Após repescagem na lama, Brasil está fora das finais do MX das Nações 2017

Dudu Lima fez o holeshot da repescagem – Foto: Cesar Araujo MX Racing

 

O Brasil disputou na manhã deste domingo, 1º de outubro, a repescagem do MX das Nações 2017 em busca de uma vaga nas provas finais.

Às 9h50 do horário local, os pilotos brasileiros encararam uma pista pesada por causa da lama e lutaram muito para vencer, mas acabaram fora da zona de classificação. A Eslováquia, com três pilotos entre os cinco primeiros, venceu a corrida e foi à final.

O ponto alto do Brasil foi quando Dudu Lima fez o holeshot e liderou as primeiras voltas da prova, dando esperanças à classificação brasileira. Mas uma queda aos 3min tirou o paulista da ponta. Depois, com tudo enlameado e liso, as coisas ficaram mais difíceis e Dudu conseguiu garantir a 8ª posição.

Fabinho Santos fez uma grande corrida de recuperação. Após de uma largada no segundo pelotão, conquistou cerca de 20 posições e acabou em 11º. Ratinho Lima completou duas voltas e terminou em 33º.

Depois de um sábado cheio de imprevistos e um domingo de corrida na lama (o que torna tudo mais complicado), o Brasil encerrou sua participação no MXoN 2017. A última vez que o país conseguiu chegar às finais foi em 2010, nos Estados Unidos, com Balbi Junior, Anderson Cidade e Pipo Castro.

As finais de 2017, em Matterley Basin, acontecem a partir das 9h do horário de Brasília. Clique aqui para acompanhar em tempo real.

>>> Acesse aqui os resultados das classificatórias de sábado

 

Resultado da Final-B (repescagem) – MXoN 2017

 

Dudu Lima liderando a bateria após largar em primeiro