Superliga Brasil de Motocross 2012 chega à metade da temporada com provas em Recife, Pernambuco


Carlos Campano, ao centro, lidera a principal categoria, a MX Pró – Foto: Luiz Pires / Vipcomm

A Superliga Brasil de Motocross retorna ao Nordeste neste fim de semana, 14 e 15 de abril, com expectativa de arquibancadas cheias e intensas disputas na pista do Centro Educacional de Trânsito Honda (CETH) de Recife, Pernambuco, que pela primeira vez recebe o campeonato.

São mais de 150 pilotos distribuídos nas categorias MX Pró, MX2, Júnior, CRF 230 e 65cc, para a disputa da terceira de seis etapas da temporada.

No sábado, as atividades iniciaram às 9h30, com treinos livres e classificatórios.

À tarde, pilotos da 65cc, às 16h35, e da CRF 230, às 17h05, disputam as baterias.

No domingo, o gate cai para os competidores da Júnior, MX2 e MX Pró a partir das 9h10. O BRMX transmite ao vivo em vídeo reproduzido da BRMTV. O canal aberto RedeTV! passa ao vivo a bateria final da MX Pró, marcada para as 13h.

Com 100% de aproveitamento na competição, o líder da MX Pró, Carlos Campano, espera manter a sequência de vitórias.

– Eu e a equipe estamos no caminho certo. O esforço do nosso trabalho tem sido recompensado com o resultado das corridas – comenta o espanhol, que analisa a pista da etapa.

– Creio que será diferente por causa da areia, mas estou preparado para a batalha.

O forte calor de Recife é outra questão levantada pelos pilotos, como revela o ponteiro da categoria Júnior, Gustavo Pessoa.

– Em Salvador corremos e ninguém teve problema. Aqui não será diferente. Temos que nos hidratar a toda hora e dar o máximo na pista.

O jovem de 17 anos Gabriel Montagner, líder da CRF 230 com 43 pontos, espera consolidar a posição na terceira etapa.

– Acabei caindo durante a bateria passada e perdi algumas colocações na corrida. Mesmo assim, permaneci em primeiro no campeonato. Treinei durante a semana em Araraquara (SP) e estou bem mais concentrado para esta etapa – revela.

Na 65cc, quem comanda as ações é o catarinense Arthur Todeschini, com duas vitórias: uma em Indaiatuba, São Paulo, e outra em Salvador, Bahia. O piloto está entusiasmado para alcançar a terceira vitória consecutiva.

– Estou animado com a etapa. Comecei a temporada muito bem e preciso manter a regularidade – completa Thui.

Classificação por categoria

MX Pró
1) Carlos Campano – 100 pontos
2) Adam Chatfield – 86 pontos
3) Leandro Silva – 78 pontos
4) Jorge Balbi  Junior – 70 pontos
5) Wellington Garcia – 64 pontos

MX2
1) Thales Vilardi – 86 pontos
2) Rafael Faria – 80 pontos
3) Eduardo Lima – 80 pontos
4) Hector Assunção – 79 pontos
5) Anderson Amaral – 59 pontos

Júnior
1) Gustavo Pessoa – 47 pontos
2) Fabio dos Santos – 40 pontos
3) Enzo Lopes – 36 pontos
4) Guilherme Castro – 35 pontos
5) Marcos Del Gadilho – 28 pontos

230cc
1) Gabriel Montagner – 43 pontos
2) Rodrigo de Moraes – 40 pontos
3) Júlio Xavier – 34 pontos
4) Marcelo Souza – 34 pontos
5) Ismael Rojas – 33 pontos

65cc
1) Arthur Todeschini – 50 pontos
2) Muguinho Paz – 40 pontos
3) Bruno Zamana – 30 pontos
4) Iuri Naves – 25 pontos
5) Leonardo Feitosa – 23 pontos

* Com informações da assessoria de imprensa do evento