Resultados da 2ª etapa da Copa EFX 2017 – Ribeirão Pires

copa efx
Luis Oliveira segue líder do campeonato – Fotógrafo: Mauricio Arruda / PubliX

 

Após um hiato de dois anos, Ribeirão Pires, São Paulo, voltou ao calendário da Copa EFX Brasil neste domingo, 7. Com terreno encharcado, a segunda etapa da temporada 2017 foi uma prova exigente e muito técnica.

As três voltas programadas foram mantidas, mas os trechos cronometrados precisaram ser reduzidos de três para dois, permanecendo um Cross Teste e um Enduro Teste.

As dificuldades climáticas não atrapalharam Luís Oliveira na defesa da liderança da temporada nas categorias Geral e Elite. O português voltou a subir no topo do pódio da Copa EFX Brasil.

– Foi bem diferente da primeira etapa, mas o campeonato é assim. No Enduro Teste era impossível não escorregar, mas isso aconteceu com todo mundo. Eu tentei ser o mais rápido possível ao ultrapassar essas dificuldades. É uma corrida curta, não dá para descuidar, qualquer queda faria diferença – avaliou Oliveira.

Apesar de andar próximo do adversário durante quase toda prova, Rômulo Bottrel cometeu um erro deixando escapar a chance de brigar pela vitória. O mineiro ficou com a segunda colocação da Elite a cerca de 32 segundos do português.

– Foi uma boa prova. Consegui manter uma distância bem pequena do primeiro colocado até a última especial. Nesse último trecho, fiquei preso num lugar e a distância aumentou. Fiquei feliz por ter conseguido ficar bem na disputa pela liderança até o final da prova – avaliou Bottrel.

Repetindo a corrida de abertura do campeonato, Bruno Crivilin completou o pódio da Elite, seguido de Júlio César Ferreira e Vinícius Lopes da Silva.

Veja abaixo todos os resultados. A terceira etapa da Copa EFX Brasil será realizada no dia 4 de junho, em Itatinga, São Paulo.

 

Resultados da 2ª etapa da Copa EFX

Equipes no box – Fotógrafo: Mauricio Arruda / PubliX

Elite

1. Luís Miguel Anjos Oliveira, 0:15:37.78
2. Rômulo Bottrel, 0:16:10.69
3. Bruno Crivilin, 0:16:24.77
4. Júlio César Ferreira Eliziário, 0:16:40.44
5. Vinicius Luis Lopes da Silva, 0:18:04.11

 

Júnior

1. Gabriel Lucas Soares, 0:16:47.87
2. Vinícius Calafati Ribeiro, 0:17:01.64

 

E1

1. Patrik Capila, 0:17:12.82
2. Júlio César Zavatti, 0:17:56.13
3. Victor Camargo Miranda, 0:18:16.11
4. Washington Pereira Silva, 0:18:25.61
5. Rodrigo Matavelli Pagano, 0:19:41.65

 

E2

1. Renan Bueno da Silva Filho, 0:19:25.92
2. Vitor Fischer Valente, 0:19:33.23
3. Nelson Cruciani Neto, 0:20:27.32
4. Felipe Lima, 0:20:39.14

 

E3

1. Rafael Pasqua Silvestre, 0:18:44.73
2. Nicolas Rodriguez Rodriguez, 0:18:45.81
3. Marcio Leandro Spaca Di Paolo, 0:19:07.43
4. Vitor Hugo Lage Souza, 0:19:39.41
5. Flavio Yatsugafu, 0:24:45.62

 

E4

1. Bruno Batista Martins, 0:17:46.62
2. Vitor Martins Menino, 0:19:21.22
3. Fabrício Lasmar Silva, 0:19:41.01
4. Yuri de Menezes Alves Magalhães, 0:20:47.29
5. Luiz Fernando Urtado Martins, 0:21:14.64

 

Over 35

1. Nielsen Bueno, 0:17:35.17
2. Marcos Pereira Betencorte, 0:17:59.93
3. Luciano de Menezes, 0:19:57.29
4. Igor Linhares Machado, 0:20:23.77
5. Icaro Sapiensa, 0:25:54.00

 

Over 45

1. Júlio César Pereira, 0:22:11.92
2. Fabio Bizarria, 0:22:18.46
3. Jonas Colantonio, 0:23:27.27
4. Marcelo Ravagnani, 0:26:04.01
5. Mauricio Rodrigues de Morais, 0:26:13.26

 

Over 50

1. Washington Caipira, 0:21:20.23
2. Jefferson Colantonio, 0:22:06.37
3. Júlio Figueiredo, 0:26:09.26
4. Jesus Rodrigues, 0:26:20.41
5. César Augusto Curi Menconi, 1:03:08.17

 

E5

1. Murilo Silveira Rodrigues, 0:20:26.44
2. Marcos de Ulhoa Canto Gebhardt, 0:20:56.34
3. Caio Zanettin, 0:22:54.61
4. Matheus Bordin, 0:25:43.57
5. Evandro Lopes Amorim, 0:26:15.31

 

E6

1. João Paulo Fornazari, 0:20:58.37
2. Reinaldo Muniz de Almeida, 0:23:45.74
3. Gilmar da Silva Júnior, 0:24:15.97
4. Cristiano Adriano Ferreira, 0:25:34.45
5. Wesley Silva, 0:26:03.55

 

E CRF 230F

1. Yan Bueno Proque, 0:20:37.49
2. Edmilson Júnior, 0:21:23.59
3. Leandro da Silva Oliveria, 0:21:59.90
4. Olacir Pontieri Filho, 0:22:06.48
5. Marcos Adriano Ferreira, 0:22:48.90

 

Feminina

1. Janaína Souza, 0:27:34.16
2. Bárbara Neves Gonzaga, 0:31:29.39
3. Aline Gorgulho, 0:52:13.73
4. Lucianna Timm Tripaseca, 2:50:14.86
5. Cristiane Goya, 2:58:40.00

 

Trilheiros Importada

1. Ricardo Dal Fabbro, 0:23:17.39
2. Luiz Ciocchi Almeida Melo, 0:29:08.59
3. Willian Almeida Jr., 0:29:47.89
4. Alex Sandro de Aguiar, 0:31:00.41
5. Felipe Vilas Bôas Silva Santos, 0:35:17.85

 

Trilheiros Nacional

1. Leo Kauffmann, 0:25:49.94
2. Jônatan Henrique Mazini, 0:27:51.17
3. David Roger Lunardi, 0:29:25.87
4. Marcelo de Oliveira Fernandes, 0:30:22.07
5. Aluizio Donizete de Jesus, 0:31:46.75

 

 

Resultado por equipes

1. Honda Racing Enduro Team, 0:49:06.09
1. Luis Miguel Anjos Oliveira
4. Julio César Ferreira
7. Gabriel Lucas Soares

2. Orange BH KTM Racing, 0:49:48.28
2. Rômulo Bottrel
3. Bruno Crivilin
14. Patrik Capila

3. Sacramento Racing, 0:52:52.92
6. Vinicius Calafati Ribeiro
33. Nielsen Bueno
8. Victor Camargo Miranda

4. Honda Motofield, 0:55:17.28
9. Júlio César Zavatti
34. Marcos Pereira Betencorte
30. Vítor Martins Menino

5. Rinaldi ASW Zanol Team, 0:57:05.37
25. Bruno Batista Martins
5. Vinicius Luis Lopes da Silva
29. Luiz Fernando Urtado Martins