Wil Hahn anuncia aposentadoria aos 26 anos

135108_hahnw-anaheim1sx2016-_4e089

Americano se despede das corridas profissionais em 2016 – Crédito: Racer X

 

Depois de correr nove temporadas profissionalmente, Wil Hahn anunciou que vai se aposentar. O americano fez o anuncio através de uma publicação no Instagram, pouco antes da sua participação no Australian Open Supercross, no fim de semana, 12 e 13, em Sydney, Austrália.

Aos 26 anos, o Hahn passou um tempo com a Star Racing, MDK KTM e Troy Lee Designs antes de se mudar para a GEICO Honda em 2011. Infelizmente, no ano em que mudou de equipe, sofreu uma grave lesão nas costas que lhe atrapalhou até o fim de 2012.

Em 2013, conquistou o campeonato da 250 Leste e subiu de categoria no ano seguinte. Em 2015 e 2016, esteve com a Monster Energy Kawasaki, mas sofreu vários acidentes e fechou as temporadas de 450 com inúmeras lesões, fazendo com que o piloto participasse de apenas 24 corridas desde 2014.

Hahn é conhecido como um dos pilotos mais simpáticos nos bastidores. Em sua publicação, ele citou suas lesões como um dos principais fatores de sua aposentadoria.

– Não sei por onde começar e é difícil dizer. No entanto, o AUS-X Open será minha última corrida como piloto profissional. Sei que 26 anos é pouco para se aposentar, mas é hora de seguir em frente e começar outra coisa. Ainda sou tão apaixonado pelo esporte como era quando tinha quatro anos de idade, mas infelizmente, meu corpo tem sofrido por anos. As lesões tomaram conta… e quando se tem família, você quer ser capaz de jogar bola com seu filho! Minha carreira pode não ter sido a mais bem sucedida ou a mais longa, mas com certeza fiz muitos amigos e fãs que valorizo demais. Cresci em uma cidade pequena e sou muito grato por ter vivido tudo que vivi e conhecido vários lugares graças às corridas. Vivi um sonho graças ao motocross. O próximo capítulo da minha vida será emocionante e terei um novo desafio. Seria impossível agradecer à todos que me ajudaram ao longo dessa carreira, mas sou eternamente grato. Minha família se sacrificou muito para me ajudar a conquistar meu sonho, e eu não chegaria até aqui sem eles. Obrigado a todos que acreditaram em mim – escreveu o Hahn.

O piloto tem planos de voltar para a GEICO Honda para ajudar a equipe com testes nas motos e também para trabalhar com os pilotos amadores.

– Estou orgulhoso em anunciar que após o final da corrida nessa noite, assumirei o papel com a equipe Factory Connection Honda para ajudar em testes e estar junto com a equipe amadora. O futuro é brilhante e mal posso esperar pelo próximo ano! Vejo vocês nas corridas – finalizou o piloto.

 

wilhahn

Em 2015 com a Monster Energy Kawasaki – Crédito: Divulgação