Resultados brasileiros no Loretta Lynn 2015

enzo_mauhaas-3
Enzo começou bem na 250B – Foto: Mau Haas / BRMX

 

O Loretta Lynn 2015 terminou neste sábado, 1º de agosto. Todas as informações e resultados dos brasileiros que participam da competição estão abaixo, detalhados dia a dia.

Os grandes destaques foram Ramyller Alves e Enzo Lopes, que conquistaram resultados expressivos em categorias muito disputadas, se colocando entre os cinco melhores nas provas das classes Schoolboy 2 e 250B, respectivamente. Maiara Basso, Gabe Gutierres e Kevyn de Pinho ambém representaram as cores brasileiras na pista.

Confira abaixo como foi o dia a dia do campeonato de amadores mais famoso do mundo.

 

 

Terça-feira, 28

:: Reveja a transmissão de terça-feira

 

O dia começou com a notícia de que o gaúcho Mateus Basso não poderia competir na categoria 250C, para a qual estava classificado, por ser estrangeiro. Como nos dois últimos anos o título desta classe foi para a mão de “forasteiros”, a organização decidiu limitar a categoria a pilotos norte-americanos. Mateus foi comunicado na quinta-feira, 23, e agora acompanha sua irmã na primeira experiência de Loretta.

O melhor resultado de brasileiro no dia foi de Enzo Lopes. O gaúcho fez o holeshot da categoria 250B/Limited (motos originais) e acabou em segundo depois de bela disputa com Jake Masterpool e Joey Crown.

Destaque também para o desempenho de Ramyller Alves na 250B (a diferença desta categoria para a 250B/Limited é que na 250B as motos podem ser preparadas). O piloto brasileiro chegou a andar em quarto quase toda prova, mas caiu para quinto na última volta. Mesmo sem largar muito bem, conseguiu se manter no TOP 5 desta que é uma das categorias mais concorridas do evento. Enzo também correu nesta, mas largou muito mal (teve azar no sorteio da ordem de escolha do gate e foi apenas o 34º a alinhar) e fez prova de recuperação, chegando em oitavo.

Vale lembrar que cada categoria tem três baterias para serem disputadas ao longo da semana, e o resultado da soma delas dá o título ao melhor do ano.

 

:: Resultados do dia

250B
1. Austin Forkner
2. Chase Sexton
3. Sean Cantrell
5. Ramyller Alves (Brasil)
8. Enzo Lopes (Brasil)

250B Limited
1. Jake Masterpool
2. Enzo Lopes (Brasil)
3. Joey Crown

Woman 14+
1. Gracie Van Horn
2. Jamie Astudillo
3. Annie Wernig
11. Maiara Basso (Brasil)

Supermini 1 (12-15)
1. Lance Kobush
2. Garrett Marchbanks
3. Jalek Swoll
Gabe Gutierres não terminou a bateria (Brasil)

 

 

Quarta-feira, 29

:: Reveja a transmissão de quarta

 

Nesta quarta-feira, Ramyller Alves foi o primeiro brasileiro a entrar na pista, às 11h do horário de Brasília, na categoria Schoolboy 2. Ramy fez o holeshot e liderou os primeiros metros até ser ultrapassado pelo favorito Austin Forkner. Então Ramyller se manteve na segunda colocação e brigou bastante com Sean Cantrell e Jordan Bayle, outros dois grandes nomes que devem aparecer no AMA MX nos próximos anos. Por fim, o brasileiro terminou em quarto lugar, o que pode ser considerado um grande resultado.

Gabe Gutierres correu a Supermini 13-16 às 13h, e terminou na 18ª colocação. Enzo Lopes e Maiara Basso tiveram folga e voltam à pista na quinta-feira, 30.

Na classe 450A, uma espécie de “profissional dentro do amador”, o piloto da Honda, Tristan Charboneau, levou a melhor. Destaque também para o desempenho dos venezuelanos Lorenzo Locurcio, que acabou em quinto, e Martin Castelo, que terminou em 11º.

Na Open Pro Sport, outra categoria “semi-profissional”, o vencedor foi Benny Bloss.

 

:: Resultados do dia

Schoolboy 2
1. Austin Forker
2. Jordan Bayley
3. Sean Cantrell
4. Ramyller Alves (Brasil)

450A
1. Tristan Charboneau
2. Darian Sanayei
3. Bradley Taft
5. Lorenzo Locurcio (Venezuela)
11. Martin Castelo (Venezuela)

Open Pro Sport
1. Benny Bloss
2. Mark Worth
3. Weltin Marshal

Supermini (13-16)
1. Garrett Marchbanks
2. Derek Drake
3. Lance Kobuch
18. Gabe Gutierres (Brasil)

 

 

Quinta-feira, 30

:: Reveja a transmissão desta quinta

 

Nesta quinta, terceiro dia de provas, Gabe Gutierres repetiu seu desempenho na categoria Supermini (12-15) e não conseguiu terminar a bateria. Assim, ele já soma dois DNF (Did Not Finish – não terminou) nesta classe.

Maiara Basso correu sua segunda bateria na Woman 14+, às 11h pelo horário brasileiro, e teve desempenho parecido ao da sua estreia, terminando em 12º lugar. A gaúcha largou mal e conseguiu recuperar algumas posições nas oito voltas de corrida.

Enzo Lopes e Ramyller Alves disputaram a segunda bateria da 250B ao meio-dia, com transmissão aqui no BRMX. Enzo largou mal outra vez, por volta da 20ª colocação, e teve que fazer corrida de recuperação, chegando em oitavo. Ramyller não completou a corrida, tendo abandonado na segunda das dez voltas de prova por causa de uma queda.

Neste dia também descobrimos que há mais um brasileiro disputando o Loretta. Kevyn de Pinho tem cinco anos, é nascido nos EUA, e é filho do mineiro Kleber Magalhães dos Santos, que telefonou para o BRMX direto da pista do Loretta Lynn para informar os resultados de seu pequeno. Esta é a primeira participação de Kevyn na competição. Ele corre na categorias para motos de 50cc e pilotos de 4 a 6 anos. Veja os resultados abaixo!

 

Enzo Lopes se aproxima do título na 250B Limited

enzolopes_loretta15_JamesGingerich
Enzo Lopes – Foto: James Gingerich

 

Enzo também correu às 16h30, na 250B Limited, e nesta categoria conseguiu seu grande resultado. Após largar em quarto e chegou rapidamente na segunda colocação. Tentou atacar o primeiro, Joey Crown, mas não conseguiu se aproximar. O brasileiro ainda tinha a sombra de Jake Masterpool, vencedor da primeira bateria (na terça-feira), mas Masterpool caiu nas voltas finais e abandonou.

Com os resultados, Enzo está na liderança da categoria empatado com Crown. O gaúcho fez 2-2 nas baterias, enquanto o norte-americano fez 3-1. A decisão será sábado, às 11h30 do horário de Brasília. Se Enzo terminar na frente de Crown, será campeão do Loretta Lynn 2015 na categoria 250B Limited. É preciso também prestar atenção em Michael Mosiman, que fez 4-3 nas baterias e pode emparelhar em pontos caso vença a corrida de sábado.

– O título está perto. Vamos dar tudo para dar este título pro Brasil – disse Enzo após a corrida, ainda empolgado com o resultado.

Recuperado da queda, Ramyller voltou à pista às 20h do horário de Brasília para a segunda bateria da Schoolboy 2. Largou por volta da décima colocação e conseguiu boas ultrapassagem até terminar em quinto. Veja os resultados abaixo!

 

:: Resultados do dia

Supermini 1 (12-15)
1. Garrett Marchbanks (posição na primeira bateria: 2º)
2. Derek Dreke (posição na primeira bateria: DNF)
3. Lance Kobush (posição na primeira bateria: 1º)
DNF. Gabe Gutierres (Brasil) (não terminou nenhuma das baterias)

Woman 14+
1. Jordan Jarvis (posição na primeira bateria: DNF)
2. Gracie Van Horn (posição na primeira bateria: 1º)
3. Annie Wernig (posição na primeira bateria: 3º)
12. Maiara Basso (Brasil) (posição na primeira bateria: 11º)

250B
1. Austin Forkner (posição na primeira bateria: 1º)
2. Chase Sexton (posição na primeira bateria: 2º)
3. Sean Cantrell (posição na primeira bateria: 3º)
8. Enzo Lopes (Brasil) – (posição na primeira bateria: 8º)
DNF. Ramyller Alves (Brasil) (posição na primeira bateria: 5º)

250B Limited
1. Joey Crown (posição na primeira bateria: 3º)
2. Enzo Lopes (Brasil) (posição na primeira bateria: 2º)
3. Michael Mosiman (posição na primeira bateria: 4º)

51 (4-6) Special Limited
1. Emile Lacher (posição na primeira bateria: 2º)
2. Mason Raynor (posição na primeira bateria: 1º)
3. Barrett Keiffer (posição na primeira bateria: 8º)
21. Kevyn de Pinho (Brasil) (posição na primeira bateria: 19º)

Schoolboy 2
1. Chase Sexton (posição na primeira bateria: DNF)
2. Austin Forkner (posição na primeira bateria: 1º)
3. Sean Cantrell (posição na primeira bateria: 3º)
5. Ramyller Alves (Brasil) (posição na primeira bateria: 4º)

 

 

Sexta-feira, 31

:: Reveja a transmissão desta sexta

 

Dia de decisão para algumas categorias. Na 250B, com Enzo Lopes e Ramyller Alves na pista, o campeão foi o norte-americano Austin Forkner com 1-1-2 nas baterias. Na final desta sexta-feira, Forkner largou em segundo e fez uma corrida cautelosa para garantir o título. O vencedor da última bateria foi Michael Mosiman, que fez 4-4 nas outras corridas.

 

Enzo Lopes entre os cinco melhores

enzo_loretta15_JamesGingerich
Brasileiro comemora resultado positivo – Foto: James Gingerich

 

O duelo entre os brasileiros Enzo e Ramyller foi muito interessante na bateria desta sexta-feira na 250B, uma das classes mais disputadas do evento. Ramyller largou no Top 10 e Enzo no Top 15. O gaúcho fez uma corrida muito forte e ultrapassou Ramyller, chegando a andar em quarto lugar, mas no fim perdeu terreno e acabou em sexto, uma posição à frente de Ramyller. Na soma das três baterias, Enzo terminou a competição com a quinta colocação (8-8-6 nas baterias) e Ramyller, prejudicado por uma queda na segunda bateria, finalizou em 17º na geral (5-DNF-7).

O fato de estar entre os cinco melhores nesta categoria foi muito comemorado por Enzo e por sua família. O brasileiro superou as expectativas nesta classe, e também pode ser campeão da 250B Limited neste sábado.

Ainda nesta sexta-feira, Gabe Gutierres conquistou o 17º na Super Mini 1 (12-15). Kevyn de Pinho ficou em 22º na 51 (4-6) Special Limited. Maiara Basso conquistou o 14º lugar na bateria final da Woman 14+, finalizando a competição com a 13ª posição na soma das baterias.

Vale um destaque também ao venezuelano Lorenzo Locurcio, que terminou a categoria 250A na terceira colocação. O atleta será um dos representantes de seu país no Motocross das Nações deste ano ao lado de Carlos Badiali, que corre no Brasil, e Anthony Rodrigues, que participa do AMA MX.

 

:: Resultados do dia

250B
1. Michael Mosiman (posições nas outras baterias 4-4)
2. Austin Forkner (posições nas outras baterias 1-1)
3. Chase Sexton (posições nas outras baterias 2-2)
6. Enzo Lopes (posições nas outras baterias 8-8)
7. Ramyller Alves (posições nas outras baterias 5-DNF)

Supermini 1
1. Garrett Marchbanks (posições nas outras baterias 2-1)
2. Lance Kobush (posições nas outras baterias 1-3)
3. Conner Mullennix (posições nas outras baterias 4-4)
17. Gabe Gutierres (posições nas outras baterias DNF-DNF)

Woman 14+
1. Jordan Jarvis (posições nas outras baterias 20-1)
2. Gracie Van Horn (posições nas outras baterias 1-2)
3. Danielle Foot (posições nas outras baterias 4-5)
14. Maiara Basso (posições nas outras baterias 11-12)

 

 

Sábado, 1º de agosto

 

Não deu para Enzo Lopes. O piloto brasileiro largou na frente mas caiu ainda na primeira volta e abandonou a corrida, perdendo a chance de ganhar o título da categoria 250B Limited. A queda foi em uma curva e, aparentemente, a moto ficou presa na areia, arremessando Enzo sobre o guidão. Na queda, deslocou o ombro. Mesmo assim, Enzo teve um desempenho brilhante na categoria, com 2-2 nas baterias anteriores. O troféu da classe ficou com Joey Crown.

 

enzolopes_machucado
Enzo deslocou o ombro na queda – Foto: Arquivo Pessoal

 

Por outro lado, os brasileiros puderam comemorar o grande desempenho de Ramyller Alves na categoria Schoolboy 2. Na soma das três baterias, Ramy conquistou a quarta colocação geral, perdendo apenas para grandes nomes como Austin Forkner, Jordan Bailey e Sean Cantrell.

No fim do dia, Gabe Gutierres encerrou sua participação na competição com o 17º lugar na bateria final da Supermini 2.

 

ramyller_loretta15_JamesGingerich
Ramyller Alves está entre os melhores do mundo na 250 – Foto: James Gingerich

 

 

Olho neles

Listamos a seguir os três melhores do campeonato nas principais categorias para você ficar de olho no futuros destes atletas. Provavelmente serão eles que você verá competindo no AMA Motocross e Supercross nos próximos anos.

250A
1. Mitchel Harrison (2-1-4)
2. Darian Sanayei (4-5-1)
3. Lorenzo Locurcio (7-8-3)

Schoolboy 2
1. Austin Forkner (1-2-1)
2. Jordan Bailey (2-4-4)
3. Sean Cantrell (3-3-5)
4. Ramyller Alves (4-5-7)

250B
1. Austin Forkner (1-1-2)
2. Chase Sexton (2-2-3)
3. Michael Mosiman (4-4-1)
4. Jordan Bailey (7-5-4)
5. Enzo Lopes (8-8-6)

250B Limited
1. Joey Crown (3-1-1)
2. Michael Mosiman (4-3-2)
3. Cole Barbieri (7-4-3)

450A
1. Bradley Taft (3-1-2)
2. Darian Sanayei (2-3-6)
3. Benny Bloss (4-5-3)

450B
1. Jon Ames (1-2-2)
2. Richadr Jackson (3-1-4)
3. Cole Barbieri (6-3-3)

450B Limited
1. Brandon Hartranft (1-1-1)
2. Kai Mukai (2-6-6)
3. Jared Jennings (5-9-5)

Open Pro Sport
1. Benny Bloss (3-1-1)
2. Marshal Weltin (1-3-2)
3. Mitchell Harrison (4-4-3)

 

Resultados brasileiros no Loretta Lynn 2015

>>> Clique aqui para ver os resultados de Enzo Lopes
>>> Clique aqui para ver os resultados de Ramyller Alves
>>> Clique aqui para ver os resultados de Maiara Basso
>>> Clique aqui para ver os resultados de Gabe Gutierres
>>> Clique aqui para ver os resultados de Kevyn de Pinho

 

 

Fotos

Largada250BLimited_enzolopes_christianmunoz
Enzo largando na frente na categoria 250B Limited – Foto: Christian Muñoz

 

enzolopes_JamesGingerich
Enzo pode ser campeão no sábado – Foto: James Gingerich

 

loretta2015_KenHill
Vista da fazenda onde acontece a prova – Foto: Ken Hill

 

lorettalynn2015_KenHill
Se liga na quantidade de motorhomes – Foto: Ken Hill

 

 

Curiosidades

tortelli_mauhaas
Sebastien Tortelli em passagem pelo Brasil – Foto: Mau Haas / BRMX

 

Alguns pilotos “das antigas” comparecem ao Loretta para assistir, fazer negócios, etc. Outros vão para correr nas categorias de veteranos (Ricky Carmichael fez isso alguns anos atrás). Neste ano, Robbie Reynard (vencedor de provas do AMA MX nos anos 90) e o francês Sebastien Tortelli (campeão mundial) estão fazendo um duelo muito interessante na categoria Vet 35+. Reynard ganhou a primeira bateria, com Seb em segundo. O francês também corre na Junior 25+, e nesta seu principal adversário é Ricky Renner, que ganhou a primeira bateria.

Rodney Smith, estrela norte-americana que correu no Brasil na década de 80 também participa da competição na categoria Master 50+, para pilotos com mais de 50 anos. Ele acumula dois segundo lugares em suas baterias e disputa a final nesta sexta-feira, às 15h30. Seu principal adversário é Earl May, que ganhou as duas baterias.