aconteceu esta mudança, e quem é este novo mecânico. Você gostou da mudança?

 

Como foi voltar ao convívio da equipe? Chad Reed está treinando também. Vocês já estão pensando no Supercross? Já sabe se você vai para o Oeste de novo?

 

Você vai correr as últimas três etapas. Qual a sua meta pessoal nestas corridas?

 

Galera quer saber se teu canal no YouTube vai voltar a ter vídeos em breve?

 

Neste período difícil, pensou em desistir alguma vez? Como faz para superar estes momentos de lesão?

 

Você faz algum acompanhamento psicológico? Como é lidar com toda esta pressão e cobrança?

Yamaha