Anunciado o calendário 2020 do Mundial de Motocross

 

A Youthstream anunciou nesta quarta-feira, 16, o calendário oficial da temporada 2020 do Mundial de Motocross.

Pela primeira vez desde 2012 o campeonato começará na Europa. Será no dia 1º de março, com o GP da Inglaterra, em Matterley Basin.

A segunda parada será no fim de semana seguinte, com o GP da Holanda, no arenoso circuito de Valkenswaard, seguido por Neuquen, que mais uma vez sediará o GP da Argentina.

Posteriormente o campeonato retorna para a Europa, visitando algumas das pistas mais emblemáticas da competição: Pietramurata (GP de Trentino, Itália), St. Jean d’Angely (GP da França), Teutschenthal (GP da Alemanha), Orlyonok (GP da Rússia) e Kegums (GP da Letônia), dentre outros.

Entre as novidades da temporada 2020, estão o retorno do GP da Espanha (em local ainda a ser definido) e do circuito de Maggiora, que volta a sediar o GP da Itália.

Em junho, o campeonato volta a sair da Europa, para os consecutivos GPs na Indonésia, o primeiro inédito, em Jacarta, e o segundo em Parlembang, que estreou na temporada 2019 da competição.

Após os GPs na Indonésia, novo retorno para a Europa, para uma nova “excursão” em circuitos da “velha escola” do campeonato: Loket (GP da República Tcheca), Lommel (GP da Bélgica) e Uddevalla (GP da Suécia).

A 17ª rodada será disputada no novíssimo circuito Kymi Ring em Itti, que recebe o GP da Finlândia. Posteriormente o campeonato visita Turquia e China, GPs 18 e 19 respectivamente.

A grande final do campeonato será o GP de Ímola, na Itália. E para encerrar a temporada 2020 com chave de ouro, Motocross das Nações em Ernée, na França.

Confira a seguir o calendário completo da próxima temporada: