Resultados da segunda etapa do Brasileiro de Motocross 2018 em Rancho Queimado, Santa Catarina

Equipe Honda comemora domínio na segunda etapa do Brasileiro de Motocross 2018 – Foto: Gaspar Nóbrega / Mundo Press

 

A Honda Racing dominou as principais categorias na segunda etapa do Brasileiro de Motocross 2018 aconteceu nos dias 7 e 8 de abril em Rancho Queimado, Santa Catarina. A pista do Motódromo Pedro Coelho, tem terreno argiloso exigindo técnica dos pilotos para transpor as cavas e buracos formados a cada volta.

Jetro Salazar venceu a corrida da Elite, direcionada aos pilotos mais rápidos da competição, seguido pelo companheiro de equipe e líder do campeonato, Hector Assunção e Carlos Campano, da equipe Yamaha, em terceiro.

 

>> Assista aqui as corridas da 2ª etapa do Brasileiro de Motocross 2018

 

O equatoriano largou entre os primeiros e assumiu a liderança logo na segunda volta. Ele disparou na frente e administrou o resultado até o final. A corrida também foi válida como a segunda bateria da MX1 e, com o resultado, Salazar assume a terceira posição da classe para motocicletas de 450 cilindradas.

– O objetivo foi atingido com a vitória na categoria Elite. O pódio ficou ainda melhor com a dobradinha da Honda Racing, já que o Hector Assunção confirmou a segunda colocação. A equipe está muito unida e focada para conquistar os títulos de 2018 – garantiu Salazar.

Na primeira bateria da MX1, o piloto da equipe IMS Racing, Paulo Alberto, venceu seguido de Carlos Campano e Jetro Salazar. Hector Assunção começou na frente, mas sofreu uma queda logo na segunda volta e teve que fazer prova de recuperação, terminando em quinto mantendo a liderança do campeonato.

– O fim de semana não começou muito bem, eu machuquei o dedo nos treinos cronometrados, o que atrapalhou um pouco as corridas. Procurei não desanimar, mesmo depois de ter caído na primeira bateria, e fechamos a etapa com chave de ouro na corrida que reuniu os pilotos da Elite e também valeu pela MX1 – concluiu Assunção.

Gustavo Pessoa dominou a MX2, vencendo as duas baterias da categoria. Com holeshot na primeira bateria venceu a prova de ponta a ponta. Fábio Santos começou assumindo a liderança da prova, mas se complicou com uma queda na pista. A briga pela terceira posição foi acirrada entre Pepê Bueno e Lucas Dunka.

– Estou bastante feliz pelos resultados, quero agradecer a todos pela torcida. O campeonato está no início e tenho muito trabalho pela frente. Espero continuar assim – disse Pessoa.

 

Resultados

 

MX1

 

MX2

 

Elite