Search

Resumo da rodada: 10 fatos importantes do fim de semana

O grande evento do fim de semana foi a quarta etapa do AMA Motocross realizada na pista de High Point, em Mount Morris, Pensilvânia. Abaixo você vê 10 fatos marcantes sobre a rodada!

 

1 :: Muda o líder

Baggett – Foto: Jeff Kardas / Racer X Online

Pela terceira vez em 5 rodadas, o líder do AMA MX na 450 é um piloto diferente. Agora é Blake Baggett quem lidera, mostrando que achou sua tocada nesta temporada. Baggett ganhou as duas últimas rodadas e agora tem 8 pontos de vantagem sobre Marvin Musquin, que é o vice-líder.

 

 

2 :: Musquin machucou

Musquin – Fotógrafo: Simon Cudby

O francês Marvin Musquin machucou o joelho (minisco) antes da rodada de High Point e teve que competir com cuidado no sábado. Sentindo dores, ele disse que vai tentar salvar pontos nas próximas corridas até se recuperar plenamente.

 

 

3 :: Tomac caiu

Eli Tomac, no qual muitos apostavam que dominaria a temporada do motocross, caiu mais uma vez, na primeira bateria, e desceu para a terceira colocação na tabela de classificação. São 11 pontos atrás de Blake Baggett. Sorte dos seus fãs que ele voltou forte e venceu a segunda bateria (vídeo).

 

 

4 :: Gate danificado

O gate de High Point falhou DUAS vezes nas largadas da 450 colocando em cheque a perfeição das provas nos Estados Unidos. Gate eletrônico, fez barulho e tudo, mas não caiu. Estranho, mas acontece até nos melhores campeonatos do mundo.

 

 

5 :: Surpresa australiana

Dean Ferris – que já tentou fazer temporada completa nos EUA em 2014 e 2015 mas sofreu com lesões – voltou ao país neste fim de semana para correr em High Point. E fez bonito! Largou bem, andou na frente, liderou a primeira bateria, e acabou fazendo 2-14. Agora, ele volta para a Austrália, onde lidera a categoria MX1 do campeonato nacional. Mas deixou no ar que pode voltar para temporada completa dos EUA em 2018.

 

 

6 :: A fera está de volta

Bicampeão da categoria 250, Jeremy Martin, ganhou pela primeira vez uma etapa do AMA MX 2017 neste sábado. Com o resultado, o piloto da GEICO Honda assumiu a vice-liderança do campeonato. São 18 pontos de desvantagem em relação ao líder, que segue sendo Zach Osborne, da Husqvarna.

 

 

7 :: Desempate

Zach Osborne perdeu o topo do pódio neste fim de semana por causa do critério de desempate. Ele somou os mesmo 47 pontos na rodada que Jeremy Martin. Ganhou a primeira bateria e ficou em segundo na segunda. O contrário fez Martin, que por ter feito melhor resultado na bateria final, garantiu a vitória overall (até rimou 🙂 ).

 

 

8 :: Não está pronto

Craig – Foto: HRC

Christian Craig tentou voltar a competir neste fim de semana após parada por causa de lesão na mão. Correu a primeira bateria da 450, mas desistiu da segunda afirmando que “a mão ainda não está curada”.

 

 

9 :: Barcia bateu a cabeça

Barcia – Foto: Suzuki

Todos gostam do estilo dele, e por isso muitos torcem por ele. Mas parece que Justin Barcia não consegue engrenar uma sequência boa. Desta vez o atleta caiu nos treinos e bateu a cabeça, sendo impossibilitado de correr as baterias.

 

 

10 :: Jordan Smith voltou

Smith – Fotógrafo: Simon Cudby

Após longa parada por causa de uma lesão nas costas sofrida durante o Supercross, Jordan Smith tentou competir neste sábado mas caiu nos treinos e torceu o tornozelo. Por isso, decidiu esperar para voltar em definitivo na próxima etapa.

 

 

5ª etapa

A quinta etapa do AMA Motocross acontece no próximo sábado, 24, na pista de Blountville, no Tennessee.